Convivendo

Aumente sua produtividade no home office

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Trabalhar em casa pode ser um verdadeiro sonho. Você economiza com alimentação e transporte, pode dormir mais porque não perde tempo indo até o escritório, tem a oportunidade de cuidar de alguns compromissos pessoais no meio do dia, entre tantos outros benefícios. Mas, se você não souber se organizar, o que era para ser um sonho se torna um pesadelo.

Apesar de ser uma das principais tendências do mercado para um futuro muito próximo, afinal, já está acontecendo, para que o home office dê efetivamente certo é preciso ser muito responsável, disciplinado, organizado e focado.

Pense assim: por mais que você tenha sono no escritório, sua cama não está bem ao seu lado “te chamando” para tirar um cochilo. No escritório, os seus filhos não ficam correndo em volta da mesa, seus pais não te chamam a cada cinco minutos, não tem televisão, enfim, e tantas outras distrações que, em casa, são inúmeras.

Porém, seguir algumas dicas básicas pode mudar completamente esse cenário, fazendo a sua casa virar um espaço de trabalho perfeito, mesmo sem deixar de ser seu lar. Isso fará sua produtividade aumentar e, muito provavelmente, você conseguirá trabalhar ainda mais do que quando exercia seu ofício em outro lugar.

Tenha uma rotina

É muito importante você estabelecer uma rotina e, para isso, precisa de uma agenda (seja ela online, ou de papel, enfim, da forma que funcionar melhor para você). Escreva nela todos os compromissos indispensáveis da semana. E, depois, dia a dia você marca os afazeres adicionais que surgiram para o dia seguinte – afinal, sempre surge alguma coisa.

Como você trabalha em casa, provavelmente alguns compromissos pessoais entrarão em sua agenda. Mas, isso não é um problema. Desde que eles entrem em momentos que, de fato, estavam livres até então.

Faça isso. É absolutamente necessário organizar seu tempo, de preferência hora por hora, para que se acostume a seguir um padrão rotineiro constante. É claro que você trabalha em casa, o que te permite fazer alguns intervalos, levantar e pegar um lanche, ajudar a família caso precise e outros imprevistos que podem acontecer.

Mas, é importante entender que imprevistos acontecem raramente, coisas pequenas do dia a dia não devem atrapalhar sua agenda profissional.

Tenha um espaço próprio para trabalhar

Você está em casa. Se um dia ou outro, ou em algum momento durante uma tarde de sexta, quiser trabalhar em um parque (caso seu trabalho permita isso), ou da sua cama mesmo, com certeza pode fazer isso – está aí mais um benefício de não precisar ir até um escritório.

Mas, no geral, tenha um espaço para trabalhar. Uma mesa em que possa deixar seus objetos de trabalho de forma organizada, para que suas tarefas rendam. Até porque você não quer coisas que te lembrem do trabalho na sala de televisão, ou na cozinha, certo?

Ao acordar, troque de roupa

Pode parecer bobeira, mas não é. Ficar com a roupa de dormir não te permite render o máximo que você pode. Não precisa colocar sapatos apertados, ternos e outras roupas mais sociais. Pode ser uma bermuda, um tênis e uma camiseta. O importante é tirar o pijama para você sentir que o dia realmente começou e, também, para diminuir a vontade de ir para a cama tirar cochilos no meio do dia…

Escute (ou não) músicas durante o dia

Escutar ou não, na verdade, depende da sua personalidade. Algumas pessoas realmente rendem muito mais se trabalham enquanto ouvem músicas, principalmente nas profissões que envolvam qualquer tipo de criação, porque a música é um estimulo muito bom para a mente, fazendo a criatividade fluir melhor.

Inclusive, se barulhos externos te atrapalham, mas a música te ajuda a focar no trabalho, os fones de ouvido podem ser seus aliados. Mas, caso você seja uma dessas pessoas que rende mais no trabalho enquanto escuta música, se permita fazer isso. Do contrário, é melhor não arriscar ter mais uma distração.

Respeite seu almoço

Não pegue seu prato de comida e leve para a mesa, para dar algumas garfadas enquanto digita ao mesmo tempo. Respeite seu almoço. Pausas são importantes para não estafar mentalmente. Inclusive porque, mesmo sem perceber, quem trabalha em casa muitas vezes acaba trabalhando mais do que o normal. Então, lembre-se que durante o almoço, você não deve trabalhar.

Também é válido fazer um lanche pela manhã, antes do almoço, e outro no meio da tarde. Essas pausas rápidas (de 15 minutos, em média) vão apenas te ajudar ao invés de atrapalhar.

Estabeleça o melhor horário para você

Pessoas são produtivas em diferentes horários. Você não é obrigado a trabalhar das 8h às 17h, por exemplo, só porque é o horário comercial mais utilizado. Se for mais produtivo de noite, então ajuste seu horário para que aproveite o melhor que pode produzir. Perceba em qual horário está mais disposto e deixe as tarefas mais difíceis justamente para esse momento.

Beneficie-se de tudo que o home office pode lhe proporcionar

Sim, você deve ter percebido que precisará de muita disciplina, muito foco e organização para conseguir fazer com que o seu trabalho em casa flua da mesma forma, ou ainda melhor, do que no escritório.

Siga a rotina que estabeleceu. Continue seguindo, também, todas as dicas aqui propostas. Mas, além disso, permita-se curtir ser dono da própria rotina. Você está economizando dinheiro, se alimentando da própria comida, não precisa pegar transporte público ou aguentar horas no trânsito, você vai ao banheiro da sua própria casa, tem mais momentos em família e, de vez em quando, pode, sim, se permitir levantar meia hora mais tarde.


Texto escrito por Giovanna Frugis da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]