Autoconhecimento Comportamento

O que são os 7 Chakras?

Dmytro Buianskiy / 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A palavra “chakra” vem do sânscrito e significa “roda de luz”. Esses centros de energia são conhecidos por religiões orientais — como budismo e hinduísmo — como pontos energéticos responsáveis por manter a nossa saúde física, mental, emocional e espiritual. Esses vórtices de luz podem ser percebidos por clarividentes como verdadeiros redemoinhos de energia que giram vertiginosamente em muitas regiões do nosso corpo.

Segundo os hindus, cada chakra é representado por flores de lótus, com cores e quantidade de pétalas diferentes. E esses são os indicadores para saber se aquele ponto está em equilíbrio ou não.

Não é possível descrever corretamente quantos chakras temos ao total em nosso corpo. Algumas passagens dos “Vedas” indicam ser 32, enquanto outras chegam a até 88 mil. No entanto, todos apontam para a existência de 7 chakras principais, que estão localizados em nossa coluna vertebral e estão associados ao nosso sistema endócrino. São eles: básico, sexual, umbilical, cardíaco, laríngeo, frontal e coronário.

Também não se sabe ao certo em que momento os estudos sobre os chakras começaram. Há registros de que eles podem ter surgido por volta de 600 a.C., por meio dos hindus Upanishads. Porém acredita-se que esse conhecimento pode ter sido transmitido oralmente de geração em geração dentro da cultura hindu por muito tempo antes de ser registrado em escrituras.

Mas hoje os estudos sobre eles estão cada vez mais avançados, e há materiais por toda a internet explicando o funcionamento desses centros de energia acoplados ao nosso corpo.

Fato é que, quanto mais conhecimento temos sobre um assunto, melhor podemos utilizá-lo a nosso favor. Para quem está iniciando o aprendizado sobre os 7 principais chakras, já é uma ótima forma de compreender melhor a si mesmo e começar a cuidar do seu equilíbrio energético. Por isso vamos conhecer cada um deles!

Imagem da mão de uma mulher e na palma da mão 07 pedras coloridas representando cada uma delas os nossos chakras.
Imagem de Sharon McCutcheon – Por Pixabay

Como são os chakras?

1. Muladhara Chakra ou Chakra Básico

Localizado na base da nossa coluna vertebral, esse chakra, representado pela cor vermelha, é responsável por nutrir o nosso corpo com a energia que vem da terra. Além de ser o que nos dá vitalidade e zelo pela sobrevivência.

Em desequilíbrio, pode proporcionar desconfortos no intestino, depressão e síndrome do pânico, além da sensação de insegurança constante. Mas quando o indivíduo tem esse chakra bem equilibrado, sua vida torna-se próspera e segura.

Ele está ligado ao elemento terra, e o mantra para equilibrá-lo é o “LAM”.

2. Svadhisthana Chakra ou Chakra Sexual

Representado pela cor laranja, esse chakra está localizado aproximadamente 3 dedos abaixo do umbigo e é responsável pela reprodução e controle de líquido em todo o corpo humano.

Além disso, esse chakra é o que equilibra dois grandes impulsos da vida humana: a criatividade e a sexualidade.

Em desequilíbrio, ele pode causar problemas de impotência sexual e doenças no sistema urinário. Mas quando está equilibrado, pode proporcionar uma boa autoestima no indivíduo.

Seu elemento é a água, e o mantra para equilibrá-lo é o “VAM”.

3. Manipura Chakra ou Chakra Umbilical

Esse é o chakra das realizações! De cor amarelo ouro e localizado próximo ao umbigo, ele é responsável por emoções como a raiva, medo, mágoa, ansiedade, entre outras.

Ele fica desequilibrado quando o indivíduo não consegue colocar para fora os sentimentos ou fica preso em situações passadas, o que pode resultar em sensações como enjoo, gastrite, dor de estômago etc. Mas quando está saudável, proporciona à pessoa um poder de realização muito forte.

Seu elemento é fogo, e o mantra para equilibrá-lo é o “RAM”.

Imagem de uma silhueta em posição de meditação. Ao centro do seu corpo as cores que representam os nossos sete chakras.
Imagem de Okan Caliskan – Por Pixabay

4. Anahata Chakra ou Chakra Cardíaco

Chakra do amor incondicional, o Anahata é representado pela cor verde e está localizado no centro do peito. Ele é responsável pelo sistema cardiorrespiratório e pela expressão de sentimentos.

Em desequilíbrio, pode causar problemas como imunidade baixa, depressão e até mesmo infarto. Mas, quando bem trabalhado, pode auxiliar nos relacionamentos, além de se tornar um canal de amor e compaixão muito forte, benéfico para o indivíduo e aos seus semelhantes.

Seu elemento é o éter¹, e o mantra para equilibrá-lo e o “YAM”.

5. Vishuddha Chakra ou Chakra Laríngeo

Representado pela cor azul, o chakra laríngeo é responsável pelas vias respiratórias, pela tireoide e também por braços e mãos.

Ele é extremamente importante para a comunicação. Quando está em desequilíbrio, pode ocasionar dores de garganta, herpes, dores de dente, problemas na tireoide, entre outros. Mas quando está equilibrado, funciona como um verdadeiro filtro, impedindo que energias negativas cheguem aos chakras da cabeça, além de transformar a pessoa em alguém expressivo, cujas ideias fluem muito bem.

Seu elemento é o éter, e o mantra para seu equilíbrio é o HAM.

6. Ajna Chakra ou Chakra Frontal

Conhecido também como o terceiro olho, o Ajna chakra é representado pela cor índigo ou branco e fica localizado no espaço entre as sobrancelhas. Ele é responsável pelo nosso psicológico, concentração e intuição.

Esse é um chakra muito importante, e quando está desalinhado pode causar dores de cabeça, sinusite, falta de concentração e até mesmo problemas mentais. Mas quando bem equilibrado, proporciona uma sensação incrível de paz, além de uma intuição mais aguçada.

Seu elemento é o éter, e o mantra para seu equilíbrio é o “SHAM”.

Imagem da silhueta de um corpo com as setes cores que representam os nossos sete chackras no centro.
123RF – Direitos autorais: Nikki Zalewski
Você também pode gostar

7. Sahasrara Chakra ou Chakra Coronário

Representado pela cor violeta, esse é o principal de todos os chakras e fica localizado no topo da nossa cabeça. Ele é responsável pela nossa conexão com o divino, pelo desenvolvimento da mediunidade e conscientização.

Em desequilíbrio, pode causar problemas seríssimos como fobias, problemas neurológicos e até mesmo tendências suicidas. Mas quando está bem equilibrado, toda a sensibilidade é ativada, nós nos alinhamos com o nosso propósito e vibramos em harmonia.

Acredita-se que poucos conseguem alinhar esse chakra, porque é preciso que todos os outros também estejam em perfeita harmonia para que isso ocorra.

Seu elemento é o éter, e seu mantra é o “OM”.

Dica simples de meditação para alinhar cada chakra

Sentado ou deitado em posição confortável, leve sua atenção para a região em que o Chakra escolhido está localizado e imagine uma flor de lótus da cor que o representa e cuja luz expande para todos os lados. Visualize essa luz girando e limpando todos os desequilíbrios enquanto entoa o mantra específico daquele Chakra para o equilíbrio. Faça isso por 3 a 5 minutos ou até se sentir bem.

¹ Éter é um fluido imaterial que permeia todo o espaço e é necessário para a propagação das ondas eletromagnéticas.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]