Autoconhecimento

O que é um corpo de verão?

Bolsa, chapéu de palha, óculos de sol e chinelo azul em areia da praia, com mar ao fundo.
Juliana Ferraro
Escrito por Juliana Ferraro
O verão é a estação mais quente do ano. Quando tem mais tempo de sol. Quando a maioria das pessoas tira férias, se bronzeia, sai mais de casa. Conhecemos pessoas novas, viajamos, dormimos menos, saímos mais de casa. E ficamos de biquíni. Ops… Tem gente que ama tudo, menos a parte do biquíni…

Eu mesma tinha um terror interno e particular de usar biquíni, shorts ou roupa de banho, porque eu me achava horrível e achava que todas as pessoas achariam a mesma coisa e ririam da minha cara.

verão

Quando saí do corpo de criança para o de mulher, começaram essas ideias de tomar cuidado com o julgamento do outro, preocupar em agradar e seguir padrões de beleza.
Eu só poderia me achar linda e digna de um biquíni se eu fosse tal e tal peso e tais e tais medidas… Coisas impostas por uma indústria que só ganha dinheiro graças a uma infelicidade permanente em todas as mulheres em relação aos seus corpos.

Pensamos que precisamos entrar no padrão para sermos amadas e desejadas. Ficamos tão preocupadas que deixamos de comer o que gostamos, perdemos tempo com quem amamos para ficar na academia, perdemos saúde com dietas doidas e medicamentos para acelerar o metabolismo ou ganhar mais massa muscular.

Eu já fui assim… Já tive overtraining com direito a arritmia de tanto esporte que praticava. Já passei meses sem menstruar porque não queria comer. Passei meses com a imunidade baixa e muito irritada tomando pilulas para acelerar o metabolismo. Passei por efeito sanfona. Fiquei anoréxica. Sempre me comparando com outras meninas e mulheres e me engessando.

Sendo o que eu achava que gostariam que eu fosse. Até que um dia eu percebi que já não me permitia mais sentir os meus sentimentos. Não conseguia mais chorar. Não tinha opinião sobre nada. Não sabia colocar limites.

verão

Precisei de muito trabalho, observação interna e terapia para aprender a amar o meu corpo e respeitá-lo. Muita ajuda para sentir que não sou esse corpo, que ele é emprestado e que ele não determina o meu valor. E que eu quero, acima de tudo, me sentir bem dentro dele.

E que, se eu quero ser feliz, amar aos outros e dar valor à vida, preciso aprender a me amar e aceitar com todos os erros e acertos. Com todas as imperfeições que me fazem única e humana, com todos os sentimentos e com toda vida.

Aprendi a ser mais verão e criar calor interno a partir desse abraço que vou me dando. Dessa aceitação. O corpo de verão é o corpo que emana calor, acolhimento. É o corpo que brilha como o sol, que é sol. Que reflete uma alma que é sol e ilumina aonde vai, com sorriso, compaixão, com verdade e com clareza.

verão

Verão é clareza, é calor. É ser luz. Assim, imagina, tem verão o tempo todo! 😉


Você também pode gostar de outros artigos da autora: Como chama isso? Empatia?

Sobre o autor

Juliana Ferraro

Juliana Ferraro

Juliana Ferraro é psicóloga por formação e viajante por amor às coisas novas da vida. Seu contato com diferentes línguas e culturas começou quando ela ainda trabalhava no Club Méditerranée, depois disso fez um mochilão pelo mundo em busca de autoconhecimento. Em pouco mais de 1 ano conheceu diversos países asiáticos, em especial a Índia, onde fundou uma paixão profunda pelo Yoga e pela meditação. Hoje, ela é professora de Yoga e terapeuta reikiana em Paraty, RJ.

Contatos:

Facebook: /juliana.ferraro | /lotusviajante
Instagram: @ferrarojuju | @lotus_viajante
Site: www.lotusviajante.com | www.casadodharma.com
E-mail: [email protected]