Autoconhecimento

Alter ego: a capacidade oculta de se enxergar

Alter Ego
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Alguma vez você já se deparou com o termo alter ego? Essa união de palavras possui um significado um tanto interessante. Na literatura e na psicologia o termo é muito comum. A locução substantiva é originária do latim “alter “(outro), “ego” (eu), significando assim “outro eu”. Vamos compreender melhor através de alguns detalhes!

O que é?

Alter Ego

Para definirmos o alter ego precisamos olhar para dois lados, o literal e o psicológico. Seu significado de “outro eu” já diz muita coisa, mas vamos analisar mais a fundo.

Na literatura, alter ego diz respeito à uma identidade misteriosa de determinado personagem literário. É muito comum ver esse tipo de estratégia de camuflagem dos autores em seus livros. Normalmente, o alter ego é usado para colocar parte da vida do autor em suas obras. Se trata de uma forma de mostrar sua personalidade através de um personagem.

É muito normal ver milhares de obras literárias com o alter ego de seus autores. Isto faz com que eles consigam se mostrar através de seus livros sem se identificarem de forma direta.

Na visão da psicologia, o alter ego é determinado como a segunda personalidade de cada um. Esse outro eu, neste caso, está totalmente atrelado ao inconsciente das pessoas que o carregam. Ele é identificado quando uma pessoa revela sinais de múltiplas identidades e está diretamente associado ao Transtorno Dissociativo de Identidade.

Por outro lado, alter ego pode ser também um irmão, um amigo e até mesmo um assessor, se este for bem próximo e confiável. Podemos dizer que é aquela pessoa próxima que apresenta atitudes muito parecidas com as nossas. No fim das contas, é alguém no qual se confia de olhos fechados, mas que, quando abertos, é possível enxergar a si mesmo.

Personagens e o alter ego

Alter Ego

Muitos personagens que conhecemos possuem um alter ego, dentre os mais conhecidos estão os dos HQ’s: Batman, de Bruce Wayne; Homem-Aranha, de Peter Parker; Hulk, de Bruce Banner; Clark Kent, do Superman, etc.

Bruce Wayne, o alter ego do Batman é completamente irresponsável e despreocupado. Por outro lado, Batman é um herói determinado, frio e implacável; o que faz dele um grande defensor de vítimas. Peter Parker que representa o Homem-Aranha, é um jovem que se vê inferior e sem chances com as mulheres. Já o herói sempre demonstra força, agilidade, equilíbrio e um grande charme.

Bruce Banner, o alter ego do Incrível Hulk é um homem muito inteligente e emocionalmente intrigado. Do lado oposto, o Hulk se mostra bastante forte e a emoção da raiva é essencial para sua missão de super-herói. Por fim, Clark Kent se mostra sempre como um homem fraco e cheio de timidez. Porém, ao se transformar no Super-Homem ele é destemido e muito forte! É desta maneira que funcionam o alter ego desses personagens!

Mas agora, você deve estar se questionando: podemos criar um alter ego? E a resposta para a questão é: SIM! Inclusive, muitos artistas só são o que são, porque criaram um “outro eu”. Beyoncé se considera tímida e reservada, por isso, criou Sasha Fierce para realizar suas performances em palco. Segundo a cantora, nada do que faz nos palcos seria feito por ela normalmente.

Você também pode gostar:

A salvação que o alter ego proporciona

mulher

Assim como os super-heróis das revistinhas em quadrinho e alguns famosos, essa estratégia de personalidade funciona de forma positiva para todos eles. É claro que devemos ter consciência de quem somos e quem devemos aparentar ser em alguns momentos. Em nossa vida profissional, principalmente, o alter ego atua como grande salvador.

Muitas vezes, acreditamos que não somos capazes de realizar certas atividades ou enfrentar determinada reunião. Ao se criar uma personalidade diferenciada e compatível com nossa necessidade, podemos fazer as coisas como devem ser feitas. Por isso, olhando por esse lado, o alter ego é um grande salvador de situações!

E então, o que acha disso? Você possui ou criaria um alter ego? Acha que essa alternativa é uma boa ideia para salvar situações que acreditamos não ter capacidade de vivenciar? Bom, contanto que melhore alguns momentos difíceis na vida, essa ideia pode ser muito boa!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]