Convivendo

8 coisas que só quem tem filhos entende

Young african american mother playing with her baby girl
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Para quem ainda não tem filhos, chega a ser assustador algumas coisas que as mamães dizem por aí. Mas depois que eles nascem, elas já têm o discurso na ponta da língua: “Quando você for mãe, vai entender o que estou falando”. E, realmente, aí vão alguns exemplos que só quem tem filho entenderá:

  • Depois que o bebê nasce, você passa inúmeras noites sem dormir, não consegue completar uma refeição sem que ele te interrompa e tem pouco tempo para cuidar de você. Mas um sorriso faz com que tudo isso seja muito pequeno, perto da grandeza de um filho.
  • Você passa a não ter mais nojo de arrotos e côcos, e acaba até ficando feliz quando acontece, sinal de que ele está bem.
  • Enquanto ele for pequeno e não conseguir brincar direitinho com suas coisas, não adianta dar presentes caros. Ele vai preferir a embalagem, as panelas e qualquer outra tranqueira descartável.
  • Pode parecer loucura, mas para uma mãe é normal checar inúmeras vezes durante a noite se o bebê está respirando e se está tudo bem. Isso já faz parte da rotina.

  • Refeições completas e banhos longos com muitos sorrisos encantam qualquer mamãe.
  • Encontrar o marido dos sonhos é extremamente difícil, mas encontrar a babá ideal é quase impossível pra você.
  • Você vai vesti-lo com a roupinha mais linda que ele tem, e certamente ele vai vomitar nela, e você terá que trocar.
  • Agora os dias parecem ter 48 horas, enquanto as noites, umas quatro, no máximo.
  • Quando ele crescer um pouco, ele vai te fazer inúmeras perguntas e a maioria você saberá responder, mas vai se desesperar quando não souber o que falar.
  • Não importa o que seu filho aprontar, você sempre fará tudo por ele e não medirá esforços para vê-lo feliz.

Escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]