Espiritualidade Vídeos

A família como instrumento de evolução

Família composta por homem, mulher e duas crianças, correndo no mar, com pôr do sol ao fundo.
Ana Racy
Escrito por Ana Racy

“A Família como instrumento de evolução.

Qual a importância da família em nossa vida? Será que estamos na família certa? Vamos refletir um pouco sobre essas e tantas outras perguntas que nos fazemos sobre esse núcleo onde nascemos, vivemos, aprendemos e evoluímos.

A família é a base de tudo em nossas vidas, é nela que educamos nossos impulsos e sentimentos, segundo Joamar Z. Nazareth, no livro “Um desafio chamado família”.

Família de pessoas negras, composta por homem, mulher, menino e menina, todos sorridentes em um parque durante um dia ensolarado.

Importante refletirmos sobre as origens desses desafios e o que fazer para enfrentá-los. E que a pergunta “O que preciso aprender com as situações e pessoas que me cercam?” nunca se cale dentro de nós.”

É importante a gente falar sobre a família. Hoje parece que estão se desintegrando os valores, eles estão invertidos, fazendo com que a importância maior esteja no ter, e não no ser. Então, a gente precisa falar de família.

Sentir o que é família e compreender o que isso é, para a gente poder então tocar nossa vida direitinho.
Eu vou falar uma frase que está no livro “Missionários da Luz”, que é um livro que foi psicografado pelo Chiico e ditado pelo André Luiz, e essa frase tem uma importância e uma riqueza curta, mas em poucas palavras ela fala uma coisa que faz a gente refletir a vida toda: “O lar não é somente a moradia dos corpos, mas acima de tudo, a residência das almas”.

E aqui a gente começa a nossa reflexão:

Como é que nós estamos olhando para o nosso lar? Como é que entramos ali? Como é que estamos olhando as pessoas que estão ali? Como nos vemos nesse ambiente?

Silhueta de família composta por homem, mulher, menino e menina, todos em um campo com o pôr do sol.

Será que ele está sendo uma moradia de corpos? Nós estamos ali naquele automatismo, fazendo sem pensar, sem olhar para o outro, sem respeitar e sem ter o respeito também que gostaria.

Então, a casa é muito mais que a casa, é a construção física do lar, é onde habita a alma.

Assista ao vídeo e confira o restante.


Você também pode gostar de outros artigos da autora: Maternidade e Individualidade

Sobre o autor

Ana Racy

Ana Racy

Psicanalista Clínica com especialização em Programação Neurolinguística, Métodos de Acesso Direto ao Inconsciente, Microexpressões faciais, Leitura Corporal e Detecção de Mentira. Tem mais de 30 anos de experiência acadêmica e coordenação em escolas de línguas e alunos particulares. Professora do curso “Psicologia do Relacionamento Humano” e participou do Seminário “O Amor é Contagioso” com Dr. Patch Adams.

E-mail: [email protected]