Autoconhecimento Espiritualidade

Como se conectar com a sua família de Alma?

Foto de corrente de bonecos de papel colocados em cima de uma mesa.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Existem diversas definições para o que vem a ser nossas famílias de almas e como elas surgem. Há uma, entretanto, que se repete com mais frequência e que diz que esses grupos de almas nasceram ao mesmo tempo, originados de uma mesma centelha divina da criação.

Essas almas afins tendem a se encontrar durante suas existências na Terra, porém há também membros dessas famílias que não estão encarnados nesse momento, ou seja, estão vivendo experiências em outra dimensão e servem como verdadeiros guias e amparadores espirituais para os que estão vivendo nesse planeta.

Ilustração de duas almas se conectando no espaço

Infelizmente, tendemos a passar a vida inteira acreditando que há uma grande barreira entre nós e nossas “almas gêmeas”. No entanto, isso não passa de uma ideologia daqui, da terceira dimensão.

“A ideologia que separa você do seu grupo de alma ou família é mais uma barreira da terceira dimensão do que qualquer outra coisa. A qualquer momento podemos nos energizar e conectar com nossas famílias de alma. A melhor forma é sendo fiel à sua alma. Quanto mais estiver em sintonia consigo mesmo e com o eu superior, a frequência com que você se irradia mudará, aproximando sua família de almas. Como as famílias de almas são grupos de almas com frequências e existências de energia similares, todos temos um impulso quase magnético um com o outro. Quando um membro dessa família faz o trabalho para elevar e fortalecer sua própria vibração, o restante da família sentirá o chamado para fazer o mesmo. O próprio Universo percebe que essas frequências se elevam e estende a mão para suas contrapartes, colocando em prática arranjos para que as incorporações físicas dessas almas se conectem”. – Urze.

Sendo assim, conectar-se com seus familiares de alma é mais simples do que aparenta.

A forma mais simples é sentir a energia do seu coração enquanto potencializa a intenção de que quer se ligar aos membros da sua família.
Você pode imaginar uma reunião em que você conhece todo mundo e ir deixando a visualização mostrar quem são eles.

Você também pode retirar-se a um lugar tranquilo, perto da natureza, um templo ou até mesmo em sua própria casa, bastando apenas deixar o ambiente equilibrado e tranquilo.

Depois, basta fechar os olhos e começar a se conectar com esses seres de luz. Você irá começar a sentir uma grande alegria vindo do nada e inundando o seu ser.

Homem sentado em um sofá, com os olhos fechados, meditando

Aos poucos, pode começar a ver seres de luz, escutar conselhos em sua mente, mas o importante é sempre deixar clara a intenção de que quer se reconectar com sua família de alma e entregar-se com amor a essa experiência.

Caso apareça algo negativo durante a visualização, transmute-o com a energia da chama violeta e do amor divino.

Por fim, não se esqueça de pedir ao seu Eu Superior que o auxilie e o guie durante esse momento. Peça também proteção ao seu Anjo da Guarda para que nada possa interferir nesse momento de alegria e conexão.


Você também pode gostar de outros artigos do autor: Comunicabilidade dos espíritos

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]