Autoconhecimento

Amar a Si Mesmo

“Amar a si mesmo como caminho para amar ao próximo” é muito importante nos dias de hoje, porque muitas vezes entendemos que amar a si mesmo é uma questão de egoísmo e isso é algo que deveríamos evitar em nossas vidas. No entanto, aprender o autoamor é uma forma de praticarmos o segundo maior mandamento, que é ‘Amar ao próximo como a ti mesmo.’ Isso significa que começamos por nós para depois amarmos ao outro para, finalmente, amarmos a Deus, que é o primeiro maior mandamento. O próximo é o caminho para amar a Deus. Mas, o que fazer para se amar? Uma das coisas mais importantes é nos aceitarmos da maneira que somos, com todas as limitações e imperfeições que existem em nós. Essa é uma das dicas do livro Eu Escolho Ser Feliz, de Rossandro Klinjey.

Por que precisamos aceitar nossas limitações e imperfeições?
 Quando nós nos aceitamos nessa imperfeição, conseguimos aceitar o outro. Quando nos achamos perfeitos, cobramos do outro a perfeição. Mas ele não entrega, pois ainda está no estado imperfeito, exatamente como nós!,

Você também pode gostar de:

Para começar esse processo, devemos pensar na sombra. A sombra é tudo o que está guardado no inconsciente e a gente não sabe o que é, ainda que traga efeitos no nosso dia a dia. Tudo o que nos desagradou, magoou, prejudicou é jogado na sombra e esquecido. No momento em que colocamos a luz na sombra, o sofrimento acaba, pois o desconhecido passa a ser conhecido.

Mulher na floresta

Quando as limitações e imperfeições são desconhecidas ou negadas por nós, elas nos assombram. Já quando a conhecemos, passamos a aceitá-las. Portanto a proposta do autoamor é conhecer o nosso ritmo evolutivo, ter a capacidade pessoal de nos ajustarmos ao meio, saber do que damos conta, conhecer o nosso limite, não nos cobrarmos o impossível e saber que a aprovação interior é mais importante do que a aprovação alheia.

Palestra proferida por Ana Tonelli Racy.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]