Convivendo

Casa Fantasma, mente fantasma

Homem vestido de branco parado no meio de uma sala grande e branca.
Bruno Soares
Escrito por Bruno Soares
Venho há alguns dias postergando para escrever esse texto. Não sei porque, mas alguma coisa estava me impedindo. Refletindo um pouco, descobri mais uma vez que o maior impeditivo de fazer algo sempre somos nós mesmos. E assim eu abro esse texto.

Há algumas semanas estava em casa com minha cachorra, Denise não estava. Sozinhos, eu na sala e a Tutti no quarto. Quando, de surpresa, ela disparou a latir dentro do quarto. A luz da sala piscou duas vezes mas se manteve acesa. Ela latiu mais um pouco e parou. O que fazer? Correr? Chamar o Padre Karras? Abandonar o lar? Por para vender?!

Mente fantasma

Durante o processo de autoconhecimento somos obrigados a mergulhar nas profundezas da nossa alma, nos virar e confrontar a nossa forma mais repulsiva.
Ser forte com a nossa parte mais sensível e delicado com a parte mais agressiva, explorar cada centímetro do nosso corpo físico e sua extensão espiritual. Reconhecer que dentro de nós existe o potencial do mundo, saber que somos a obra prima da natureza, que existem forças que disparam para todos os lados a energia da vida, e que devemos dominar essas energias e canalizá-las, de forma que elas possam nos servir e não o contrário. Não sejamos reféns dos nossos desejos. Ninguém pode fazer isso por nós, é uma viagem que iniciamos sozinhos, mas terminamos acompanhados, acompanhados por nós mesmos. Esse processo permite que desenvolvamos intimidade e amor próprio. Assim, desenvolvemos vida interior e cada célula do seu corpo, a partir desse momento, sabe a razão de estar desempenhando seu papel. Você aprende que o amor e a tristeza têm a mesma importância (dito de forma brilhante na animação Divertidamente), você descobre que tudo tem uma razão de existir e nada é por acaso, tudo tem um propósito.

Mente fantasma

Não podemos nos privar de algo que é tão maravilho por medo, medo de mudar, medo de encontrar as respostas. As mudanças fazem parte de nós desde os primórdios da humanidade, ciclos iniciam e se findam todos os dias. É preciso passar pelo inverno para chegar ao verão.

Mas vocês devem estar curiosos para saber o que diabos aconteceu na minha casa para esses dois fenômenos terem ocorrido? Simples, tenho dois interruptores para acender a mesma lâmpada e, por vezes, elas ficam mal apertadas e, de vez em quando, a luz pisca. A Tutti late de forma aleatória desde de sempre, ela é maluquinha. Ou talvez veja coisas que eu não posso ver. Pode ser!? Mas o fato é que eu conheço a minha casa, eu conheço os ruídos da minha casa e a forma que ela funciona. Também conheço muito bem a minha cachorra e, com acesso a essas informações, eu fico muito tranquilo para elucidar o mistério. Mas, e se eu não soubesse disso? Como eu me sentiria? Como lidaria com o desconhecido? Normalmente agimos de forma irracional e fatalmente cometemos equívocos. Busque se conhecer, busque as razões do seu comportamento, se busque. Já dizia um sábio:

“Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses.”.


Você também pode gostar de outros artigos do autor: Tome o controle e alimente sua vida de coisas boas!

Sobre o autor

Bruno Soares

Bruno Soares

Acredito que para evoluir devemos deixar para trás hábitos e costumes que julgamos ser "parte de nós". Para que possa despertar é necessário questionar padrões estabelecidos, questionar se você é assim, ou você esta assim? Você tem escolha de ser uma pessoa melhor, melhor com você, com seu corpo e com sua mente, saber que quando está em equilíbrio, tudo isso transborda e todos a sua volta ganham. Platão dizia: "Que a melhor coisa que podemos fazer por aqueles que amamos é evoluir". Evolução essa que pode ser feita de diversas maneiras, mais todas passam pelo seu corpo e sua mente. Estou aqui para ajudar você a despertar e descobrir o quão maravilhoso e poderosos podemos ser.
Gostaria de oferecer, uma oportunidade para que possa encontrar um caminho, menos egoísta e mais centrado. Posso te acompanhar em qualquer modalidade esportiva, porém tenho facilidade em corrida e bike (são as atividade que me capacitaram descobrir quem eu sou e consequentemente perder 35kg), por serem atividades aeróbicas de longa duração, se torna um momento de meditação ativa; onde é possível ter momentos incríveis de imersão e reflexão nos pensamentos sobre quem é você e onde quer chegar, se esta no caminho certo e o que esta fazendo para mudar.
Sou um filosofo amante da sabedoria e do esporte, acredito que eles podem transformar vidas.

Telefone: (11) 971593473
Email: [email protected]
Instagram: @brunocoachvida