Autoconhecimento Saúde Integral

Tome o controle e alimente sua vida de coisas boas!

Tome o controle
Bruno Soares
Escrito por Bruno Soares
Desde de criança fui gordinho. Na adolescência, entre 15/16 anos, adotei uma dieta (extrema) em que consegui perder uns 25kg. Essa dieta consistia em comer alimentos estranhos em horários estranhos. Funciona melhor quando existe um “saber como” mas não existe um “para que?”. Temos um problema. Ou seja, eu sabia como perder o peso, mas não sabia o motivo dessa necessidade de querer comer muito. Eu estava tratando o sintoma não a causa. Como consequência, algum tempo depois recuperei todo o peso e mais um pouco, chegando aos 27 anos com 108kg.

Tome o controleAs coisas começaram a mudar quando em 2015 eu entrei em um novo trabalho. Trabalhava como gestor em uma loja em que a imagem e estética eram fundamentais, e eu gordo com dificuldade de encontrar roupas que me servissem, tinha agora o desafio de achar roupas que servissem e fossem da moda. Me vi contra a parede e senti a necessidade de tomar alguma atitude (essa parte da história reflete um erro que eu cometi, busquei a mudança por um fator externo). Pois bem, iniciei uma reeducação alimentar passada por uma amiga, uma dieta equilibrada que consistia em cortar excessos, cortar besteiras e comer a cada três horas. Comecei a ver progresso a cada dia, e percebei que se eu me movimentasse poderia acelerar esse processo. Assim, comecei a fazer pequenas caminhadas e fui aumentando a velocidade e a distância progressivamente até chegar a correr. Troquei um tablet por uma bicicleta e comecei a pedalar também. Percebi que além de perder peso após o exercício eu me sentia extremamente satisfeito (tal qual a sensação de comer), ou seja, a comida parou de ter tanta importância na minha vida, passou a ser apenas alimento e não mais o motivo da minha alegria. Hoje sou capaz de correr 30km e pedalar mais de 100km, e durante esses momentos de prática esportiva de longa duração também pude notar que é possível fazer a meditação ativa, um momento de profunda intimidade e reflexão dentro de mim, em que eu consigo organizar meus pensamentos, ter ideias e chegar a conclusões muito boas.

Após esse processo de limpeza/reforma do físico, sobrou tempo para cuidar da minha mente e expandir meus conhecimentos.
Ano passado eu e minha esposa viajamos para a Europa, onde pude ver coisas maravilhosas, grandes obras de artes e lindas paisagens. Fomos também para o Peru ver Machu Picchu/Rainbown Moutains e todas as maravilhas que aquele país tem a oferecer. E, finalmente, no final do ano fiz uma viagem sozinho para a África do Sul, onde fiquei dois meses com pessoas desconhecidas e língua(s) estranhas (na África do Sul se fala mais de 10 idiomas). Fui com a intenção de aprender inglês e voltei com muito mais que isso, voltei muito rico de conhecimento e com boas histórias para contar. Retornei diferente em dezembro, impossível não estar diferente. Se de um dia para o outro já mudamos, em dois meses mudamos muito. Costumo dizer que eu e minha esposa temos uma ligação que transcende o físico, temos uma ligação cósmica, e mesmo longe estávamos perto em pensamentos, pois juntos decidimos SER pessoas melhores e para isso não precisamos nos apoiar em coisas físicas, e sim trabalhar nossas virtudes para atingir esses objetivos. Iniciamos o minimalismo em nossas vidas e notamos que quanto menos coisas você precisa, mais leve você fica e é possível elevar sua consciência a um outro nível. E quando se começa a emitir esse tipo de vibração atraímos pessoas que compartilham das mesmas crenças, e fomos atraídos para um retiro em que, além de todas as coisas maravilhosas que pudemos desfrutar, conheci a filosofia budista e o Caminho do Meio (nem o luxo do reino nem as práticas meditativas extremas dos ascetas), e em busca de mais conhecimento encontrei Sócrates, Platão, Epíteto, Diógenes e muitos outros grandes filósofos que através de reflexão mostraram que o ser HUMANO com virtudes de HUMANO, é muito raro.

Nos falta fraternidade, nos falta empatia, pedimos justiça mas não somos justos, enfim, homens extraordinários que viveram aproximadamente 2400 anos atrás com um pensamento atemporal.

E o último grande acontecimento da minha vida foi quebrar o segundo e quarto metatarsos do pé direito (mais uma lição). A minha rotina consistia em trabalhar 5x por semana, chegar em casa, trocar de roupa, correr às segundas e terças, futebol às quartas, corrida na quinta, bike na sexta, sábado descanso e Domingo “longão” (treino de 20 a 25km de corrida). Criei um monstro! Como iria viver sem fazer isso? Sem atividade por 45 dias? E, mais uma vez, através de meditação e reflexão, percebi que tudo na nossa vida é assim: hoje eu tenho, amanhã posso não ter mais, hoje eu ando amanhã posso não andar mais.

A importância de sabermos que tudo é temporário, que não podemos basear nossa felicidade em coisas que nos podem ser tiradas a qualquer momento, pois gera sofrimento o apego em demasia.

Tome o controleCom todos esses ensinamentos que adquiri através da vida, percebi alguns cuidados que devemos ter: com o que comemos, como o que lemos, com o que assistimos, com o que ouvimos, com quem andamos, pois se você não pensar por você mesmo, alguém o fará. Permita-me abrir espaço para uma reflexão que tive enquanto estava machucado. Um dia estava no hospital, e como eu estava de muleta as enfermeiras me colocaram numa cadeira de rodas e me levavam para todos os cantos nela. Às vezes me “estacionavam” em lugares que eu não gostava, mas aceitava, afinal elas estavam empurrando minha cadeira. Existiam horas que eu tentava dirigir mas elas insistiam em ajudar e eu deixava. Ou seja, se você não brigar para ter controle sobre sua vida e descobrir o que é melhor para você, alguém virá e fará, e acredite, muitas vezes você não vai gostar e eles vão insistir que querem te ajudar.

Sobre o autor

Bruno Soares

Bruno Soares

Acredito que para evoluir devemos deixar para trás hábitos e costumes que julgamos ser "parte de nós". Para que possa despertar é necessário questionar padrões estabelecidos, questionar se você é assim, ou você esta assim? Você tem escolha de ser uma pessoa melhor, melhor com você, com seu corpo e com sua mente, saber que quando está em equilíbrio, tudo isso transborda e todos a sua volta ganham. Platão dizia: "Que a melhor coisa que podemos fazer por aqueles que amamos é evoluir". Evolução essa que pode ser feita de diversas maneiras, mais todas passam pelo seu corpo e sua mente. Estou aqui para ajudar você a despertar e descobrir o quão maravilhoso e poderosos podemos ser.
Gostaria de oferecer, uma oportunidade para que possa encontrar um caminho, menos egoísta e mais centrado. Posso te acompanhar em qualquer modalidade esportiva, porém tenho facilidade em corrida e bike (são as atividade que me capacitaram descobrir quem eu sou e consequentemente perder 35kg), por serem atividades aeróbicas de longa duração, se torna um momento de meditação ativa; onde é possível ter momentos incríveis de imersão e reflexão nos pensamentos sobre quem é você e onde quer chegar, se esta no caminho certo e o que esta fazendo para mudar.
Sou um filosofo amante da sabedoria e do esporte, acredito que eles podem transformar vidas.

Telefone: (11) 971593473
Email: [email protected]
Instagram: @brunocoachvida