Autoconhecimento

Ciclos negativos de pensamento

Retrato de homem triste negócios com tempestade fundo
Tereza Gurgel
Escrito por Tereza Gurgel
No caminho em busca do bem-estar, muitas vezes, nós encontramos um poderoso inimigo: nossos próprios pensamentos! É praticamente impossível conter a avalanche constante de pensamentos que afloram em nossa mente. Quando esses pensamentos são agradáveis, nem nos damos conta disso, porém, quando o ciclo de ideias é negativo, o nosso emocional se desgasta rapidamente. Principalmente se essa negatividade se volta contra nós, fazendo-nos acreditar que não temos nenhum valor ou capacidade.

Esses pensamentos podem começar quando falhamos em realizar algo. Passamos a duvidar de nós mesmos, usando como reforço o episódio negativo do passado. Logo, esse pensamento começa a dominar a mente, se tornando cada vez mais forte e dominante, e nossa vida se torna cada vez mais difícil.

negativos

Pode parecer difícil conquistar a paz de espírito novamente, mas com um pouco de esforço é possível conseguir dominar e superar os pensamentos negativos.
Os nossos pensamentos podem ser remodelados por meio de esforço consciente e constante. Não “paramos” de pensar, apenas mudamos a qualidade dos pensamentos para algo que seja mais positivo. Não é mágica, mas disciplina.

Em primeiro lugar, procure se tornar consciente daquilo que pensa. Você não conseguirá afastar algo se não prestar atenção onde esse pensamento negativo e constante se originou, como ele se apresenta na sua mente e como você reage emocionalmente frente a ele.

Analise esse pensamento negativo. Se ele se originou no passado, o que posso fazer a partir do agora para mudá-lo? As condições que o criaram ainda permanecem as mesmas? Será que o que percebo como negativo é realmente nefasto? Posso mudar a minha perspectiva? Quais são os passos necessários para que a mudança ocorra? Para cuidar de algo, devemos olhar para descobrir novas oportunidades e possibilidades.

Identifique o diálogo interno. Esteja alerta, conscientizando-se ao começar a pensar usando palavras ou frases negativas. Que situações aconteceram para que os pensamentos negativos aflorassem? Anote onde você estava e quais foram as circunstâncias que os provocaram. Torne-se um detetive de sua própria mente, os budistas falam muito em “tornar-se um observador da própria mente”.

negativos

Depois, preste atenção ao iniciar a crítica destrutiva, simplesmente diga a si mesmo: “Pare!”. Ao longo do dia, você terá que dizer isso diversas vezes. Se parecer muito difícil, no início, mudar a mente de foco, procure fazer uma atividade ou pensar em algo que você gosta bastante. É um truque eficaz e fortalecerá a sua conexão com pensamentos construtivos.

Lembre-se que você está se esforçando para romper um ciclo que pode estar estabelecido em sua vida interior há um longo tempo. Portanto você vai sentir dificuldade e falhar muitas vezes, até que o seu próprio cérebro seja remodelado, ativando conexões emocionalmente positivas. A negatividade parece ser mais fácil de prevalecer em nosso mundo emocional, mas é uma questão de perspectiva e trabalho constante para mudar isso. Às vezes, parece que tanto esforço não traz nenhuma – ou pouquíssima – mudança. Afaste a tentação de sabotar ou minimizar os seus esforços, mantendo-se focado em seu objetivo.

Uma ferramenta poderosa que nos auxilia a encontrar alimento para essa jornada é a prática da gratidão. Raramente paramos para lembrar que a nossa vida está repleta de bênçãos. Um bom exercício é terminar o dia anotando o que você pode agradecer por ter. Mesmo que, no início, você ache que não há nada… Que seja apenas o fato de estar respirando. Se fizer isso sempre, logo começará a se dar conta do grande número de milagres que existem à nossa volta.

negativos

Você – nem ninguém! – pode ter controle sobre os acontecimentos futuros, mas podemos aumentar a nossa confiança em nossas capacidades e no nosso julgamento, se nos esforçarmos. Isso nos ajudará a enfrentar as situações mais difíceis e diversas que possam vir a ocorrer.


Você também pode gostar de outros artigos da autora: Dicas para fortalecer-se emocionalmente

Sobre o autor

Tereza Gurgel

Tereza Gurgel

Formada em Psicologia (F.F.C.L. São Marcos - SP). Filiada à ABRATH (Associação Brasileira dos Terapeutas Holísticos) sob o número CRTH-BR 0271. Atua na área Holística com Reiki, Terapia de Regressão e Florais de Bach. Mestrado em Reiki Essencial Metafísico e Bioenergético Usui Reiki Ryoho, Shiki, Tibetano e Celtic Reiki. Ministra cursos de Reiki e atende em São Paulo (SP).

E-mail: [email protected]
Telefone: 11 987728173
Site: mtgurgel.wixsite.com/mundoholistico
Blog: terezagurgel.blogspot.com.br
Skype: tk.gurgel