Autoconhecimento Comportamento

Metamorfose: como ela funciona em nós

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você certamente já ouviu falar em metamorfose! Principalmente quando o assunto é a natureza, essa palavra possui muitos processos. Os insetos, os moluscos e os anfíbios são grandes exemplos dessa palavra, que significa nada mais e nada menos do que modificação.

Na natureza, muitos são os animais que sofrem a metamorfose, que é a mudança em sua forma e estrutura corporal. Ou seja, quando uma lagarta se incuba em um casulo e se transforma em borboleta, sua forma é modificada, assim como seus órgãos e tecidos

Isso acontece devido a dois tipos de nascimento que acontecem no mundo natural: o nascimento direto e o indireto. No direto, o animal já nasce com estrutura parecida com a dos adultos da sua espécie, enquanto no indireto os animais nascem diferentes, sendo necessária a metamorfose.

Processo de transformação da borborta. Ela está sentada em uma folhagem.

Alguns animais ainda sofrem a metamorfose de maneiras diferentes e muitas vezes ela está associada a mudanças de habitat. A libélula, por exemplo, vive sua vida inicial na água e quando se torna adulta começa a voar. Os sapos também possuem sua fase inicial na água, como girinos; após o alcance da fase adulta eles se tornam terrestres.

Pois bem, a metamorfose é nítida na natureza. Se fazemos parte dela, como ela acontece na nossa vida? Vamos conversar melhor sobre isso!

Várias lagartas em seu processo de transformação e algumas borboletas sobre um galho.

A evolução é nossa metamorfose

A metamorfose humana não é nada mais do que as mudanças que presenciamos em nossa vida e que são necessárias para nós. Quando nascemos, somos pequenos bebês e com o tempo nossa estrutura não se modifica, mas cresce. Podemos considerar isso uma metamorfose corporal. Porém as transformações continuam acontecendo após a vida adulta, mas em nosso interior.

As nossas escolhas são as maiores determinantes nesse processo. Quando somos crianças, mal nos preocupamos com nossas atitudes. Na adolescência, então, nem se fala. Tudo começa a mudar intensamente quando chegamos na fase jovem de nossa vida, quando precisamos tomar um monte de decisões.

Além disso, muitas dessas escolhas irão nos transformar diretamente. Afinal de contas, é impossível fazer uma escolha e não identificar pontos positivos e negativos, e são eles que ditarão a metamorfose pessoal de cada um.

Você também pode gostar

A evolução humana nos pede para nos tornamos pessoas melhores a cada dia. Não queremos dizer que nascemos péssimas pessoas, mas que precisamos aprender a ser melhores. A sociedade em que vivemos e a cultura na qual estamos inseridos são grandes influenciadoras da nossa evolução.

Convenhamos que existe muita coisa a ser mudada na sociedade em geral, mas essa metamorfose social só pode acontecer quando passamos pela nossa metamorfose pessoal. Por isso preocupe-se primeiramente com a sua evolução pessoal, então a evolução social será apenas consequência.

Imagem das três fazer de transformação e metamorfose da borbotela.

Como a metamorfose de fato acontece?

Querer que as coisas aconteçam de maneira simples e fácil é o maior desejo do ser humano. Para que haja situações positivas, porém, é necessário que passemos pelas situações negativas. Lembra das escolhas? São elas que trarão as situações positivas e negativas à vida. Acredite: ambas são necessárias para a nossa metamorfose.

A transformação acontece no lado externo depois de acontecer no nosso interior. Muitas vezes é preciso que tudo fique ruim para que depois se transforme em algo melhor. Por causa disso, é normal que você tenha momentos de sofrimento para realizar determinadas escolhas.

Por outro lado, após a realização das escolhas (que precisam ser boas para você) você será capaz de perceber a metamorfose, a transformação. É claro que, após esse período, você conseguirá notar como elas contribuíram para a sua evolução.

Mais um processo de transformação das larvas em borboletas. Elas nasceram e são alaranjadas.

Experimente a dor da metamorfose

Você veio para este mundo para ter a sua metamorfose e para evoluir. E a evolução muitas vezes vai causar dores emocionais e físicas, porém não as carregue como um peso. Te convidamos a analisar tudo o que precisa de modificação em sua vida atualmente. Mantenha o coração aberto e respeite o que sua alma lhe pede.

Se ela pede mudança de emprego, de relacionamento, aproximação ou afastamento de algumas pessoas, faça. Pode doer, sim, mas no fim do túnel você sempre encontrará uma luz, e essa é a mais pura e verdadeira das luzes, graças ao processo de metamorfose.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]