Convivendo

Um bairro de pessoas bem de vida ($) e felizes

Celso de Godoy Junior
Valores tão desejados, mas difíceis de serem realizados, ainda mais diante dos cenários em que vivemos em 2018, perante as crises financeiras e os conflitos nos relacionamentos entre as pessoas.

Einstein já dizia: “Sem crise não há evolução”.

Conforme os dias atuais, onde muitas pessoas estão desempregadas e outras sendo demitidas, vemos que mesmo diante de certas dificuldades, cada uma tem se virado benéfica e criativamente do seu jeito para ganhar o seu dinheiro.

Fazendo e vendendo doces, bolos, cachorro quente e salgadinhos.

Vendendo sandálias, trufas na escola e nas salas da universidade.

Vendendo produtos de catálogos.

Recolhendo e vendendo materiais reciclados, como: papelão, garrafas pet, latinhas, etc…

Além disso, para centralizar esses gastos e que venham favorecer cada pessoa do seu bairro, necessitamos unir todos os moradores, onde cada um venha a colaborar com o outro, exemplos:

Comprando produtos do supermercado do seu bairro e consequentemente esse valor seja usado pelo dono para gastar em alguns serviços que ele precise e seja adquirido em seu próprio bairro, cortando o cabelo, comprando doces, fazendo esses valores retornarem e serem aplicados com outras pessoas do mesmo bairro.

Dessa forma, centralizando esses valores, usarão o dinheiro de maneira criativa, consciente e em prol coletivo, somando forças, perpetuando a união financeira e o apoio entre todos.

Referências Bibliográficas: 

Cury, a. Pais brilhantes, professores fascinantes. Sextante. Rio de Janeiro, 2008;

Furtl, g. m. Uma abordagem junguiana da cura pela arte. São Saulo: Paulus, 2004;

Diniz, l. Mitos e arquétipos na Arteterapia: os rituais para se alcançar o inconsciente. 2ª ed. Rio de Janeiro: Wak, 2014;

Nitsche, t, r. Ame todos os dias. Joinville: Iugui comunicação, 2017.


Você também pode gostar de outros artigos do autor. Acesse: Para vivermos em um mundo melhor, a mudança começa com a gente

Sobre o autor

Celso de Godoy Junior

Celso de Godoy Junior

Atua há mais de seis anos nas áreas da Educação, Escritor e Terapeuta com foco em práticas resignificativas ao resgate da qualidade de vida pessoal, familiar, profissional e social. Além disso, também trabalha desde o início do ano de 2017, como Professor de Graduação de Pedagogia e Pós em Arteterapia e Psicopedagogia.

Paralelo as suas inúmeras experiências socialmente e em Escolas do Estado, Município e os múltiplos conflitos dos alunos, a falta de interesse nos estudos, desrespeito aos professores e demais desmotivações entre ambas as partes, realiza desde meados de 2018, um Projeto com Palestras Educacionais a Instituições do Ensino Básico, Superior e Empresas. Orientando cada professor, cuidadores e funcionários do meio corporativo, a maior conscientização em suas reações e ações positivas, capacitando-os sucessivamente para lidar com emoções perturbadoras, conseguirem manter relacionamentos saudáveis e resultados globais em suas experiências de vida.

Telefone e WhatsApp: 11 99604-7018
Facebook: Celso G. Jr
E-mail: [email protected]

Ateliê terapêutico: em Bragança Paulista-SP