Autoconhecimento

8 dicas simples para acalmar sua mente sem meditar

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Muitos de nós vivemos com um baixo nível de estresse que se torna algo tão normal, que muitas vezes até nos esquecemos de que ele está lá. Enquanto nós não mostramos claros sinais de estresse, o cortisol — hormônio associado ao estresse — pode causar estragos na nossa saúde física e mental em longo prazo. Então, é importante ter tempo para acalmar nossas mentes e trazer um pouco de paz para nossas vidas, mesmo que não estejamos ansiosos.

É claro, a meditação é uma maneira muito efetiva para ter uma mente mais calma e eu fortemente recomendo que você medite o máximo que puder. O problema é que a maioria de nós não tem tempo para sentar e meditar diariamente. Por isso, aqui estão 8 maneiras simples para acalmar sua mente durante o dia a dia corrido:

1. Foque na gratidão

Quando estamos enfrentando uma série de desafios, pode ser fácil termos nossa visão focada apenas em ver as coisas que vão mal ao invés de enxergarmos o que está indo bem. Busque o equilíbrio encontrando tempo para escrever ao menos três coisas todo dia pelo qual você se sente agradecido, isso pode te ajudar a restabelecer uma perspectiva mais equilibrada das suas experiências.

2. Pratique a autocompaixão

Eu sei que sou mais dura comigo mesma do que com qualquer outra pessoa, e eu acho que muitas pessoas são assim. Praticar a autocompaixão significa reconhecer e aceitar a realidade e nos possibilita estender esse sentimento a um amigo que possa estar com problemas. A autocompaixão pode nos ajudar a diminuir nossa insistência de nos compararmos tanto com os outros.

3. Tome um longo banho

Nada pode nos acalmar tanto quanto um longo e pacífico mergulho na banheira. Banhos podem te ajudar a relaxar e ter um tempo para ficar longe da agitação do dia a dia. Adicione um pouco de óleo de essência de lavanda na água para deixá-la ainda mais relaxante.

4. Estabeleça uma rotina

Ter uma rotina muitas vezes parece ser a receita imediata para o tédio, mas ela realmente nos ajuda a criar uma sensação de paz em nossas mentes diariamente. Quando estabelecemos uma rotina, nós temos menos decisões a tomar durante o dia. Isso libera um espaço em nossas mentes para preencher com tarefas mais importantes.

5. Crie uma lista de tarefas diárias

Assim como estabelecer rotinas, criar uma lista de afazeres pode te dar uma sensação de paz porque você sabe exatamente o que fazer naquele dia para cumprir com todas as suas responsabilidades. Nada é mais estressante do que pensar em alguma coisa que você esqueceu bem quando está pronto para se deitar à noite.

6. Olhe sua peça de arte favorita

Não importa se é Van Gogh, um poema favorito, ou uma escultura que seu filho fez na primeira série, olhar para nossas peças de arte favoritas pode nos trazer uma sensação de paz. Apenas tente não pensar no por que você gosta dela. Isso não é tão importante.

7. Exercícios

Eu sei o que você está pensando. Se você não tem tempo para meditar, onde vai achar tempo para praticar exercícios?

Se exercitar por apenas 10 minutos pode liberar endorfina, substância química que ajuda a induzir um estado de paz física e mental. Tente caminhar durante o intervalo do trabalho ou estacione o mais distante possível de uma loja ou do trabalho. Qualquer exercício é melhor do que nenhum.

8. Acaricie o seu amigo peludo preferido

Existe alguma coisa sobre acariciar o pelo do seu bicho de estimação que traz instantaneamente um sentimento de calma. Qualquer que seja a suavidade do pelo, o movimento repetitivo e o afeto que você sente, ao fazer carinho no seu bebê você libera suas tensões e fica longe do estresse do dia a dia.


Texto escrito por Amanda Magliaro da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]