Autoconhecimento

A Grafologia e os seus mistérios

letra
Carlos Mussato
Escrito por Carlos Mussato
A Grafologia é uma ciência que deixa qualquer ser humano boquiaberto, quando utilizada por um profissional sério, competente e que tenha ética profissional.

É uma ciência que começou em 1622, na Espanha, chegando ao Brasil no início do Século XX, e que hoje é o mais completo método de diagnóstico da personalidade humana.

Uma assinatura revela tudo o que somos

Ao assinar, o ser humano coloca o que ele tem de melhor ou pior de si mesmo. Em uma letra, pode ser avaliado a inteligência, o dinamismo, o caráter, a sexualidade e a personalidade de quem o faz.

Revela os medos, os traumas, os sonhos e a potencialidade de cada um. A sua letra é o seu DNA, do qual não se foge e nem se finge. Ninguém consegue se esconder, uma vez que colocou o seu perfil registrado ao assinar.

A sua letra é o seu DNA

Pela Grafologia, podemos contratar o melhor funcionário, para o cargo mais adequado na empresa, podendo também verificar de que patologia sofre o ser humano.

Podemos ainda ajudar uma pessoa a corrigir os seus defeitos por meio da letra.

Não se pode esconder nada de um bom grafólogo, mas também, utilizando a grafologia, pode-se melhorar a qualidade de vida de quem o faz.

Também, a Grafologia, é uma poderosa ferramenta para ajudar casais para poderem verificar suas competências, suas diferenças e suas potencialidades. Assim, melhorarão a convivência na vida a dois. E temos casos de diagnósticos médicos, que uma vez trabalhado o traço que potencializava tal patologia, a pessoa acaba encontrando a cura. Uma outra utilização da Grafologia é diagnosticar as potencialidades profissionais de jovens indecisos, com relação à profissão que deverão assumir no seu futuro. É um teste vocacional.

Na entrevista, no bate papo, no comportamento, a pessoa pode disfarçar, pode fantasiar e dissimular a pobreza interna, porém ao colocar os seus traços no papel, por meio da letra, a pessoa revela as suas mais secretas ambições, os seus medos e inseguranças. Por outro lado, também deixam público, por meio da letra, os seus valores, as suas neuroses, os seus potenciais para essa ou aquela função, revelando até mesmo a sua sexualidade, o uso de droga, dependência química, capacidade de liderança, passividade, comunicação, etc.

letra

Hoje, muitas empresas fazem o uso da Grafologia no seu processo seletivo, justamente porque não dá para se preparar para fazer um teste, uma vez que a letra da pessoa vai falar sobre ela, isso ninguém consegue disfarçar, e apenas ao pegar na mão uma letra, em fração de segundos, um bom grafólogo já consegue fazer o perfil de uma pessoa.


Você também pode gostar de outros textos do autor: Quer saber como é uma pessoa?

Sobre o autor

Carlos Mussato

Carlos Mussato

Formado em Ciências Contábeis e Administração, psicanalista, mestrado em Administração de Recursos Humanos e Psicoterapia Analítica de Grupo. Conferencista e instrutor de treinamento na linha motivacional, auto-estima, comunicação, qualidade, relacionamento pessoal e vendas. Tem registrado mais de duas mil palestras na área de auto-ajuda, comunicação, grafologia e PNL. Atualmente, é consultor na área de Grafologia e Comunicação em empresas privadas, instrutor de cursos de Grafologia há mais de 20 anos, já formou mais de 5000 alunos, elabora diagnóstico e laudo para todo o território nacional e exterior, escritor com QUATRO livros lançados e grufoterapeuta. Membro Efetivo da SOBRAG - Sociedade Brasileira de Grafologia.

Membro da ABRACE - Associação Brasileiro da Ciência da Escrita.

Professor do Colégio Brasileiro dos Professores de Grafologia

Perito Grafotécnico da quinta Vara Civil de Campinas

Diretor do Instituto de Desenvolvimento Humano Carlos Mussato Ltda

Presidente de Associação Brasileira de Psicanálise Moderna.

Contato:
(19) 99117-2577
(19) 21213259
(19) 3245-0741
www.institutocarlosmussato.com.br