Autoconhecimento Comportamento

Ano novo, como conquistar os seus objetivos? Mudando o inconsciente, sucessivamente a sua pulsão externa

Mulher segurando chapéu e sorrindo
Elina Sazonova/Pexels
Celso de Godoy Junior

Mudando o inconsciente, sucessivamente à sua pulsão externa!
Como tradição e a renovação na vida de cada pessoa, uma das primeiras coisas que pensamos com a virada de ano, são desde à gratidão pelas realizações do ano passado, quanto criando novos planos para o Ano-Novo.

Mas diante de fatos que podem ocorrer de forma imprevista, poderão dificultar a realização de tais objetivos.

Porém a intenção desse artigo é de que paremos de depender dos acontecimentos externos, pois em muitas das vezes podemos estar agindo de forma prejudicial a si mesmo. E assim, com pensamentos e ações repetitivas, preencher novos valores em seu inconsciente e os mesmos estimularão os seus resultados futuros.

Com isso, reflita quais são os valores que possui inconscientemente, responsáveis ao que têm te estimulado e vivido em sua rotina diária.

Reflita os pensamentos, as energias que além de atraírem reforçam cada uma das suas crenças e comportamentos.

Mulher sorrindo olhando para pássaros no céu
Ekrulila/Pexels

O que tem acreditado ou não para que cada uma das suas ações se repitam?

Conforme todo ser humano está em constante evolução, gradualmente é fundamental “parar” o que esteja fazendo e refletir se realmente a sua forma de viver, a sua personalidade estão contribuindo com a sua felicidade.

CLIQUE PARA ASSISTIR AO VÍDEO: Qual é o sentido da vida? Alguém tem a resposta?

Caso não, o primeiro passo para mudar é reconhecer cada um desses detalhes e às ações que estão te trazendo dificuldades. Após com boas reflexões e planejamento, ter atitudes que além de transformar gradativamente, desenvolverão novas competências e habilidades que realmente te façam bem.

Sei que muitas coisas levam um tempo para mudar, mas mais importante do que agir é alinhar a direção correta ao que faça sua vida ser ainda melhor e mais saudável. Pois caso estiver vivendo constantes tristezas ou conflitos, os mesmos te prejudicarão e impedirão o seu crescimento.

Sendo que muitas vezes podemos não reconhecer os males que fazemos e culpar os outros por tais, terceirizando os problemas, não solucionando as próprias dificuldades e tendo atritos em suas relações pessoais.

CLIQUE PARA ASSISTIR AO VÍDEO: Braulio Bessa – Recomeço

Dessa forma, pare de viver de forma intensa e automática, acredite mais em você. Uma boa dica para se motivar, além das descritas acima, é fazer meditações, valorizando o que faz em seu dia a dia e apreciar o belo. Também realizando práticas de esportes, pelo menos trinta minutos em três dias na semana, te ajudará bastante, pois quando movimentamos o corpo físico, desaceleramos a mente, e na hora que precisar dela, estará mais disposta, criativa, além de ajudar a ter mais amor, tolerância, ouvir os outros e viver melhor.

Além disso, uma hora antes de dormir, se distancie dos sons barulhentos e imagens intensas, como da televisão, do computador, das músicas altas e pesadas, refletindo em menos insônia e melhores horas de sono.

Você também pode gostar

Cultive ações que te tragam mais calma, atenção e amor, somando forças e experiências que renovem as suas energias e mudança de vida.

O amor e o equilíbrio são os verdadeiros combustíveis para conquistar a sabedoria, a criatividade e o sucesso vivencial!

Seja luz sempre, hoje, em cada dia de 2020 em diante!!

Gratidão, feliz Ano-Novo!!

Referências Bibliográficas

Perez, a. (2016). Psicologia positiva: teoria e prática: conheça e aplique a ciência da felicidade e das qualidades humanas na vida, no trabalho e nas organizações. Editora Leader. São Paulo.

Rodrigues, m. (2015). A Educação Emocional positiva: saber lidar com as emoções é uma importante missão. Nova Hamburgo: Sinopsys.

Sobre o autor

Celso de Godoy Junior

Celso de Godoy Junior

Atua há mais de dez anos na área da educação e gestão de pessoas, é escritor, terapeuta, palestrante e gestor de treinamento de liderança pessoal e profissional. Possui mais de dois anos de experiência como professor de graduação de pedagogia, pós em arteterapia e psicopedagogia.

Paralelamente às suas inúmeras experiências sociais, em escolas, profissionalmente e demais conflitos humanos (falta de interesse nos estudos, nos trabalhos, desrespeito aos outros profissionais e desmotivações entre ambas as partes), realiza projetos com palestras educacionais em instituições do ensino básico, superior e empresarial. Enfatiza a suma necessidade do desenvolvimento de um novo olhar sensitivo à iniciativa e à resiliência individual, por meio do cultivo da empatia e da humanização recíproca. Orienta cada professor, estudante e colaboradores do meio corporativo à conscientização em suas ações, reações e obtenção de melhores resultados em suas experiências de vida.

Telefone e WhatsApp: 11 99604-7018
Facebook: Celso G. Jr
E-mail: [email protected]

Ateliê terapêutico: em Bragança Paulista-SP