Espiritualidade

As incertezas da vida

vida
Luiz Guimaraes
Escrito por Luiz Guimaraes
Em qualquer lugar do mundo em que possamos estar, teremos momentos de incertezas e as variáveis são as mais diversas. A cada segundo dessa vida tão dinâmica e imprevisível, somos solapados com fatos e coisas inesperadas. Não há quem fuja ou escape desses acontecimentos, que para muitos se trata de “destino”.

Não existe destino! Há, sim, provas e expiações a serem cumpridas. Mesmo realizando as nossas vontades, não raro somos surpreendidos com fatos totalmente adversos daquilo que pretendíamos e muitos denominam essas ocorrências de “destino”. Com esse raciocínio, tudo já estaria traçado e nada seria mudado…

vida

Caso fosse dessa forma, não seria necessário o livre-arbítrio, visto que nada poderíamos fazer para modificar o “destino”… Outras implicações existem se abordarmos o campo das vidas pregressas em que a lei da causa e efeito é imutável e sempre se faz presente

 

Na realidade, muitos acontecimentos em nossas vidas independem de nossa vontade, já que trazemos no âmbito do espírito arquivos do passado que não estão em nosso consciente, porém devemos prestar contas dos desacertos cometidos.

Destarte, pois atitudes em outras existências projetam-se em nosso dia a dia, cabendo-nos aceitar com resignação tudo o que seja impossível de mudar. Não quer dizer que nos acomodemos! A vida tem a sua dinâmica própria e não devemos nos afogar em lamúrias e sofrimentos… Fé, otimismo e perseverança são pilares de sustentação para o nosso crescimento espiritual.

Por outro lado, fatos ocorrem em que temos a capacidade de alterar o curso da nossa história de vida. Isso vai depender do nosso discernimento e capacidade de superação. Seguir novos caminhos pode ser uma alternativa não como fuga do problema, mas diríamos como sendo uma saída adequada para as diversas situações que nos afligem.

Mas nem sempre isso é possível, tanto por incapacidade nossa em enfrentar os desafios quanto por se tratar de coisas que não merecemos que sejam modificadas, mas, sim, experimentar a prova que nós mesmos escolhemos no planejamento reencarnatório.

Tudo vai depender do nosso raciocínio lógico, desapaixonado e sem queixumes. É nessa hora que a coragem, paciência e resignação são postas à prova. Tais experiências que nos motivam a prosseguir na vida servem como base estrutural para atingirmos nossa perfeição, que demanda tempo e aceitação dos fatos.

A cada dia temos a oportunidade de mudar, escrever uma nova história, criar novos rumos e buscar o nosso melhoramento como ser humano dotado de um Espírito Imortal… Essa prática diária dará os frutos necessários ao objetivo almejado. O importante é não esmorecer na primeira dificuldade! Perseverar faz parte da luta de quem quer vencer. Os obstáculos são as provas pelas quais precisamos passar

 

vida

No Livro “Bezerra, Chico e Você”, psicografia de Chico Xavier, Capítulo: Pedras da Vida, consta: “(…) Perdoemos as pedras da vida pelo ouro da experiência e de luz que nos oferecem. E, sobretudo, armemo-nos de coragem para o trabalho, porque é na dor do presente que corrigimos as lutas de ontem, acendendo abençoada luz para o nosso grande porvir.” (Caminhar é preciso, vencer é o objetivo).


Você também pode gostar de outro texto do autor: Passaporte da vida

Sobre o autor

Luiz Guimaraes

Luiz Guimaraes

Sou médico diplomado no ano de 1972, pela Faculdade de Ciências Médicas de Pernambuco. Já era funcionário do Banco do Brasil e em 1977 assumi o cargo de médico no serviço da Instituição. Em 1988, assumi a chefia daquele serviço e em 1996 aposentei-me. Escrevo para o Jornal do Commercio e Diário de Pernambuco (ambos em Recife) sobre a Doutrina Espírita e também sobre nossa conjuntura política. Sou membro efetivo da Academia Pernambucana de Música desde 1998.

Contato:

Telefones: (81) 9 9973 6363 | (81) 9 9290 7030

E-mails: [email protected] | [email protected] | [email protected] | [email protected]