Convivendo

Atraindo um dia perfeito (em todos os dias)

Patricia Carvalho
Escrito por Patricia Carvalho
Ao ler este título você deve estar pensando “quanto otimismo” ou “quanta bobagem, isso é impossível”, mas espero que até o final desta leitura você se convença de que o impossível não existe, que é possível, sim, atrair um dia perfeito e, quem sabe (aqui é o meu otimismo falando bem alto), você consiga isso em todos os dias.

Vamos aos fatos…

Cada dia é único.
 Se você está lendo isto hoje, você foi abençoado com a graça de ter aberto os seus olhos esta manhã e estar vivo, acredite: você tem muita sorte (na falta de uma palavra melhor)!

Então, já posso dizer que apenas por esse motivo você já pode dizer: “Que dia perfeito!”, afinal, você está vivo, independentemente de sua situação, de seus problemas e de suas limitações. Você está vivo! Agradeça e curta esse dia!

Agora, você pensa: “E daí, acordei, estou vivo, mas isso não garante um dia perfeito”.

Está certo, vamos lá… Para mim, já seria motivo suficiente, mas eu quero te convencer, não é mesmo!?

Você acordou, está vivo, ou seja, você tem 24 horas para dar o melhor de si, com pelo menos umas mil maneiras de fazer isso. Já ouviu falar do “Colhemos o que plantamos”? Pois bem, faltou dizer nessa frase a palavra cultive! O certo seria: “Colhemos o que plantamos se cultivarmos”, sendo assim, plante, cultive e colha. Creia em você, acredite que tudo tem o seu tempo e dê tempo à vida realizar sua grande obra: você. Tenha paciência com ela (a vida). Somos a semente, o que colhemos são os frutos de nossa vivência, mas só colheremos frutos bons se cultivarmos o melhor de nós, e existem mil maneiras de se fazer isso, busque a sua.

Você é capaz de muito mais do que imagina e a vida adora quando apostamos em nós mesmos!

Tornar sua vida espetacular não deve ser algo trabalhoso, deve ser o natural. Parece muito ilusório?

Eu te desafio a tentar, aposte um dia de sua vida, na vida, na capacidade dela de nos surpreender e na sua própria de ser feliz. Depois me conta.

Sim, você pode falar: “Um dia perfeito, eu consigo, mas todos? Ah, isso é demais!”.

Vou te dar itens para seguir, apenas quatro, escolha um, dois ou todos e se assim conseguirmos todos os dias perfeitos, então cumprimos a nossa meta, senão siga o quinto passo, a minha dica final, e vou torcer para dar certo, não contando com a sorte, mas com a minha fé em você!

1. Apaixone-se 

Isso mesmo, apaixone-se por você, pela vida, por tudo o que você tem e pela possibilidade de ter mais. Apaixone-se por seus sonhos (mesmo os mais fantásticos), apaixone-se pelo novo, pelo velho, pelo simples, pelo complexo, pelo frio, pelo calor, pelo azul e rosa. Apaixone-se pelo copo de leite, pelo sol na janela, pelo chão aos seus pés, por cada célula de seu corpo. Apaixone-se por qualquer coisa e por tudo! Não espere, apenas aja.

Foi a paixão que construiu as grandes obras, a obra da vida. A paixão é emoção intensa e convincente que remete ao desejo. Quando você se apaixona, você cria um ideal e se aplica nele. A paixão pela vida te faz viver, e vivendo com essa intensidade os seus dias serão perfeitos.

2. Você pode, basta se permitir 

O caminho é acreditar, acalme seu coração, lute por seus objetivos (e espero que os tenha para cada dia de sua vida) e siga em frente.

Tem dias que parece que nada dá certo e que a vida está contra nós, mas pode acreditar, nada, absolutamente nada, é por acaso. Olhe além, veja por um novo ângulo, a vida fala conosco nesse dialeto, nessa linguagem estranha e complicada às vezes. Mas ela fala… Então, apenas ouça, preste atenção e você entenderá. Assim, o seu dia será perfeito porque tudo fará sentido!

3. Voe na direção certa (mesmo que não saiba qual) 

Oi? Como assim?

Existe um vídeo motivacional sobre a borboleta que pergunta se a borboleta, enquanto lagarta, nasce sabendo que voará. Lá diz que ela só conta com ela mesma e tudo o que ela tem a fazer é parar, esquecer o que está do lado de fora e se concentrar nela mesma, pois assim ela saberá a direção certa para voar, só do lado de dentro ela pode encontrar o seu ponto de transformação.

E é isso mesmo, entenda o que está dentro de você, olhe para si mesmo em todos os dias, converse com você, se ouça, se dê atenção e seja o seu melhor amigo. E seja lá qual for o caminho, a direção que for seguir está certa, pois ouviu o seu coração e ponderou com a sua razão. A resposta já está aí dentro, lá fora é só um meio.

4. Viver não dói 

Dói sim e como dói, mas não dói. Carlos Drummond de Andrade diz: “Definitivo, como tudo o que é simples. Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram”. Entendeu? Sofremos pelo que não vivemos, não pelo que vivemos, o irrealizado é que faz doer. Dói porque eu não consegui a promoção, não consegui aquele sapato, não vi aquele show, não conquistei aquele rapaz, mas quem te garante que as conquistas dessas coisas trariam essa tal felicidade? Nada é garantido!

Assim como nada é definitivo, então, viva cada dia, cada momento, sem se lamentar pelo que poderia ter sido e cada dia será perfeito, porque foi vivido.

Chegando aqui, talvez para você nada tenha dado certo, e você deseja seguir o item 5, te digo que é bem simples segui-lo, desde que você realmente deseje dias perfeitos. Eis o quinto item…

5. Recomece 

Recomece sempre, não se detenha por qualquer queda, recrie, reinvente se for necessário, mas nunca pare, recomece e refaça. Seja como for, apenas siga em frente!

Volte para o seu casulo, apaixone-se novamente, se permita mais uma vez, voe para o outro lado, viva o não vivido, só te peço para que não pare, mas recomece. E o seu dia será perfeito, pois uma nova esperança renasceu. Um novo dia nasceu, com uma nova oportunidade, e se hoje também não der certo, lembre-se: você pode recomeçar tudo de novo amanhã, porque todo dia é um dia perfeito para recomeçar a nossa busca pela felicidade.


Você também pode gostar de outros artigos da autora. Acesse: Como ser uma pessoa otimista (copo meio cheio ou meio vazio)

Sobre o autor

Patricia Carvalho

Patricia Carvalho

Meu nome é Patricia Carvalho (Patty Carvalho) sou formada em psicologia e atuei em clínica durante alguns anos, atualmente não estou exercendo a profissão, porém o ser humano e seu poder de crescimento pessoal, emocional e espiritual ainda me fascinam; crescer e evoluir são coisas que me move.

Uma libriana, mãe de menino, que não vive sem massas (e doces) e que adora filmes e livros.

Ler é uma paixão, já escrever é um "hobbyterapia" que descobri recentemente e espero poder continuar praticando em meu benefício e de quem mais eu possa auxiliar com minhas palavras.

Blog: O Pouso da Borboleta
Facebook: facebook.com/opousodaborboletaazul2
Instagram: @o_pouso_da_borboleta
E-mail: [email protected]