Convivendo

Estrada Iluminada – Aniversariante Maior

Mãe com dois filhos pequenos sentados no meio da sala com decorações de natal, lendo um livro com as crianças.
Nilton C. Moreira
Escrito por Nilton C. Moreira
Existem datas que a ansiedade aumenta à medida que vai se aproximando o dia. O Natal é uma delas, pois, apesar de considerarmos o momento mais sublime das festas, em muitas pessoas, causa inquietude, isto porque nenhum Natal é igual ao outro.

Casal formado por homem negro e mulher branca, sentados no chão com sua filha negra, em cima de uma tapete em frete uma lareira, brincando com enfeites vermelhos de árvore de natal

Uns vão em busca de presentes e os dão em valores altos, enquanto que outros não têm meios para adquiri-los e limitam-se a quase nada presentear. Temos aquelas famílias que tradicionalmente se reúnem nesta festa e que este ano não estarão juntas em razão do falecimento de um dos parentes e isso lhes causa angústia.

Outros têm entes queridos em hospitais e a comemoração se mistura em meio a apreensão e aperto no coração.

É a época de maior índice de crimes, em razão exatamente de que pessoas que não entendem o verdadeiro significado do Natal
 dão valor maior a tudo que se relaciona a conquistas materiais, e o dinheiro passa ser prioridade, daí a necessidade de implementar atividade criminal com vistas a conseguir esse precioso ostentatório.

Nos presídios, a insatisfação é maior, pois os encarcerados lembram que poderiam estar em plena liberdade e no convívio familiar, mas que, em realidade, pela necessidade de estarem execrados da comunidade, são obrigados a ficar longe da comunhão familiar, e isto torna o ambiente carcerário mais denso mentalmente e com articulação de fugas, o que impõe estresse maior por parte dos servidores da segurança.

De fato. o Natal é um momento de reflexão e que mexe com todos nós, e embora por traz exista o fator comercial, já que é uma das datas que mais dinheiro circula, tem como motivação maior o sentimento de amor a se expandir. Natal é renascimento, pois emana das pessoas cristãs novamente a sensação de alegria, irmandade, compaixão. 

Foto preta e branco de um homem vestindo uma toca de natal brincando com sua filha e seu filho.

Muitos nesta época que estão em desavença acabam se procurando e se acertando, pois passam a sentir um sentimento fraterno que os impele a tornar seus corações menos endurecidos.

Acima de tudo, Natal é data comemorativa de aniversário.
Sendo assim, como é costume nosso, devemos empreender o melhor para o aniversariante, promovendo a melhor festa e os melhores presentes. Mas notemos que, para esse Aniversariante Especial, temos que procurar entender o que realmente vai lhe agradar. Então vemos que Ele valorizará que na festa a Ele dedicada exista simplicidade de sentimentos, assim como foi Sua vida pautada quanto esteve aqui conosco!

Também o Aniversariante dará suma importância ao presente que vamos lhe ofertar, e certamente o que mais lhe agradará é ver que estamos em harmonia, nos amando e amando o próximo. Sem essa qualidade na comemoração não haveremos de promover a alegria Dele, pois questões materiais para o Aniversariante não tem valor algum, e sim pesa mesmo a expansão do amor universal.

O Aniversariante que sabemos chamar-se Jesus deseja que consigamos ser melhores a cada dia. 

Que possamos neste Natal agradecer a Deus por nos ter enviado Jesus para ser nosso norte na trajetória.


Você também pode gostar de outros artigos do autor: Vida além da Vida – Candidatos e Jesus

Sobre o autor

Nilton C. Moreira

Nilton C. Moreira

Policial Civil, natural de Pelotas, nascido em 20 de maio de 1952, com formação em Eletrônica, residente em Redentora (RS), religião Espírita, casado.
Email: [email protected]
Facebook: /Nilton-C-Moreira