Autoconhecimento Comportamento

Estrada Iluminada Detesta cachorro e/ou criança

Garoto segurando filho de cachorro com gravata
Nilton C. Moreira
Escrito por Nilton C. Moreira
Grande parte da minha vida, em razão da profissão exercida, estive em contato direto com a violência, com pessoas de má índole, capazes de praticar crimes que nem gosto de mencionar para não atrairmos o baixo padrão vibratório.

[Ad]

Mas um dos perfis que notei é que existem pessoas que não gostam de cachorro, e algumas, detestam. Também notei que muitos não gostam de criança e nunca admitiram a possibilidade de ter filhos.

Em razão de crença, sabemos perfeitamente o motivo pelo qual esse comportamento existe, estando atrelado a vivências passadas, muito embora a maioria das pessoas não acredite nisso.

Bebê de bruços sorrindo

Mas algo ficou bem caracterizado, pelo menos no meu entendimento. Pessoas que não gostam ou detestam cachorro e/ou criança, não são dignas de confiança, e dia mais, dia menos, vão apresentar comportamento instável e mostrar um caráter falso que pode ensejar algo até grave. São pessoas que ainda não se encontraram no mundo e buscam um espaço para cumprirem metas que nem sabem quais são.

Pode acontecer que tenham esse perfil de aversão que mencionei temporariamente, pois já vimos pessoas que não gostam de cães virem, depois de algum tempo, até adotarem um. Isso quer dizer que houve uma mudança no modo de pensar e de encarar a Criação Divina, já que os animais, e no caso específico o cachorro, é o mais evoluído companheiro nosso no Planeta.

Mulher agachada com cachorro

Muitas vezes estas pessoas que não gostam de cachorro e/ou de criança, tentam maquiar sua conduta perante certas situações. Tratam bem o bicho perto de seus donos, mas por traz está contida a aversão, e como pensamento é energia, a emanação negativa acaba atingindo o animalzinho, e ele pode ficar debilitado, inexplicavelmente aos olhos de seu dono.

Da mesma forma com crianças. Quem não gosta delas, mesmo que não transpareça, emite pensamento negativo e isso acaba influindo na condição física, ocasionando febre ou mal estar inexplicáveis.

Notemos que existem pessoas que possuem filhos e aparentemente dedicam carinho, mas muitas vezes não expandem um amor verdadeiro.

Homem deitado com bebê em seu peito

Certo é que a pessoa que possui qualquer animal e o trata bem, e mais especificamente cachorro, que é um dos animais mais evoluídos no Planeta, tenha certeza de que podemos confiar na sua bondade, meiguice e dedicação. Pode até dizer que não quer filhos, por questões como mencionei relacionadas à vidas passadas, mas é incapaz de emitir energia negativa a elas.

Você também pode gostar de:

Portanto, observe as pessoas que se dizem amigas, queridas ou sinceras, mas se possuem aversão natural por cão ou por criança, certamente em algum momento da vida vão apresentar traição. São dignas de pena, pois infelizmente não conseguiram ainda amar minimamente. Sofrem muito e não acham solução para seus problemas e detestam muitas coisas da natureza, o que lhes causa entrave de realização particular e profissional, além de prejudicar os que se acercam delas. Pensemos nisso. Paz a todos.

Sobre o autor

Nilton C. Moreira

Nilton C. Moreira

Policial Civil, natural de Pelotas, nascido em 20 de maio de 1952, com formação em Eletrônica, residente em Redentora (RS), religião Espírita, casado.
Email: [email protected]
Facebook: /Nilton-C-Moreira