Convivendo

Filmes baseados na obra de José Saramago

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O cinema flerta com a literatura. Já viu quantos livros ganham adaptações cinematográficas? Elas são vistas com desconfiança, afinal, terão a essência da obra original? Esse “campo minado” fica mais perigoso dependendo do escritor. José Saramago é um dos que dá bastante trabalho. A obra do português ganhador do Nobel de Literatura é marcada pela observação e análise das misérias humanas. Felizmente, há cineastas que aceitam o desafio. O Eu Sem Fronteiras preparou esta lista de filmes baseados nos livros de José Saramago. Será que você já viu todos?

Ensaio sobre a cegueira

https://www.youtube.com/watch?v=J6oW64PrmUM

Talvez a adaptação mais conhecida. O livro lançado em 1998 conta a história de um motorista que fica cego enquanto dirige, após ver uma “luz branca”. O homem é ajudado por um desconhecido, mas tem o carro roubado por ele.

Um dia após o estranho fato, o homem e sua esposa vão ao oftalmologista que nada descobre. Rapidamente, o homem, sua esposa, o desconhecido, o médico e todos na cidade perdem a visão, exceto a mulher do médico. Os cegos vão para um local afastado onde lidam não apenas com a cegueira, mas também com os desafios da coexistência que os levam a atitudes nada nobres em prol da sobrevivência.

A adaptação cinematográfica de Ensaio sobre a cegueira foi lançada em 2008 e a direção é do brasileiro Fernando Meirelles.

A maior flor do mundo

Saramago afirmava que as histórias infantis deveriam ser simples. O aclamado escritor ainda dizia “se soubesse contá-las seria a mais linda de todas desde os contos de fadas”. O livro lançado em 2001 conta a história de um menino que cultivou a maior flor do mundo. A narrativa mostra como o menino conseguiu fazer a flor dar sombra igual ao imponente carvalho, mas como um esboço das pretensões do autor de escrever a mais linda história infantil.

A adaptação cinematográfica de A maior flor do mundo foi feita através de um curta-metragem lançado em 2008. A direção é do uruguaio Juan Pablo Etcheverry.

Embargo

O conto traz a saga de Nuno, um balconista que desenvolve uma máquina digitalizadora de pés. O rapaz acredita que seu invento o livrará de seu ostracismo pessoal. Entretanto, um fato curioso acontece: Nuno fica preso dentro do seu carro e perde uma chance incrível de vender sua ideia.

A adaptação cinematográfica de Embargo foi lançada em 2011. A direção é do português Antonio Marcos Ferreira.

A jangada de pedra

A obra de 1986 relata a separação da Península Ibérica da Europa e a transformação em ilha após uma cratera nos Pirineus. Ela mostra o isolamento que Portugal e Espanha ficam em relação ao continente. O incidente geográfico ocorre após acontecimentos sobrenaturais vividos pelos quatro protagonistas que veem suas vidas entrelaçadas e partem em busca de algo que salve suas almas. Curiosidade sobre o livro é que ele não perdeu as expressões típicas de Portugal nas traduções para os países de língua portuguesa, a pedido de Saramago.

A adaptação cinematográfica de A jangada de pedra foi lançada em 2008. A direção é do francês George Sluizer.

O Homem Duplicado

Publicado em 2002, O Homem Duplicado é a história de Tertuliano Máximo Afonso. O pacato professor de história mostra-se depressivo após o divórcio e aluga um filme para espairecer por sugestão de um colega de trabalho. O protagonista vê sua vida mudar após descobrir um sósia entre os figurantes do filme e Tertuliano começa uma saga para descobrir o sósia. Será realmente um sósia ou o personagem sofre de múltipla personalidade?

A adaptação cinematográfica de O Homem Duplicado foi lançada em 2014. O nome do protagonista foi alterado para Adam Bell. A direção é do canadense Denis Villeneuve.

Bônus: O evangelho segundo Jesus Cristo

O livro publicado em 2001 mostra Cristo questionando Deus e o cristianismo, causando a repulsa de católicos e evangélicos. O responsável pela adaptação cinematográfica é o cineasta português Miguel Gonçalves Mendes, o mesmo do documentário José e Pilar. Segundo notícia do site da emissora portuguesa TVI, o filme estreou no país em 2015, mas ainda não foi lançado no Brasil.

Você que adora cinema não pode deixar de ler essa outra lista de filmes que farão você refletir.


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]