Autoconhecimento Energia em Equilíbrio

5 filmes que farão você refletir

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Assistir filmes com os amigos, a família ou até sozinho é sempre bom, não é mesmo? Ainda mais quando esses filmes trazem mensagens importantes para nossa vida.

Abaixo, segue uma lista de 5 filmes incríveis que me fizeram ter uma outra visão sobre a vida e as pessoas a meu redor. Espero que goste:

1 – À procura da felicidade (The Pursuit of Hapiness, 2006)

filme-a-procura-da-felicidade

Parece que a vida real é realmente uma boa fonte de inspiração para filmes. “À Procura da Felicidade” dá um exemplo de superação baseado na história de Chris Gardner (Will Smith), um pai de família com condições paupérrimas que faz de tudo para superar as dificuldades e dar uma vida melhor ao filho. A essência da história nos ensina que devemos lutar com todas as forças para conseguirmos viver dias melhores.

2 – À Espera de um Milagre (The Green Mile, 1999)

The-Green-Mile

Paul Edgecomb (Tom Hanks) é o chefe da guarda numa prisão que tem John Coffey (Michael Clarke Duncan) como um de seus prisioneiros. Com o passar do tempo, ambos desenvolvem uma relação de amizade e gratidão, baseada na descoberta de que o prisioneiro tem um dom sobrenatural misterioso e milagroso ao mesmo tempo.

Baseado na obra de Stephen King, “À Espera de um Milagre” lida com temas delicados e ao mesmo tempo polêmicos, como injustiça, empatia, preconceito, bondade e sacrifício pelo próximo. O fator mais importante no filme é a possibilidade de pessoas inocentes serem presas, em vez de verdadeiros criminosos.

3 – Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças (Eternal Sunshine of the Spotless Mind, 2004)

eternal-sunshine-of-the-spotless-mind

O que você faria se pudesse apagar as memórias indesejadas, tais como decepções amorosas, morte de entes e amigos queridos etc.? Esse questionamento de “Brilho Eterno de Uma Mente sem Lembranças” é tratado durante todo o filme. Além de ser um tanto raro, temos Jim Carrey num papel sério. O filme vai além do valor das lembranças, mas coloca em questão o valor das experiências em nossa vida — sejam elas boas ou ruins — e o quanto formam nosso caráter.

4 – Comer, Rezar e amar (Eat Pray Love, 2010)

Data da foto: 2009 Julia Roberts no filme "Comer, Rezar e Amar", de Ryan Murphy.

Elizabeth (Julia Roberts) vive tendo problemas em seus relacionamentos. Um dia, larga tudo — marido, trabalho, amigos — decidida a viver novas experiências em lugares diferentes por um ano. E parte para Índia, Itália e Bali para se reencontrar como ser humano numa grande viagem de autoconhecimento. O filme retrata a importância de sempre mantermos nossa essência e nunca deixarmos de sermos nós mesmos — mesmo diante de uma vida muitas vezes turbulenta e atarefada.

5 – Pequena Miss Sunshine (Little Miss Sunshine, 2006)

LMS-little-miss-sunshine-6646413-1400-933-830x400

“Pequena Miss Sunshine” mostra as relações de uma família disfuncional: um avô desapegado de qualquer modo ou bom costume, um tio gay e suicida, um pai workaholic (viciado em trabalho), uma mãe neurótica e um irmão propositalmente mudo. Esses são os parentes mais próximos de Olive, uma menina cheia de vida e alegre que tenta se enquadrar nos parâmetros sociais durante todo o filme. A obra venceu diversos prêmios e foi bastante elogiada pela crítica, surpreendida por ter diretor e roteirista fazendo seus primeiros trabalhos no cinema.

Muitas vezes os filmes, as obras literárias, as séries e os documentários nos instigam a pensar e a viver de maneira diferente. E esses cinco filmes com certeza trarão mensagens inesquecíveis para você.

Então, pegue a pipoca e acomode-se porque o show vai começar!


Texto escrito por  Bruno da Silva Melo da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]