Nutrição Saúde Integral

Gastronomia molecular e sua contribuição para uma alimentação saudável

Gastronomia Molecular
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A gastronomia molecular é um campo de estudos científicos dentro da culinária. Pode parecer estranho, à primeira vista, misturar duas áreas tão distintas, mas no fundo ciência e cozinha sempre andaram de mãos dadas.

Segundo Ferran Adriá, uma figura importante no assunto, o simples cozimento pode causar uma transformação química e física em um alimento.

O que mais surpreende nessa história é que a gastronomia molecular surgiu graças a dois pesquisadores, o físico Nicholas Kurti e o químico Hervé This. O objetivo desses dois era entender os preceitos científicos em torno das sensações trazidas ao corpo humano pelos alimentos.

A partir disso, surge a “cozinha molecular”, que foi quando chefs de cozinha aderiram ao estudo e começaram a experimentar receitas inusitadas, criando experimentos com alimentos que fariam você lembrar da fábrica do Willy Wonka.

Os pratos devem misturar gostos como doce, salgado, azedo, amargo e umami e ainda precisam ser inovadores a ponto de “explodirem” na boca das pessoas.

Exemplos disso são os pratos que foram desenvolvidos e servidos no restaurante elBulli, cujo dono era o catalão Ferran Adriá.

O elBulli, que funcionou até 2011 e fechou para transformar-se em uma Fundação, tinha no menu pratos como: “papel de flores”, “espuma defumada”, croquete líquido”, “ossos de raspas de chá gelado com menta açucarada”, entre outros.

Graças a isso, também foi possível uma evolução nas comidas de astronautas, afinal a inovação pôde trazer o cultivo de alimentos na estação espacial, como a alface, por exemplo.

Por fim, a inovação da produção de alimentos também pode servir como uma solução tecnológica para diversas questões que surgirão quando a população mundial ultrapassar 8 bilhões de pessoas.

Esse número, que está previsto para ser alcançado em 2030, trará um desafio para levar alimentos para grande parte da população que vive abaixo da linha da pobreza. Talvez a comida em pó ou em cápsulas possa ser a primeira solução para a questão levantada.

Nós também separamos algumas das receitas bem simples para preparar alimentos em pó, assim você poderá testar e experimentar essa inovação em sua própria casa. Confira:

Azeite em pó

Pote de azeite em pó

Ingredientes:

25g de maltodextrina

80g de azeite de oliva

Modo de preparo:

Coloque a maltodextrina no processador e adicione o azeite. Ligue e deixe bater por um minuto.

Pó de chocolate branco

Barra de chocolate branco

Ingredientes:

80g de maltodextrina

120g de chocolate branco derretido

Modo de preparo:

Coloque a maltodextrina no processador e adicione o chocolate branco derretido, deixe bater por um minuto.

Creme de avelã em pó

Creme de avelã em torrada

Ingredientes:

80g de maltodextrina

120g de creme de avelã

Modo de preparo:

Coloque a maltodextrina no processador e adicione o creme de avelã, deixe bater por um minuto.

Será esse o futuro da nossa alimentação? Quantas inovações podem surgir a partir do mesmo prato? Comente para nós o que você pensa sobre o assunto.


Você também pode gostar de outros artigos desse autor. Acesse: Alimentação – Dieta de Alta Vibração

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]