Energia em Equilíbrio Feng Shui

O minimalismo como estilo de vida

No final de setembro deste ano, participei do Congresso Anual de Personal Organizers e tive a oportunidade de assistir a uma palestra do Joshua Becker* sobre minimalismo.

Percebi que o minimalismo não é apenas um estilo de decoração, mas também uma filosofia de vida. E que, de certa forma, vai muito em linha com os princípios da organização.

No processo de organização, uma das etapas mais importantes é a do descarte, momento em que fazemos uma reflexão sobre o destino dos nossos pertences.

Na filosofia de vida minimalista, a proposta é manter apenas aquilo que é essencial para as nossas vidas e se desfazer de tudo o que não nos serve. Assim, tornamos a nossa casa um local mais agradável de se viver.

Segundo Joshua, o primeiro passo para nos tornarmos minimalistas é o nosso processo de convencer a nós mesmos de que queremos uma vida simples.

Essa filosofia de vida traz alguns benefícios interessantes que compartilho com você:

1 – Gastamos menos 

Homem contando dinheiro
Karolina Grabowska / Pexels

Conforme vivemos uma vida mais simples, gastamos menos: menos tempo, menos energia, menos dinheiro…

2 – Liberdade financeira 

Quando se vive de forma minimalista, adquirimos liberdade financeira, justamente porque gastamos menos…

Confesso que, para mim, esse benefício foi uma quebra de paradigma, porque na minha cabeça era justamente ao contrário: quanto mais ganho financeiro eu possuo, mais liberdade adquiro. Entretanto quanto mais eu tenho, mais eu consumo e mais eu preciso. Dessa maneira, mantém-se o ciclo, ou seja, nunca fico satisfeita com o que ganho.

3 – Menos estresse 

Quanto menos se tem, menos poluição visual ou caos há em nossa casa e, consequentemente, ficamos menos estressados.

Além disso, fica mais fácil limpar e cuidar da casa.

Você também pode gostar:

4 – Liberdade 

Mulher olhando para o mar da praia
Dominika Roseclay / Pexels

Conseguimos ter mais liberdade porque, em vez de perder tempo cuidando dos nossos pertences, temos mais tempo livre para fazer as coisas que realmente gostamos ou conseguimos ficar mais tempo com quem amamos.

Tem até uma frase interessante: “The more stuff you own, the more your stuff owns you” (“Quanto mais coisas você possui, mais as suas coisas te consomem”), ótimo ponto de alerta!

5 – Bom para o meio ambiente 

Com o estilo de vida minimalista, consumimos menos, o que acaba sendo bom para o meio ambiente, pois geramos menos poluição ou incentivamos menos “destruição”.

6 – Ser mais produtivo 

Nos tornamos mais produtivos, pois precisamos de menos tempo para cuidar dos nossos pertences. Dessa forma, administramos melhor o tempo para realizar aquilo que realmente nos importa nessa vida, a exemplo de passar mais tempo com os nossos filhos.

7 – Tornar-se exemplo para os filhos 

Com essa filosofia, ensinamos na prática aos nossos filhos que o maior valor está em ser, não em ter.

8 – Adquirir itens com melhor qualidade 

Pessoa segurando cartão ao lado de um notebook aberto
Negative Space / Pexels

Consumindo menos, podemos escolher melhor o que comprar e temos a oportunidade de adquirir itens de melhor qualidade. Afinal, não precisamos ter cinco relógios, basta um, não é mesmo?

9 – Poder financiar outras causas

Temos a oportunidade de investir o nosso dinheiro em outras causas e ajudar pessoas com menos recursos do que nós.

10 – Menos trabalho para alguém 

Quando desencarnarmos, certamente daremos menos trabalho para quem ficar, pois não será preciso perder tanto tempo cuidando dos pertences que deixamos para trás.

Independentemente de qualquer filosofia, a minha intenção com este texto foi mostrar que é possível mudar hábitos bem arraigados, assim como refletir sobre as nossas vidas e o caminho que queremos trilhar.

*Criador do blog https://www.becomingminimalist.com, é autor de diversos livros sobre o tema.

Sobre o autor

Karis Brito

Karis Brito, Consultora da Saúde da Casa e autora do livro Numerologia dos Interiores e os Cinco Elementos do Feng Shui.

******

Minha formação profissional:

Designer de interiores – formada em design de interiores pela Escola Panamericana de Arte (SP).
Paisagista – formada em paisagismo pela EBAC Escola Britânica de Artes Criativas e Tecnologia (SP).
Consultora de imagem pessoal – formada em consultoria de imagem pela Escola Panamericana de Arte. Formação dada por Lilian Riskalla, uma das pioneiras e mais conceituadas consultoras de imagem pessoal e corporativa do Brasil.
Consultora de Feng Shui – formação dada por Silvana Occhialini, uma das mais conceituadas consultoras de Feng Shui do Brasil.
Estudiosa de numerologia e criadora do conceito numerologia dos interiores/ da casa.
Personal organizer – formada pela IAP Carrer College (instituição americana).
Ex-executiva da área de marketing.

Email: contato@kazakaris.com.br
Site: kazakaris.com.br
kazakaris.wordpress.com
Facebook: kazakaris
Instagram: @kaza.karis
Instagram: @KazaCare