Vídeos

Palestras TED que te ajudam a guardar dinheiro

Pretty, young business woman giving a presentation in a conference/meeting setting (shallow DOF; color toned image)
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Para guardar dinheiro, é necessário muito mais que força de vontade. Bem mais que saber mexer com números ou ter uma carteira de investimentos, o sucesso nas finanças depende também da visão que temos sobre o dinheiro. As palestras TED são aulas de verdade dadas por organizações sem fins lucrativos que ajudam os indivíduos a refletirem sobre tal tema.

Em pouco tempo, verdadeiros especialistas sobre psicologia financeira e economia comportamental falam sobre o dinheiro sob um olhar que você provavelmente ainda não conhece. Segundo eles, desde o momento em que se começa a guardar dinheiro até o momento em que se decide gastá-lo, tudo pode ser explicado por meio de nossa mente.

Todos os vídeos são legendados em nosso idioma.

A influência do idioma

Keith Chen, um economista chinês criado nos EUA, é um grande conhecedor do quesito finanças na área comportamental. Desde pequeno, sempre conviveu com ambas as culturas e foi aí que percebeu que a diferença entre os idiomas ajudava a moldar a forma de se expressar sobre determinados assuntos. Keith então percebeu que essas diferenças influenciariam os hábitos financeiros.

Por isso, essa palestra no TED se baseia em seu estudo. Nela, Chen constatou que indivíduos que não costumam fazer uso do tempo verbal no futuro têm mais de 30% de chances de poupar.

https://www.youtube.com/watch?v=lw3YTbubyjI%20

Poupe hoje para amanhã

Já o economista Shlomo Benartz apresenta em sua palestra TED algumas indagações a fim de buscar respostas para questões, digamos, inusitadas. Isso porque o campo de pesquisa de Benartz aborda psicologia e economia e tem como objetivo principal entender a maneira que gerenciamos os riscos e o nosso dinheiro.

Utilizando exemplos bem curiosos e metáforas, o economista explica em sua apresentação que guardar dinheiro é simples. Mas o essencial é poupar hoje visando o amanhã.

O presente e o futuro

Já Daniel Goldstein, especialista em economia comportamental, explica que guardar dinheiro é uma batalha constante entre o presente, que quer gastá-lo, e o futuro, que quer poupar. Por isso, segundo ele, é essencial manter o equilíbrio entre o dia de hoje e o de amanhã.

Por isso, se a finalidade é poupar, deve-se definir um valor que poderá ser gasto, por exemplo, na próxima saída com os amigos. No entanto, há um grande problema na utilização dessa técnica, já que é bem fácil burlá-la.

Com o objetivo de resolver esse problema, o especialista, juntamente com sua equipe, desenvolveu alguns softwares de realidade virtual. A intenção é que o usuário possa visualizar como serão suas finanças no futuro e, dessa maneira, seja capaz de modificar todo o comportamento financeiro do momento presente.

Quem disse que dinheiro não compra felicidade?

É com esse pensamento que Michael Norton faz a sua apresentação na palestra TED. Segundo ele, o dinheiro só não é capaz de nos trazer felicidade no momento em que nos tornamos egoístas com ele.

Ele defende a premissa de que, se doássemos mais ou se gastássemos mais dinheiro em prol dos outros, seríamos mais felizes. A fim de comprovar essa ideia, Norton estudou a fundo dois grupos de universitários. Os resultados mostraram que não importa a quantia de dinheiro que se gaste, você realmente será mais feliz se outras pessoas se beneficiarem dele.


  • Escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]