Convivendo

10 costumes de outros países que podemos adotar

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Quando viajamos para outros países, uma das coisas que mais despertam nossa curiosidade são os costumes da cultura local. Abaixo seguem 10 hábitos de outros países que seriam interessantes para adotarmos no nosso dia a dia:

1. Na Alemanha, separar o lixo é uma tarefa imprescindível

Para que você possa adquirir esse hábito, procure locais específicos para o recolhimento do lixo e faça a separação na sua própria casa.

2. Na Espanha, as empresas fecham as portas para um cochilo após o almoço

Por aqui, nem todos tem esse privilégio, mas, se você puder tire aquele cochilo depois do almoço, além de reduzir o estresse, ele melhora a criatividade e concentração.

3. Na Alemanha, é comum dar presente de boas-vindas para o novo vizinho

Nada mau chegar a um novo local com o pé direito e ser bem-recebido pela vizinhança, não é?

4. Nos EUA, a gorjeta representa respeito

Algumas pessoas têm o costume de dar a caixinha para o garçom no final do expediente, demonstrando satisfação ao serviço oferecido. Podia ser uma tradição, né?

5. Na Hungria, a bicicleta é muito utilizada como principal meio de transporte

Assim como em outros países da Europa, a bicicleta é vista diariamente pelas ruas como meio de transporte oficial. Aqui no Brasil, a prática está sendo incentivada agora, mas, além de contribuir com a saúde do planeta, proporciona qualidade de vida para os ciclistas.

6. Na França, o anfitrião precisa ser o primeiro a comer e só assim os convidados poderão se servir

Justo, não é? O dono da casa é quem deve dar o aval para que as outras pessoas iniciem a refeição.

7. Na Itália, os cartões de agradecimento são super comuns

Depois de participar de uma festa, um jantar ou qualquer comemoração, na Itália as pessoas enviam um cartão como forma de agradecimento. Uma maneira elegante de retribuir a hospitalidade. Que tal aderir?

8. Na Inglaterra, ser pontual é ser elegante

Para os britânicos, os atrasos significam falta de elegância e comprometimento. Se tem uma coisa que brasileiro faz bem é se atrasar, mesmo estando sempre com pressa. E, de fato, esperar alguém é algo terrível.

9. No Japão, os sapatos devem ser deixados ao lado da porta

Além de eliminar as energias ruins que vêm da rua, essa prática reduz mais de 80% da sujeira e bactéria acumulada no chão. Um costume simples e fácil de ser praticado na sua casa.

10. No Japão, praticar exercícios antes do trabalho faz parte do cotidiano

Trabalhadores e estudantes, antes de iniciarem suas tarefas diárias, praticam uma ginástica matinal. No Brasil, algumas empresas já aderiram à técnica de alongamentos que, além de “despertar” o corpo, melhora a qualidade de vida.


Texto escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]