Saúde Integral

4 Coisas que podem acontecer se você segurar o xixi por muito tempo

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

As possibilidades variam de embaraçosas até problemas de saúde.

Existe um fenômeno que está assombrando as mulheres ocupadas em todos os lugares: a procrastinação do xixi. Você sabe, aquele momento que você precisa — mas então… Você não faz.

Seja porque sua vida é corrida demais ou simplesmente porque você está com preguiça, ignorar a sua bexiga como se fosse um cara irritante do Tinder, pode ter sérios impactos na sua saúde. “Você deveria urinar de quatro a seis horas”, diz Lauren Streicher, MD, obstetra-ginecologista e professora de obstetrícia e ginecologia da Northwestern University’s the Feinberg School of Medicine. “Se você está sempre segurando o seu xixi por muito tempo, haverá consequências.”

Então, do que nós estamos falando aqui? Bexigas explodindo? Maiores riscos de câncer? Uma área próspera para UTIs? Não exatamente, diz Streicher. Mas aqui está o que pode acontecer se você urinar — ou nesse caso, não urinar — quando sentir vontade de fazer xixi:

1. Um embaraçoso acidente

Sim, é verdade: Fazer xixi nas calças é uma possibilidade real porque a grande técnica de cruzar as pernas não vai funcionar por muito tempo. “Quanto mais sua bexiga fica cheia, há uma grande chance de você não conseguir chegar no banheiro a tempo”, Dra. Streicher diz. Imagine que a sua bexiga é como um balão de água se enchendo — quanto mais você adiar sua ida ao banheiro, maior e mais pesado ele ficará. E os músculos que se contraem para manter sua bexiga fechada podem aguentar apenas um determinado período de tempo antes de começar a vazar.

Então da próxima vez que o banheiro estiver a 11 passos de distância, pense nisso: Você realmente quer ser a mulher adulta que fez xixi nas calças porque não percebeu que estava se privando mais do que conseguia? Isso pode não ser uma condição médica assustadora, mas ainda assim é assustador.

2. Seu assoalho pélvico pode enfraquecer

Quando você força a sua bexiga a carregar uma bola de boliche cheia de xixi por horas, os músculos do seu assoalho pélvico passam a perder força. “Os músculos do assoalho pélvico se contraem de forma coordenada para ajudá-lo a liberar ou segurar o xixi”, Streicher diz. “Mas se você está constantemente segurando sua urina, você pode acabar com alguma disfunção real nos seus músculos do assoalho pélvico.” Ao longo do tempo, isso pode te levar a perder o controle das funções da sua bexiga.

Mas não se assuste se você estiver louca para ir ao banheiro e de repente sua chefe te chamar para um feedback do último mês ou se você estiver na estrada e parece que vai levar uma eternidade até achar na próxima parada. “Existe uma grande diferença entre alguém que segura o xixi uma vez e alguém que faz isso o tempo todo”, Dra. Streicher diz. “Fazer isso de vez em quando não vai causar grandes problemas.”

3. Dor de longa duração

Sabe aquela sensação de quando você estava segurando por horas e finalmente urina? Doce alívio — ou talvez não. Se você segurar por muito tempo, pode continuar doendo. “Uma vez que os sinais de dor se encontram no abdômen inferior, a dor pode simplesmente não desaparecer. Seus músculos estão apertando, quase como um espasmo, então eles não conseguem mais relaxar. Eu vejo várias pessoas que aparecem com dor abdominal pensando que há algo muito errado e um dos meus pensamentos é se essa pessoa tem hábitos saudáveis sobre ir ao banheiro”, Dr Streicher diz. “E muitas vezes, elas não têm. Bom, isso causa dor e pode durar por um tempo.”

4. Sua bexiga pode se esticar

Como mencionado anteriormente, sua bexiga (graças a Deus) não vai explodir, mas certamente se esticará ao limite. Um dos efeitos disso? Seu corpo pode parar de mandar sua bexiga se esvaziar e essas mensagens do seu cérebro para a sua bexiga são extremamente importantes (por questões óbvias).

Mas espere — antes que você comece a ir no banheiro toda hora, saiba que você não precisa urinar no minuto que sentir vontade de ir. “Uma boa medida é ir ao banheiro quando começar a se sentir incomodada. Segurar a partir desse ponto já é segurar demais”, afirma a Dra. Streicher. Pense na sua bexiga como um cara bacana do Tinder, não é legal ignorá-lo por muito tempo.


Texto escrito por Amanda Magliaro da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]