Autoconhecimento Convivendo

A importância da liberdade de pensamento

Homem apoia a cabeça sobre a mão. De sua cabeça, saem pássaros.
johndwilliams / 123RF
Escrito por Luis Lemos

No dia 14 de julho comemora-se o “Dia da Liberdade de Pensamento”. Mas você já parou para pensar em qual a importância dessa data em sua vida?

Quando se fala em liberdade de pensamento, quem ou o quê vem à sua mente? De quem você se lembra?

De minha parte, lembro-me de Sócrates, Jesus Cristo, Martin Luther King Jr., Nelson Mandela…

Para se ter uma ideia da importância dessa data, pergunte a uma pessoa que já sofreu ou que sofre algum tipo de censura.

Certamente essa pessoa vai responder que a liberdade de pensamento é essencial, é a própria vida da pessoa.

Provavelmente essa pessoa vai responder que a liberdade de pensamento é fundamental na sociedade democrática.

Sem liberdade de pensamento não existe democracia e sem democracia não há liberdade de pensamento!

Por isso não podemos tolerar qualquer tipo de censura, qualquer tentativa de proibir a livre expressão do pensamento, seja de quem for, principalmente dos nossos governantes.

Mulher em balanço observa o horizonte.
Pixabay / Pexels

Todos nós somos livres para pensar, escrever e falar o que quisermos, desde que não seja para denegrir ou ferir a dignidade da pessoa humana.

Outrossim, essa data existe para lembrar que, sem liberdade de pensamento, o ser humano não passa de um objeto.

Enquanto objeto, o ser humano perde a capacidade de ser o que ele quiser ser.

Outra razão é que ser livre é sumamente agradável não só aos filósofos, mas igualmente aos demais seres humanos.

Por ser natural no ser humano, a liberdade de pensamento exige que sejamos tolerantes com as opiniões dos outros.

Tolerância a opiniões adversas é o caminho certo para a liberdade de pensamento, para o diálogo sincero e fraterno entre todos.

Quando somos livres para expressar o que sentimos, brotam os mais belos frutos do coração humano: o amor e a verdade.

Você também pode gostar

Não existe nada de mais importante neste mundo do que poder expressar o que se sente, o que se deseja, o que se busca…

Evidentemente, cada um desses valores, da liberdade de pensamento, do amor e da verdade, diferirão entre si por possuírem objetivos diferentes.

Quanto, pois, à importância da liberdade de pensamento, basta o que dissemos acima e viva a liberdade de pensamento!

Sobre o autor

Luis Lemos

Filósofo, professor universitário e escritor, autor dos livros: O primeiro olhar – A filosofia em contos amazônicos (2010); O segundo olhar – A filosofia em temas amazônicos (2012); O terceiro olhar – A filosofia em lendas amazônicas (2014); O homem religioso - A jornada do ser humano em busca de Deus (2016); Jesus e Ajuricaba na terra das Amazonas - Histórias do universo amazônico (2019).

Email: luisc.lemos@hotmail.com
Instagram: @professorluislemos
Facebook: professorluislemos
Twitter: @luisclsilva
Youtube: Luis Lemos