Autoconhecimento

A luz interior

Mulher sentada em um gramado sorrindo segurando uma vela
Matheus Bertelli/Pexels
Vander Luiz Rocha
Escrito por Vander Luiz Rocha

Na atualidade, a título de modernismo, nos dedicamos ao externo, ao modismo, às incorreções, alardeadas por todos os lados, como sendo natural. Somos induzidos ao desequilíbrio interior que nos leva à doença do corpo e nos faz nos sentirmos infelizes.

Todos somos suscetíveis de realizar muito na esfera de trabalho em que nos encontramos, mas perdemos a oportunidade de sermos melhores. O imediatismo, a desesperança, a luta do cotidiano nos tolhem a visão de nós mesmos, nos impedindo de acender a nossa luz e expulsar a sombra do desequilíbrio.

Se fizermos a nossa luz interior brilhar, tudo à nossa volta se iluminará: brilhará a alegria, acenderá a candeia da esperança, e o luzir da tocha do acerto mostrará melhores caminhos.

Mulher sorrindo em um campo de girassóis
Gabriela Cheloni/123RF

Não é necessário ser rico para ser dadivoso nem ser pobre para ser pedinte. Não se faz preciso se postar em orações, tampouco tornar-se subserviente, quer para com pessoas, quer para com estereótipos religiosos. Para que a luz interior acenda em nós, basta manifestarmos, de maneira espontânea, nossos dons naturais, sendo nós mesmos; ser você, apenas você, nada mais.

Administre seus dons e torne-se magnânimo, aprendendo com quem sabe e ensinando a quem quer aprender, de forma tal que esse ato seja tarefa natural de cada hora, agigantando assim o acervo comum de sabedoria e amor.

O materialmente rico pode criar meios produtivos que gerem emprego para que, com o trabalho, permita a dignidade de vida a centenas de pessoas; o pobre, por sua vez, pela bênção do trabalho, galgará degraus materiais, possibilitando suprir a si e aos seus.

Dessa forma, rico e pobre crescerão pelo resplandecer íntimo.

O forte, seja no físico, seja no saber, pode mais facilmente ser generoso com o fraco a todo momento, enquanto o débil tem a oportunidade de ser humilde, fazendo-se aprendiz. Assim, forte e fraco se iluminam pela riqueza da boa vontade. Sadio pode alongar-se pela caridade em todas as direções, a todo instante. O doente tem o ensejo das lições da tolerância e da paciência. Em ambos, a luz interior cintilará.

Você também pode gostar

O dócil, pela prática da indulgência, reconduzirá o rebelde; o rebelde se amansará com o afeto do dócil, e ambos fulgurarão.

Os dons são diferentes em cada um de nós, o intelecto matiza-se em muitos níveis, o mérito se mostra em diversos valores. Os dons provêm do nosso individual espírito divino, esse eu que tanto prezamos. É dele que vem a luz que a tudo clareia, nos glorifica, e somos nós quem decidimos se iluminaremos ou se seremos iluminados.

E você? O que decide ser?

Sobre o autor

Vander Luiz Rocha

Vander Luiz Rocha

Vander Luiz Rocha, nascido na cidade de Conselheiro Lafaiete, estado de Minas Gerais, Brasil, em 1939.

Criado dentro dos princípios da tradicional família mineira, teve no catolicismo a sua primeira religião.

Na adolescência, dos 7 aos 14 anos, fez, como interno, o Seminário Menor da Ordem dos Redentoristas, na época em Congonhas do Campo, MG. Naqueles momentos o cenário de vida foi o barroco e o fundo musical o canto gregoriano.

Deixando o seminário, tornou-se não religioso e se dedicou aos estudos e ao trabalho em Belo Horizonte. Inicialmente se formou em contabilidade, e posteriormente graduou-se em administração, com o título de bacharel. A sua vida privada foi alimentada por essas profissões.

Em 1973 mudou com a família, esposa e três filhas para São Paulo, indo residir no ABC Paulista, em São Caetano do Sul, trabalhando em empresas da região, tendo se interessado pelo espiritismo, adotando-o em 1976 como escola de vida.

Após preparar-se em cursos feitos sob supervisão da Federação Espírita de São Paulo, SP, tornou-se servidor, no segmento palestrante, e expositor de cursos em casas de socorro espiritual, e com os socorridos muito aprendeu.

Nos dias atuais continua a se dedicar à filosofia espiritualista, adaptando as palestras para textos escritos.

Possui várias obras editadas e ganhou prêmios literários.

Contatos:
Email: [email protected]
Site: nossosliteratos.blogspot.com
Facebook: vanderluiz.rocha
Instagram: @vanderluizrocha
Instagram: @vanderluizrocha
Youtube:
Vander Luiz Rocha