Autoconhecimento Comportamento

Seja protagonista da sua jornada!

Mulher caminhando em estrada
Malu Brandão Moura
Escrito por Malu Brandão Moura
Muitas vezes construímos paredões, barreiras intransponíveis, que nos aprisionam, descartando um olhar leve, direcionado, transformador, isolando-nos então da nossa própria energia realizadora, centelha divina que habita em cada um de nós e nos impulsiona para um caminho próspero, talvez não exatamente aquele idealizado, mas para além do necessário, o construído, uma espécie de junção entre o que queremos e o que somos capazes, naquele determinado momento, de conquistar.

Por que isso acontece?

Após já termos abordado um pouco sobre o poder da nossa mente, ou seja, como nosso cérebro processa tudo aquilo que pensamos (vide post anterior sobre o SAR), gostaria de trazer uma reflexão mais intensa e mostrar que nossa vida é responsabilidade nossa e temos o dever de fazer o melhor que pudermos todos os dias!

“Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela corre por nossa conta.” (Chico Xavier)

Placa de direção em estrada

O objetivo não é abordar religião, mas sim mostrar que precisamos perceber que nós decidimos os caminhos que iremos seguir, decidimos também se iremos enxergar todas as oportunidades que a vida nos oferta ou reclamar da situação atual: namoro, trabalho, contas a pagar, peso corporal, dentre diversas outras formas que encontramos para nos autossabotar… Sim, a verdade é que criamos desculpas para reclamar em vez de olhar para o que realmente importa, na maioria das vezes por medo do fracasso…

Fracasso é não tentar uma solução, fracasso é aceitar viver triste, desmotivado, sem energia, sem propósito de vida!

Homem de costas sentado em pedras

Cada um de nós precisa ter um propósito, ele deve ser nosso direcionamento, tudo que fizermos precisa ter vínculo com ele e é assim que a vida passa a ter um sentido especial, assim passaremos a enxergar o quanto o Universo conspira a nosso favor e o quanto podemos ser fortes e resilientes! Não permita que a sua vida passe despercebidamente!

Já dizia o mestre Jesus: “Vós sois deuses” (Salmo 82-6); somos donos do nosso próprio destino! Então “levanta a cabeça, sacode a poeira e dê a volta por cima”! Só depende de você!

Você também pode gostar de:

Não dê mais desculpas, não continue como coadjuvante da sua própria jornada!

Seja protagonista!

Reflita: O que eu posso fazer hoje para mudar esse padrão?

A hora é agora!

Sobre o autor

Malu Brandão Moura

Malu Brandão Moura

Administradora (UFBA) e contadora (Uneb) como formação, sempre atuei na área financeira/controladoria (desde 2006), perpassando por empresas de portes diversos, em sua maioria multinacionais, atingindo então o atual cargo como gestora. Durante todo esse tempo, como espírita praticante, palestrante e estudiosa das questões imateriais, apaixonei-me pelo universo espiritualista e busquei o autoconhecimento como aprimoramento pessoal e ferramenta para melhorar minhas relações interpessoais, exercendo a empatia e, consequentemente, a vontade de ajudar o próximo a desvendar seus processos existenciais. Debrucei-me, então, na transpessoalidade desde a vertente holística até a prática terapêutica, buscando compartilhar ferramentas aprendidas na formação em terapia transpessoal sistêmica (Núcleo Jordan Campos/Unibahia) e, assim, desbravar o universo transpessoal do indivíduo. Hoje, especialista em constelações familiares, sistêmicas e organizacionais e habilitada para atuar com terapia regressiva, energética (reikiana nível III nas linhas usui e tibetano), floralterapia e iridologia comportamental e clínica, busco o desenvolvimento como profissional, objetivando transformar a vida de outras pessoas, direcionando-a a uma existência mais leve e feliz.

Contatos

Email: [email protected]
Instagram: @terapeutaemacao