Energia em Equilíbrio Yoga

A preparação para praticar Yoga

Pedro Kupfer
Escrito por Pedro Kupfer
Para aproveitar as práticas do Yoga é preciso ter preparado um alicerce bem estruturado, porém, muitas pessoas não constroem essas bases, acreditando que já fizeram grandes avanços na prática, quando, na verdade, sequer conseguiram se preparar para começar.

Angela-asana-praia-3-2

“Atingir a iluminação só é possível a partir da purificação total do corpo e da mente.”

Sem as preparações necessárias, como ética, purificação do corpo e do pensamento, alimentação correta, exercícios adequados, não existem meios para haver progresso no sádhana, ou seja, na prática espiritual e diária do Yoga. Entenda que sobre este alicerce é que serão erguidas as paredes do conhecimento, levando ao entendimento da separação entre eterno e o perecedouro, o desapego dos frutos das ações e o desejo de libertação.

Assim, como na construção de uma casa, após o alicerce e o levante das paredes, o próximo passo é a colocação de um telhado. Na prática isto significa o controle dos órgãos sensoriais e motores, cessação das ações desnecessárias, paciência, concentração e fé.

Pedro Kupfer janusirshasana

“Atingir a iluminação só é possível a partir da purificação total do corpo e da mente”

Você algum dia chegou a pensar em todas estas etapas ao fazer um balanço sobre a sua prática? Se sua resposta é não, então, provavelmente, você não esteja no caminho para ir além da introdução nas práticas.

Atingir a iluminação só é possível a partir da purificação total do corpo e da mente. Entenda, não adianta apenas querer, o passo principal é estar preparado para isso! A preparação que você precisa ter para praticar o Yoga é a mesma, por exemplo, que um surfista precisa para enfrentar enormes ondas. Ou seja, quem não tiver preparação física, psicológica, habilidade técnica e resistência não conseguirá concluir sua tarefa. Perceba o erro em confundir a possibilidade de fazer algo, com a habilidade para fazer essa coisa.

O caminho para a libertação, a qual o Yoga pertence, só será vislumbrado com a prática constante. Quanto mais conhecimento se tem, mais você irá se deparar com a sua própria ignorância e o quanto ainda se há para conhecer. Práticas simples, como técnicas de respiração, levam benefícios para todos, mas têm pouco a ver com o final do caminho na prática do Yoga.

parsvakonasana pedro pb kosha-2

“Suas emoções negativas estão facilmente controladas? Ou você é controlado por elas?”

Mesmo sendo para todos, a partir de um certo ponto a prática do Yoga fica limitada a poucos. Para descobrir em que fase você está do sádhana, observe suas atitudes no dia a dia. Você é capaz de controlar pensamentos indesejáveis? Consegue se concentrar naquilo que faz? Suas emoções negativas estão facilmente controladas? Ou você é controlado por elas?

Para acompanhar sua evolução, comece um pequeno diário. Registre, não só práticas respiratórias, ou suas meditações, mas também suas atitudes diárias: as boas e as ruins. Assim, você consegue acompanhar sua evolução no Yoga e na vida por um bom período.

Sobre o autor

Pedro Kupfer

Pedro Kupfer

Pedro vive de vegetais, praia e surf. É casado com Ângela Sundari, com quem viaja com frequência para surfar, estudar, ensinar e compartilhar momentos bons com os seres humanos, plantas e animais deste belo planeta. Ensina Yoga há 30 anos. Move-se entre Portugal, Brasil, Índia, Indonésia e Chile, lugares que ama por diferentes motivos, sendo o mais importante de todos, as pessoas que conhece neles.

Oṁ Gaṁ Gaṇapataye namaḥ!

Site: www.yoga.pro.br
Facebook: http://www.facebook.com/pedrokupfer
SoundCloud: http://www.soundcloud.com/pedrokupfer