Cristianismo

Agradecer ao Altíssimo!

Homem de olhos fechados sentado em um gramado
Spencer Selover/Pexels
Nilton C. Moreira
Escrito por Nilton C. Moreira

Temos o costume de reclamar dos acontecimentos, daquilo que não dá certo, das dificuldades que enfrentamos. De fato, às vezes, também me pego assim! Deveríamos, porém, ter outro comportamento, já que nos consideramos pessoas esclarecidas, estudadas e crentes em Deus!

Tomando por base o Homem mais perfeito que passou pela Terra quando aqui esteve em um corpo de carne, vamos constatar que os nossos anseios e as nossas reclamações não deveriam ter a intensidade que imprimimos, visto que Ele mesmo antes de nascer já estava sendo perseguido de morte, obrigando seus pais a irem para outra região a fim de que seu nascimento fosse possível!

Teve como palco do nascimento um local dos mais modestos e Seu berço não foi ornamentado com pedrarias nem riquezas e utilizou-se de uma manjedoura! Seus pais não tinham nenhum destaque político no meio em que viviam, visto que a mãe era dona de casa e o pai era um operário carpinteiro.

Por muitos anos, foi esperada a Sua chegada, mas os amigos que possuía não foram suficientes para livrá-lo das dificuldades em propagar a Boa Nova que trazia, tampouco da cruel morte física.

Mulher rezando de olhos fechados
RF._.studio/Pexels

Confiou em pessoas que o acompanhavam, mas muitas dessas o traíram e outras o negaram!

Foi um Homem que só praticou o bem! Foi professor, pois ensinou como proceder perante a vida. Foi advogado quando atuou na defesa da mulher que estava na eminência de ser apedrejada e foi médico quando promoveu curas e aplicou passes magnéticos na intenção de afastar as más influências espirituais que se acercavam das pessoas que dispunham de pouca fé.

Tal Homem era dotado de altíssimas capacidades, como a segunda vista quando indica aos pescadores onde estava concentrado o cardume e quando andou sob as águas para ensinar-nos que deveríamos exercitar a fé.

Ele nos ensinou a fazer a Prece Maior, que até hoje a utilizamos para nos religarmos ao Pai!

Enfim, são tantos os Seus feitos escritos no Evangelho os quais nos levam a um momento de reflexão.

Você também pode gostar

Certamente, todos já sabem que estamos nos referindo a Jesus, aquele que, apesar de todas as intempéries enfrentadas, não tinha nada a expiar de seu passado. E nós, que somos ainda imperfeitos, vivemos reclamando das dificuldades que a vida nos apresenta.

Vamos pensar positivo, com fé em nossos anseios e, em prece, pedir força para os enfrentamentos, a fim de sermos melhores a cada dia e agradar ao nosso Pai Criador. Na noite de Natal, lembremo-nos, portanto, de agradecer ao Altíssimo por nos ter enviado o Mestre Jesus!

Sobre o autor

Nilton C. Moreira

Nilton C. Moreira

Policial Civil, natural de Pelotas, nascido em 20 de maio de 1952, com formação em Eletrônica, residente em Redentora (RS), religião Espírita, casado.
Email: [email protected]
Facebook: /Nilton-C-Moreira