Autoconhecimento

Aprenda a controlar seus sonhos!

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Você pode sonhar com o que quiser!

E se eu te dissesse que existe uma forma de todas as suas fantasias se tornarem realidade? Você pode ter aquele carro esportivo que sempre quis, beijar o crush tão amado, viajar o mundo em uma noite… Preparado? Bem-vindo ao incrível mundo dos sonhos lúcidos.

Como? Me diz? 

A maior parte de vocês já teve um sonho lúcido na vida. Isso acontece toda vez que você estava imerso num sonho, mas reconheceu que aquilo não era real e conseguiu se ver capaz de programar o que queria que acontecesse. Enquanto existem várias dicas e truques para fazer isso acontecer de propósito, vamos abordar aqueles que achamos mais úteis, assim você pode montar em dinossauros na hora de dormir:

1. Tenha um diário de sonho. Assim que acordar, escreva tudo que o que sonhou — pelo menos tudo que se lembrar. Escrevendo isso, seu cérebro reconhece certos padrões que ocorrem apenas em sonhos (já que a maior parte deles costuma ser esquecida). Assim, se eles passam a ser visíveis no papel, você consegue acessá-los mais facilmente.

2. Pense exatamente no que quer sonhar antes de dormir. Vamos supor que você acabou de dormir assistindo ao filme 2012 e imediatamente acaba sonhando com o fim do mundo, o apocalipse, o adeus aos seus pais e a chegada de ondas gigantes. Isso costuma acontecer, por isso faz sentido.

3. A melhore horas para ter um sonho lúcido são bem quando você está prestar a acordar ou logo depois. Estudos revelaram que muitas pessoas têm sonhos lúcidos depois de tirarem uma rápida soneca, após a primeira vez que acordam pela manhã.

sonhos

Então você pode fazer isso ou, se for do tipo preguiçoso, use algo como o NovaDreamer, um dispositivo que detecta quando você está no sono REM, e faz um som que supostamente não é alto o suficiente para te acordar, mas funciona como uma espécie de aviso para te dizer “Ei, isso é tudo um sonho”.

Obviamente, a grande diferença entre um sonho e a vida real é que numa cena absurda como um ataque terrorista, se alguém chega e começa a atirar, você vai entrar em pânico, mas pensará “o que eu tenho que fazer para sobreviver?”, já num sonho você simplesmente agiria, como diria os pais velhos, conforme o andar da carruagem.

Durante um sonho, sua mente normalmente perde a capacidade de analisar qualquer coisa que esteja acontecendo, porque sonhar não envolve as partes mais críticas do seu cérebro. Você fica todo preocupado que está no trabalho só de cueca, mas nem liga para o fato de o seu chefe ser um dragão que tem a voz do seu professor de educação física do ensino médio.

Mas se você mudar seu estado mental, então a parte crítica do seu cérebro começa a funcionar mesmo na terra dos sonhos. Então, se você aprender a gerenciar melhor seus sonhos enquanto dorme, o próximo passo será dominar o mundo junto com o Pink e o Cérebro.

É possível redefinir seu ciclo de sono sem o uso do despertador 

Quando as férias de verão estão finalmente acabando, as chances de você não conseguir se readaptar são grandes (afinal, aquelas horas de videogame que iam além do dia e da noite finalmente revelam suas consequências). O fato é que você sabe que a mamata está acabando e precisa se acostumar novamente a acordar às 6h ou 7h, se não quiser parecer um zumbi na primeira semana. É claro que você pode fazer isso aos poucos, colocando seu despertador para tocar cada vez mais cedo, gradualmente, fornecendo uma saudável adaptação ao seu corpo. Ou você pode usar uns códigos no seu corpo e redefinir seu ciclo de sono.

Como? Me diz! 

Simples! Apenas fique sem comer por 16 horas. Você deve saber que a principal forma do nosso corpo regular o relógio biológico (e o ritmo circadiano) é usando a luz. Sendo assim, quando seu cérebro começa a detectar a luz, começa a se comportar como deveria durante o dia (mais energia, força, evacuações, etc), e quando seu cérebro percebe que está escuro depois de um longo período de claridade, ele entende que é hora de dormir e libera hormônios (como a melatonina) que o deixa sonolento. O que você não deve saber é que os cientistas recentemente descobriram um segundo relógio, e ele não depende da luz!

Imagine que você é um predador em busca de comida, mas todos os animais que você poderia comer não se encontram em lugar nenhum. Você gasta o dia todo procurando comida e nada. Depois de 16 horas, seu cérebro começa a enlouquecer, e então ele passa a não dar a mínima para a luz solar e para os ciclos de sono — só quer que você encontre algo para comer (rapidamente, de preferência). Assim, ficando acordado até tarde da noite, você consegue encontrar uma presa e a devora desesperadamente. Seu cérebro (por meio do relógio da sua comida) faz uma nota dessa ocasião e declara que essa é sua nova manhã biológica.

Faz sentido — seu cérebro está com a impressão de que, se você quer sobreviver, só pode caçar à noite. Então ele decide que você deveria dormir de dia (e conservar a energia para a caçada), e tcharam!, seu ciclo de sono foi reiniciado. Parabéns! Você acaba de burlar a evolução!


Escrito por Amanda Magliaro da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]