Comportamento Convivendo Relacionamentos

Dia do Beijo

Amiga beijando no rosto de amiga
Lucas Direito
Escrito por Lucas Direito

“Eu quero mais que um
Mais que mil e mil e um
Um beijo é muito bom
Mais que mil é mais que bom”

Não tem como lembrar de beijo e não vir à tona essa música de Sandy e Junior que marcou muitas infâncias.

Gente, é tão bom, não é? Pode ser de amigo, familiares, namorados. O mais importante é o que representa. O afeto, carinho, respeito.

Ninguém sabe ao certo em que época surgiu o Dia do Beijo, mas existe uma lenda Italiana na qual um jovem chamado Enrique Porchelo era conhecido por ter beijado todas as mulheres de sua vila.

O padre da pequena vila, que já estava farto de ouvir esses rumores, ofereceu um prêmio em moedas de ouro para a mulher que nunca havia sido beijada pelo jovem italiano.

Garota dando beijo no rosto de garoto sorrindo com controle de vídeo game na mão
Foto de Gustavo Fring no Pexels

E o que aconteceu, pessoal?

De acordo com a lenda, as moedas estão até hoje perdidas em algum lugar na Itália. Ahhh, se eu soubesse dessa lenda quando estava na Itália, não saía de lá até encontrar. (risos)

Se não me engano, essa história se passou em 13 de abril de 1882.

Algumas curiosidades sobre os Beijos:

*Cerca de 250 mil bactérias dançam na sua boca enquanto se beijam; (espero que essa curiosidade não faça você desistir do beijo);

*Existe um recorde mundial de beijos, o americano Alfred A. E, beijou 8.001 pessoas em apenas 8 horas. Agora vocês imaginem essa curiosidade com a de cima, enfim…

*Em 1439, o rei Henrique VI proibiu todos os beijos na Inglaterra por querer evitar a proliferação das bactérias;

*Em um beijo daqueles bem dados, apaixonados, de faltar o ar, são ativados 29 músculos do corpo;

*Ao longo dessa nossa linda vida, em média trocamos 24 mil beijos, entre familiares, amigos e amores;

*Existem uns textos em sânscrito na Índia que datam o primeiro beijo com atos sexuais, cerca de dois mil anos atrás.

E o beijo, como surgiu?

Alguns cientistas acreditam que pode ter sido por conta do olfato, durante muito tempo se cheirava o rosto da pessoa amada, era um sinal de prazer e carinho, consequentemente o roçar das bocas acabaram por criar os primeiros beijos.

E outra teoria seria por conta da alimentação dos nossos antepassados. Os filhos recebiam o alimento mastigado pelos pais diretamente na boca, tipo passarinho. Talvez esse ato tenha ficado registrado como uma forma de amor e carinho.

Independentemente de quem foi, o que foi, como foi, se amem, beijem quem vocês amam. Mantenham-se perto daqueles que zelem por vocês.

Você também pode gostar

Uma pequena observação: sei o que estamos vivendo nesse momento, então não quis enfatizar isso no texto, pois estamos sendo constantemente bombardeado com as notícias. Só espero de coração que possamos respeitar todas as medidas necessárias e com isso superar essa situação.

Melhor do que beijar é tocar as almas dos que encontramos no nosso caminho.

Gratidão!

Sinto Muito!

Sou Grato!

Sobre o autor

Lucas Direito

Lucas Direito

Lucas Direito, cujo sobrenome dá conversa para inúmeras piadas.

Atualmente moro na Europa, sonho que realizei, e a cada dia que passa percebo o quão é bom correr atrás do que acreditamos.

Adoro viajar, provar novos sabores e estar em contato com pessoas das mais diversas culturas.

Acredito que se soubermos olhar o mundo com o coração somos capazes de alcançar uma compreensão e gratidão por tudo que nos acontece, mas esse pensamento não foi de um dia para o outro, então respeito se você ainda não tem essa perspectiva.

Aliás, muito importante, com o respeito se ganha o mundo.

Sou grato por tantas coisas, mas adoro o poder das palavras e com elas os prazeres desta vida.

E-mail:[email protected]
Site: lucasdireito.com
Facebook: Lucas Direito
Instagram: @llucas.direito