Filosofia

Aprendendo filosofia com o livro “O Mundo de Sofia”

Quando pensamos em Filosofia, é comum que nos venha à mente a figura de um idoso de longa barba branca dizendo ideias complexas e usando palavras difíceis. Mas a verdade é que a Filosofia não é nada disso.

A Filosofia é simplesmente o ato de pensar, de refletir, de chegar a conclusões (ou não). Então todo mundo está apto a filosofar, não é mesmo? O problema é que nem todos sabem disso.

O livro “O Mundo de Sofia”

Ensinar um adulto a desenvolver senso crítico e a raciocinar e refletir mais é possível, é claro que é. Mas incutir esses hábitos em uma criança ou em um adolescente é muito mais fácil e proveitoso, porque podemos criar uma geração mais crítica e pensante.

Um garoto lendo um livro. Uma forte fonte de luz é vista sobre o seu rosto.
Sabrina Eickhoff / Pixabay / Eu Sem Fronteiras

E uma ótima porta de entrada para o mundo da filosofia é o livro “O Mundo de Sofia”, do escritor norueguês Jostein Gaarder. Publicado em 1991 e já tendo sido publicado em mais de 60 idiomas, com mais de 40 milhões de cópias vendidas, a obra se tornou um clássico essencial.

A sinopse

A obra conta a história de Sofia, uma adolescente de 14 anos, que, na véspera de seu aniversário, começa a receber algumas cartas anônimas com perguntas e reflexões que apresentam a ela o mundo da Filosofia, aproximando-o de sua vida e a convidando a se conhecer mais, além de entender o universo à sua volta.

Apesar de ter uma adolescente como protagonista, “O Mundo de Sofia” não é um livro pensado unicamente para jovens da mesma idade, porque sua linguagem é bastante neutra, podendo ser aproveitado tanto por adolescentes quanto por adultos, que se divertirão e ficarão entretidos com a história.

Um dos maiores elogios que o livro recebeu à época de seu lançamento foi justamente sua capacidade genial de falar sobre um tema como Filosofia – que era bastante inacessível e escrito em linguagem complexa – de maneira leve, simples, envolvente e que faz ter vontade de virar a página e ler mais e mais.

As reflexões de Sofia

A maior parte das cartas que Sofia recebe de seu remetente misterioso inclui perguntas que, apesar de parecerem pensamentos muito complexos, fazem com que ela pense a respeito de si e de sua própria vida.

Uma garota branca observando uma folha de papel.
Julia M Cameron / Pexels / Eu Sem Fronteiras

O que é Filosofia? O que é liberdade? Já nascemos maus ou o mundo é que nos corrompe? De que forma Filosofia e religião se relacionam?

Esses são alguns dos questionamentos que permeiam o dia a dia de Sofia conforme ela vai mantendo um diálogo com seu interlocutor misterioso, que apresenta a ela (e a nós) os principais pensadores da Filosofia ocidental, a começar lá dos gregos, com Sócrates e Platão, e chegando aos mais modernos, sempre trazendo os ensinamentos para a vida de Sofia (e para a nossa).

Um bom ponto de partida

Se você é uma pessoa que não tem muito contato com a leitura, mas está querendo adquirir esse hábito, procurar um livro gostoso de ler e que apresente a você o prazer que um livro pode ser, “O Mundo de Sofia” pode ser a escolha certa.

Misturando filosofia e ficção, a obra constrói uma teia que nos envolve de duas formas: queremos cada vez mais informações a respeito de Filosofia e dos pensadores apresentados, mas também queremos acompanhar o desenvolvimento da garota Sofia e descobrir quem é o remetente misterioso.

Você também pode gostar

Então, se você quer um bom ponto de partida tanto para começar a ler mais quanto para estudar Filosofia, “O Mundo de Sofia” vai te ajudar a matar dois coelhos numa cajadada só, porque o fará sair da leitura com uma bela base de Filosofia, além de deixá-lo com vontade de ler cada vez mais livros!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br