Numerologia

Ciclos de vida de acordo com a Numerologia

De acordo com a Numerologia Pitagórica, além do ciclo pessoal anual, possuímos três grandes ciclos de vida. Esses ciclos são também chamados de Ciclos de Expansão da Consciência. Eles trazem uma energia a ser trabalhada em cada fase da nossa jornada na Terra.

A energia de cada ciclo serve para que nossa alma se desenvolva e nossa conexão com o Universo se aprofunde. Assim, estando conscientes deles, somos capazes de viver nosso propósito de alma de uma maneira mais fácil.

É natural que tenhamos desejos e sonhos diferentes em cada um desses ciclos. Para algumas pessoas a energia de cada período é tão diversa que elas chegam a perceber a ruptura em seus traços de personalidade em cada uma dessas fases.

Uma mulher pensativa. Atrás dela, uma lousa em que se veem as seguintes ilustrações: um balão de pensamentos e, dentro deste, uma ilustração de uma casa, de notas de dinheiro e de um carro.
eternalcreative de Getty Images Pro / Canva

Para outras pessoas, o que é mais raro, a energia do ciclo pode se repetir por duas ou até mesmo três vezes. Isso demonstra que em toda a vida elas terão fortemente que trabalhar o mesmo aspecto da consciência para finalmente darem um passo adiante no aprendizado requerido para sua evolução.

Para calcular os ciclos de vida de uma pessoa, bem como os desafios e oportunidades de realização contidos nele, um numerólogo utiliza a data de nascimento do cliente. Assim, é possível trazer informações específicas sobre o que a vida pede em cada um desses períodos e que talvez a pessoa não seu deu conta ou desvalorizou.

O primeiro destes momentos é chamado Ciclo de Formação. É nele que temos a oportunidade de construir as bases do nosso ser. É quando construímos a identidade e a personalidade que nos acompanharão nessa jornada. É a fase em que buscamos compreender quem somos.

Isso normalmente acontece com base no que ouvimos dos outros sobre nós mesmos. Como esse olhar externo determina nossa autopercepção, é frequente que muitas cicatrizes emocionais sejam criadas no primeiro ciclo. É também nessa fase que assimilamos crenças do nosso meio a respeito da vida, dos relacionamentos, da saúde, do dinheiro, do trabalho e assim por diante.

Para cada pessoa esse ciclo se encerra em determinada idade: dos 23 aos 31 anos, dependendo da sua data de nascimento.

O segundo ciclo é conhecido como Ciclo de Produção. É a fase em que a vida se expande para além do círculo íntimo de origem, ou seja, além da família e dos ambientes mais conhecidos.

Três mulheres num ambiente de trabalho: uma escritório.
Karolina Grabowska / Pexels

É aqui também que costuma ter mais importância o trabalho e nossa maneira de contribuir com os outros e com o planeta. Temos a oportunidade de construirmos nossas próprias crenças a partir das experiências vividas e, assim, nos conectarmos mais com a nossa essência do que com a identidade com que apresentamos ao mundo.

Esse ciclo pode ir dos 24-32 até os 51-59, dependendo da sua data de nascimento.

O terceiro ciclo, que inicia ao término do segundo e vai até a nossa morte, é nomeado Ciclo de Plenitude. É o período em que nos abrimos para colher os frutos plantados nos dois ciclos anteriores, e essa colheita acontece em todas as áreas da vida: espiritual, familiar, profissional, financeira, no corpo, nos relacionamentos e assim sucessivamente.

É o momento em que, idealmente, estaríamos livres para ser quem verdadeiramente somos, manifestando o máximo dos potenciais com que fomos presenteados ao nascer e dos aprendizados adquiridos ao longo do tempo para impactar o todo com nossa existência.

Na inconsciência, é o momento em que chega a conta das escolhas automáticas que fizemos, ou seja, na manifestação de doenças, desordens, problemas relacionais, solidão, escassez, falta de paz etc.

Você também pode gostar

Conhecer seus Ciclos de Expansão de Consciência pode te ajudar a potencializar suas energias construtivas e a fazer escolhas mais alinhadas aos resultados que deseja alcançar hoje e no futuro. Pode também trazer mais leveza e alegria, a alegria de ser você.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br