Comportamento Convivendo

Como esquecer um amor?

Imagem de uma passarela cercada. De um lado as mãos de um homem e do outro de uma mulher que segura um ramalhete de flor. Eles estão separados.
Wendy Corniquet / Pixabay
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Certamente, quando iniciamos um relacionamento, seja este um namoro ou casamento, jamais estamos focando no término dessa relação. Sempre temos a ideia de que tudo será para sempre, tão forte e bonito quanto ─ ou até mais ─ é nessa fase gostosa do início. Mas, infelizmente, em alguns casos não é isso o que acontece.

Relacionamentos terminam, e, na maioria das vezes, uma das partes não gostaria ou não estava esperando esse desfecho, porém, há uma dura realidade nisso: quando uma das partes não quer mais, não há muito o que fazer a não ser aceitar e tentar superar da melhor maneira possível. Mas, para aqueles que estão sofrendo com um coração partido, principalmente no início, quando dói um pouco mais, a pergunta que fica martelando na mente e no coração é: como esquecer esse amor?

Sabemos que é muito difícil virar uma página, em especial se não foi você o autor ou autora desse término. Tudo começa a ligar à pessoa amada: filmes, músicas, lugares… E parece que não será possível superar.

Mas, respire. Nenhum sofrimento é para sempre, e há também um lado positivo em todas as situações, inclusive nessa. Agora é tempo de você conectar-se mais consigo mesmo e principalmente não se culpar e se encher de carinho. Claro que os primeiros dias serão bem mais complicados, mas é nesse momento que você deve ocupar sua mente para passar por essa fase da melhor maneira possível. Para isso, algumas pequenas atitudes podem ser tomadas e o ajudarão seguir em frente:

Imagem de um lindo parque todo gramado e uma moça sentada em uma pedra, lendo um livro.
StockSnap / Pixabay

Um tempo somente seu

Como já falamos, é importante que você tire um tempo para você. Faça coisas que gosta, vá a lugares que tem vontade e até mesmo àqueles que, quem sabe, possa ter deixado de frequentar enquanto estava em seu relacionamento. Procure estar em ambientes agradáveis, com pessoas positivas para conversar e soltar algumas risadas.

Converse com amigos e familiares

Desabafar faz bem! Você pode aproveitar um ombro de alguém querido para conversar a respeito de tudo o que está passando, contar como se sente, enfim, desabafar! Sabemos que quando expomos às pessoas certas nossos conflitos, a tendência é que passemos a nos sentir um pouco melhor e ainda conseguimos enxergar as situações de um outro ângulo, ampliar a visão através de sugestões e opiniões de quem nos ama.

Não se torture! Evite contatos

É comum querermos saber como e onde e, principalmente, com quem está o nosso ex. Por isso, muitas vezes perdemos horas nas redes sociais ou em lugares que possivelmente encontraríamos essa pessoa só para dar uma “espiadinha” em como anda nosso amor.

Saiba que isso não é uma atitude saudável, pois além de se torturar você está colaborando para que essa dor não passe. É claro que, após algum tempo, pode ser que vocês se encontrem e até mesmo se tornem amigos novamente, mas, no início, o bom mesmo é manter distância e focar no presente, em você e em sua vida. Evite ficar perguntando a respeito da pessoa. O foco agora é você!

Imagem de uma mulher dentro de uma piscina de borda infinita. Ela está olhando para uma montanha. Está com os braços erguidos e com as mãos juntas, está formando a imagem de um coração.
StockSnap / Pixabay

Se cuide, se ame e se mime

Já que o foco é você, por que não se presentear com alguns momentos gostosos ou alguns mimos? Pode ser uma viagem sozinho ou com amigos, comprar roupas novas, tirar um dia para cuidar da beleza em casa ou no salão.

Vale também passar tardes ou noites assistindo a tudo o que mais gosta, reunindo amigos para jantar. Cuide da sua saúde física e mental e reconheça que, independentemente do termino do seu relacionamento, a pessoa que você mais deve amar é você mesmo!

Você também pode gostar

Não existe uma fórmula mágica ou uma pílula do esquecimento, que o faz superar e esquecer um grande amor do dia para a noite. E isso não é algo de todo mal, afinal, nessa fase desenvolvemos uma força interior maior e aguçamos nossa percepção a respeito de nós mesmos.

Todos nós passamos por perdas e decepções, e, acredite, o tempo é capaz de curar todas as coisas. Acredite em você, na sua beleza e no seu potencial, e encare esse momento como uma experiência que lhe dará a oportunidade de vivenciar novas fases e respirar novos ares também.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]