Espiritualidade

Cuidado com a falsa espiritualidade

Uma pessoa estendendo sua mão esquerda enquanto coloca a sua mão direita sobre o peito,
microgen / 123rf
Escrito por Giselli Duarte

Muito se fala em espiritualidade, todavia é preciso falar com cautela.

Há pessoas que acreditam que a espiritualidade é algo para se falar e mostrar apenas o lado luz.

Em muitos lugares tem se pregado que não se pode sentir raiva, chorar, estar triste. Afinal de contas, “eu sou espiritual”. Ser espiritual não tem nada a ver em ocultar os seus próprios sentimentos, pois uma hora você poderá acabar se afogando neles.

A espiritualidade está intimamente ligada ao seu processo de autoconhecimento.

Em outras palavras, podemos dizer que o microcosmo somos nós aqui nesta existência e o macrocosmo são os multiversos dos quais fazemos parte, entretanto somos UM.

Para entender e compreender isso de maneira integral, é preciso buscar desenvolver o seu autoconhecimento e se aprofundar na espiritualidade. Quando falo em espiritualidade, não quero dizer religião.

A religião visa um campo, enquanto a espiritualidade visa e integra todos. Pelo autoconhecimento tomamos essa percepção e pela espiritualidade sentimos essa dimensão.

Mulher sentada em posição de meditação.
Foto: Instagram @digital.derick

É como se o autoconhecimento fosse o microcosmo e a espiritualidade fosse o macrocosmo. Todos somos UM e fazemos parte desse todo.

Um complementa o outro.

Quando se entende e compreende que ambos andam juntos, fica mais fácil visualizar que o todo se complementa. Claro e escuro, luz e sombra, quente e frio, yin e yang, feminino e masculino, alegria e tristeza.

Sem um, não podemos ter consciência do outro.

A espiritualidade é o aprofundamento de tudo o que é.

Quando os sentimentos mais densos vierem, aceite-os. Acolha com amorosidade, pois isso tudo faz parte de você. Isso não vai te fazer menos espiritual. Tome cuidado com tudo o que dizem por aí. Cuidado com os “gurus” que tudo “sabem”. Aprenda a filtrar tudo o que lhe é oferecido.

Você também pode gostar

Lembre-se: para conhecer a sua luz é preciso lidar também com a sua sombra.

Sobre o autor

Giselli Duarte

Sempre gostei muito de escrever, mas antigamente eu falava sobre outros temas. A partir do momento que eu me permiti trilhar o caminho do autoconhecimento, tudo começou a fazer mais sentido e ficar muito mais leve.

Hoje gosto de escrever e compartilhar aquilo que pode fazer sentido para alguém.

Às vezes faço uma coletânea de pensamentos ou experiências próprias, e em outros momentos utilizo um quê de inspiração de pessoas maravilhosas espalhadas pelo mundo.

Sinto que tudo o que busquei para me especializar e atuar em certas áreas me ajudou bastante. Sou formada em marketing e gestão de negócios e atuei em mercados distintos, os quais moldaram meu lado profissional. Todavia, gosto de pensar que toda a bagagem que aprendi em cursos como hatha yoga, reiki, aromaterapia, florais de Bach, fitoterapia, naturopatia e em tantos outros me deu o contraponto que eu precisava. Não à toa amo ler e intercalar livros de empreendedorismo e negócios com os de espiritualidade e autoconhecimento.

Fique à vontade para ler meus textos e comentar aquilo o que sentir no coração.

Acesse os links abaixo:

Email: giselli.du@outlook.com
Site: : insighttimer.com/giselli/
Facebook:: @giselli.d
Instagram : @giselli.d
Twitter : @gisellidu
Linkedin : Giselli Duarte
Spotify: No Caminho do Autoconhecimento