Autoconhecimento Comportamento Filosofia

Dia da Liberdade de Pensamento

Imagem do rosto de um avatar humano onde parte da cabeça dele está iluminada mostrando o cérebro.
Pete Linforth / Pixabay
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você já parou para imaginar como é ter o pensamento e o poder de fala limitados? Como é bom ter o direito e a liberdade de pensar e se expressar, concorda? Porém nem sempre foi assim.

Atualmente, todos os indivíduos têm o direito de consciência, pensamento e opinião, sem que haja limitações impostas por outras pessoas, assim podem se expressar sem censura.

Contudo a liberdade de pensamento foi um direito adquirido com o passar dos anos. Foi uma conquista tão grande para os homens, que acabou ganhando até uma data especial de comemoração.

A conquista da liberdade de pensamento, ou consciência, é comemorada mundialmente no dia 14 de julho, uma data muito significativa por marcar importantes acontecimentos históricos junto a ela, por exemplo a queda da Bastilha, que iniciou a Revolução Francesa em 1789.

A origem da liberdade de pensamento

A liberdade de pensamento é um direito humano básico que foi adquirido ao longo dos séculos. Esse direito foi assegurado pela primeira vez no dia 14 de julho de 1789, junto ao início da Revolução Francesa, pela Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, com a aprovação da Assembleia Nacional Constituinte da França.

Imagem de um jovem pensativo e reflexivo. Ele está sentando e com uma de suas mãos segurando o queixo. Ele usa óculos e uma camisa jeans azul claro.
Artsy Solomon / Pixabay

No Brasil, a liberdade de pensamento foi proporcionada a todos os cidadãos por meio da Constituição Federal de 1988.

A liberdade da manifestação de pensamento é uma das bases essenciais de qualquer sociedade democrática, além de ser uma garantia muito importante para as relações sociais.

O que é a liberdade de pensamento?

O ato de pensar sempre foi livre e espontâneo, entretanto poder compartilhar ideias, opiniões, pensamentos e julgamentos de maneira expressiva não era considerado um ato legal. Muitas pessoas sofreram severas punições por ir contra os padrões estabelecidos para uma sociedade; contudo, por mais que os pensamentos fossem livres e espontâneos, era dever de cada um ter muita cautela, principalmente para exteriorizar suas ideias.

A liberdade de pensamento representa a autonomia de cada cidadão para manifestar e transmitir aquilo que pensa, independentemente da visão de outras pessoas, sem censura, limitações ou punições. No entanto, enquanto as ideias são apenas pensamentos, cabe ao dono decidir se são boas ou ruins e se devem ser expostas, já que não é somente porque existe liberdade que não é preciso responsabilidade. Deve haver limites, lembrando sempre que é necessário respeito para viver em harmonia na sociedade.

Em algumas situações, podem ocorrer abusos e a manifestação do pensamento livre pode colidir com alguns outros direitos humanos fundamentais, portanto é importante que a pessoa tenha responsabilidade por seus atos, pois caso contrário é passível de julgamentos por não obedecer às leis. Por exemplo: uma pessoa que comete crime de racismo e preconceito não está manifestando seu ponto de vista de maneira adequada, pois fere o direito do próximo, por isso deve responder judicialmente. A liberdade não te isenta da responsabilidade.

14 de julho – data de comemoração da liberdade de pensamento

Como visto anteriormente, o Dia da Liberdade de Pensamento é comemorado mundialmente no dia 14 de julho. Essa data, apesar de passar despercebida por muitos, é muito importante e deve ser bastante celebrada, pois representa uma grande conquista na história mundial.

Por meio da liberdade de pensamento e expressão, as pessoas conseguem obter e expor informações, não apenas as consideradas favoráveis ou inofensivas para elas, mas também discutir e opinar sobre possíveis situações causadoras de transtornos ou que ameaçam a democracia. Assim a opinião pública é essencial para constituir relações sociais e manter o pluralismo de ideias e pensamentos, pois o diálogo é o melhor caminho para a tolerância e a harmonia social.

Imagem de fundo contendo um lindo lago. Em destaque uma moça de cabelos longos encostada em uma árvore, ela está pensativa e olhando para o lago.
Free-Photos / Pixabay

Apesar de a liberdade de pensamento ser bastante antiga, hoje em dia, com o avanço do desenvolvimento das tecnologias, ficou muito mais fácil interagir, opinar, criar e compartilhar conteúdo com pensamentos e ideias divergentes dos demais. Além do fácil e livre acesso às informações, também é possível se conectar com todo o mundo quase que de imediato por meio da internet e das redes sociais.

Você também pode gostar

Contudo é importante que as pessoas saibam diferenciar liberdade de pensamento e expressão de disseminação do discurso de ódio. É imprescindível zelar por um direito adquirido com tantos esforços e que hoje é essencial para a vida de todos, portanto é preciso ter respeito e responsabilidade para expressar seus pontos de vista sem que ultrapasse os limites. Ao contrário, mesmo que o direito de pensar seja livre, ainda há leis que punem aqueles que abusam do poder.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]