Medicina Integral Nutrição

Dia Nacional de Combate ao Câncer

Ilustração com as faixas de combate ao Câncer escrito Dia Nacional de Combate ao Câncer
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
O Dia Nacional de Combate ao Câncer é celebrado anualmente em 27 de novembro. Essa doença atinge pessoas no mundo todo, sendo que os tipos mais recorrentes de câncer no Brasil são o de mama (em mulheres – 29,5% dos casos) e o de próstata (em homens – 31,7% dos casos).

No entanto, esse mal caracteriza mais de 100 doenças que provocam a mutação da estrutura genética de células do organismo, que, ao se multiplicarem, provocam tumores e/ou falência de órgãos. Em alguns casos, a origem da doença parece inexplicável. Em dois terços das ocorrências, por outro lado, o câncer é resultado de um conjunto de maus hábitos reproduzidos com frequência pelos pacientes.

Sendo assim, é possível prevenir essa doença por meio de da prevenção primária e da prevenção secundária, definidas pelo INCA (Instituto Nacional de Câncer). A prevenção primária é o esforço para impedir que o câncer se desenvolva, por meio da adoção de hábitos saudáveis e da proteção contra fatores de risco.

Para colocar em prática a prevenção primária, basta seguir onze recomendações do INCA, descritas a seguir:

Ilustração Não fumar

1) Não fumar: o cigarro libera mais de 4.700 substâncias tóxicas no organismo, tanto para quem fuma quanto para quem está ao lado de uma pessoa que fuma. Evitar esse vício ou suspendê-lo pode evitar câncer de pulmão, de boca, de laringe e de esôfago.

Ilustração Consumir alimentos de origem vegetal

2) Consumir alimentos de origem vegetal: para elaborar alimentos de preparo instantâneo, como comida congelada, conservas ou bebidas em pó, é necessária a adição de muitos componentes químicos prejudiciais para o corpo. Uma alimentação baseada em alimentos naturais, ricos em nutrientes e em vitaminas, como frutas, verduras e grãos, pode trazer outros benefícios para a saúde além da prevenção do câncer.

Ilustração Faça atividade física

3) Faça atividade física: uma forma de manter a harmonia entre o peso e a saúde é desenvolver o hábito de realizar uma atividade física. Uma caminhada já é suficiente para ajudar a fortalecer a musculatura e para que o organismo funcione melhor. Manter-se hidratado durante essa atividade é essencial.

Ilustração Amamentar os filhos

4) Amamentar os filhos: as mulheres que, com acompanhamento médico, podem amamentar os filhos devem fazer isso. A amamentação permite que o corpo se desenvolva bem, com um sistema imunológico completo e resistente. É a primeira forma de prevenção ao câncer e a outras doenças.

Ilustração Vacine-se conta o HPV

5) Vacine-se contra o HPV: para prevenir uma doença que pode evoluir para um câncer de colo de útero (por meio do vírus HPV), é essencial que meninas de 9 a 14 anos sejam vacinadas. Os meninos devem ser vacinados dos 11 aos 14 anos, para que não transmitam os vírus para as meninas, se forem se envolver com elas no futuro.

Vacine-se contra Hepatite B

6) Vacine-se contra a hepatite B: o câncer de fígado está associado ao vírus da hepatite B, que pode ser combatido por meio da vacinação fornecida em postos de saúde de todo o Brasil, para todas as faixas etárias.

Ilustração Evite bebidas alcoólicas

7) Evite bebidas alcoólicas: a ingestão de bebida alcoólica, ainda que em poucas quantidades, pode levar ao desenvolvimento de um tipo de câncer, sobretudo quando combinada ao uso de tabaco.

Ilustração Evite carnes processadas

8) Evite carnes processadas: os ingredientes necessários para fazer linguiça, salsicha, bacon, salame, mortadela etc. são prejudiciais ao organismo. Evitá-los é uma forma de prevenir câncer de estômago e de intestino.

Ilustração Cuide-se contra o sol

9) Cuide-se contra o Sol: a exposição a raios solares no período que está entre as 10h e as 16h é prejudicial à pele. Em qualquer momento do dia, é necessário usar protetor solar (labial e para o corpo), óculos de sol ou chapéu. Assim, é possível evitar o câncer de pele. Se verificar o aparecimento de pintas e manchas, consulte um dermatologista.

Ilustração Cuide-se contra agentes cancerígenos

10) Cuide-se contra agentes cancerígenos: no ambiente de trabalho, a presença de componentes químicos pode ser muito prejudicial aos funcionários. É necessário que as pessoas estejam atentas às normas de segurança do ambiente e evitem estar em lugares onde possa haver ingredientes tóxicos.

A décima-primeira medida faz parte da prevenção secundária. Essa forma de prevenção tem como objetivo identificar tipos de câncer quando ainda estão no início do desenvolvimento, podendo curar a doença identificada a partir de exames preventivos. O câncer de mama, o câncer de próstata, o câncer de colo de útero e o câncer de pele, por exemplo, passam pelo processo de prevenção secundária por meio de exames médicos de rotina.

Ilustração Faça exame preventivo

11) Faça o exame preventivo de câncer de colo de útero: com o acompanhamento de um ginecologista. É essencial que as mulheres que já iniciaram a vida sexual ou que têm entre 25 e 64 anos façam exames anualmente (ou no período definido pelo médico) para identificar qualquer formação cancerígena no colo do útero. O exame para essa forma de prevenção é conhecido popularmente como Papanicolau, mas se chama colposcopia.

Para Cristina Cairo, autora do livro “Linguagem do Corpo”, a prevenção e a vitória contra o câncer também estão na forma como nos sentimos e nos pensamentos que temos. “A mente é o ponto de partida da saúde e o pensamento é seu leme” é a frase que a escritora utiliza para definir a relação entre doenças e emoções negativas.

Sentimentos prolongados de ressentimento, rancor, raiva, tristeza e desgosto, quando não são solucionados com o auxílio de um terapeuta, podem trazer reflexos para o corpo, causando problemas de saúde física. Esse fenômeno é estudado pela Programação Neurolinguística, que analisa as respostas imperceptíveis que o organismo fornece de acordo com os pensamentos e palavras que recebe.

Ilustração Sapos em Príncipes

Você também pode gostar de:

Essa teoria é defendida no livro “Sapos em Príncipes”, escrito pelos médicos Richard Bandler e John Grinder. Grinder conduziu um estudo no qual pacientes vítimas de câncer deveriam conversar com a parte afetada pela doença, pedindo que ela melhorasse. Há relatos de pessoas que conseguiram se livrar do problema depois disso. A melhora contribuiu para a defesa da tese dos médicos de que todas as doenças são psicossomáticas, isto é, são causadas por fatores psicológicos.

Um exemplo da aplicação da ideia de que o câncer é decorrente da falta de alegria é a ação de palhaços em hospitais que tratam essa doença. Alegrando os pacientes, foi possível que alguns deles apresentassem melhora no estado de ânimo e no funcionamento do organismo.

Sendo assim, de acordo com essa teoria, tratar traumas com acompanhamento psicológico e manter uma atitude positiva sobre a vida pode ser outra forma de prevenir o desenvolvimento de um câncer, além de seguir as recomendações do Instituto Nacional do Câncer.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]