Autoconhecimento Coaching

Entendendo o caminho do seu relacionamento

Paola Mingardo
Escrito por Paola Mingardo

Tenho um relacionamento há 33 anos, conheci com 18 anos, em 1982, era uma menina. O Carlos chegou na minha vida trazendo o questionamento, e como se tudo antes dele fosse automático, como ele já fazia terapia, começou a me perguntar “Mas por que vc aceita isso?” e aí eu pensava “Nossa, ele tem razão, não precisa ser assim”. Em outras palavras trouxe o acesso ao mundo psicológico, eu conhecia o mundo espiritual, de aceitar, mas eu podia  questionar a vida, querer mais.

Sempre fomos parceiros de alma, contávamos as nossas dores um para o outro, tínhamos uma historia de família muito desafiante e sempre nos apoiávamos quando doía mais.

Depois de cinco anos veio o primeiro presente, a maior oportunidade de crescimento, termos um filho, me lembro do desafio de carregar na barriga, da mudança do meu corpo, dos enjoos, mas que depois quando ele se materializou no meu colo, todos aqueles sentimentos, ficaram muito menores, ser mãe. Fiquei e sou completamente apaixonada pelo bebê querido, acessei o melhor e maior sentimento da minha vida, o amor incondicional, a doação total, me lembro até hoje a sensação dele sugando com muita força no meu peito, como é possível alguém tão  pequeno com tamanha força.

Nosso relacionamento atingiu o primeiro estágio: éramos dois e nos tornamos três. Nossa dedicação ao crescimento do nosso bebê foi em período integral, queríamos o melhor para ele, mesmo que ficássemos para depois, a prioridade era o nosso filhote. Nessa fase a nossa relação ficou  mais distante, apesar de estarmos perto e termos o desejo de família.

Quando ele tinha quatro anos e meio, senti um chamado no meu coração, a minha alma clamava por mais um filho, não sei explicar direito esse sentimento, mas posso garantir que ele gritava na minha alma.

shutterstock_270195827 Meu desejo se materializou e uma linda princesa, digo linda pois a Stephanie foi linda desde o primeiro dia de vida. Como diz o Paulo Coelho: “Tem certas bençãos que chegam em nossa vida estilhaçando todas as vidraças”, assim fiquei 15 dias no hospital entre a vida e a morte, literalmente toquei o fundo do poço, e aí tive uma nova oportunidade de ver os meus filhos crescerem, então prometi a mim mesma que seria diferente, que eu aprenderia a me ver, me escutar. Isso era completamente novo para mim, acho que nesse momento o meu relacionamento atingiu o segundo estágio. Ter a minha princesa me permitiu amar mais leve, foi mais fácil, mais tranquilo, apesar do amor ser absurdamente grande e intenso.

Em uma relação os dois precisam estar presentes, dizendo e vivendo os desafios que são da vida, alinhar as informações e uma tarefa diária. Como fazer isso? Crescendo pessoalmente, visitando seus desafios e propósitos de vida, fazendo o mapa astrológico que e o GPS de como usar os seus talentos e cuidar das suas dores, com PNL, Constelação, Coaching…

Posso dizer que demos aos nossos filhos o nosso melhor, todo o tempo, energia, a prioridade era para eles, e com essa atitude criamos duas pessoas incríveis de quem me orgulho muito.

Como eles cresceram chegou a nossa vez, o tempo é nosso, a prioridade é nossa e posso afirmar com toda convicção que vale a pena quando tem amor, esperar o amadurecimento dos dois, muitas vezes o remédio é amargo, mas o resultado foi doce. Tem que ter muita paciência e cuidado, às vezes o desafio é enorme e você pensa “Não sei se vou conseguir”, mas hoje é muito bom ter você ao meu lado, meu amigo, companheiro, amante, parceiro de vida.

Essa história não aconteceria se não tivesse amor.

Sobre o autor

Paola Mingardo

Paola Mingardo

Sempre tive o desejo de ajudar e fui aprendendo como melhorar a arte da ajuda, estudando, treinando, sendo mãe, empresaria, esposa, e hoje depois de conhecer as constelações familiares, me coloco disponível para o campo, acredito que a Energia Criativa do Universo aproxima quem está em sintonia então muitas vezes posso contribuir para mais um passo no crescimento.

Telefone: 11 99990-5147
E-mail: [email protected]
Facebook: Paola Mingardo
Instagram: @paolamingardo