Convivendo

Escassez ou Abundância, qual é a porta que queremos abrir?

Silvia Jara
Escrito por Silvia Jara

No último final de semana tive a oportunidade de participar do evento da Holoclínica. Nossa colunista, que desenvolve um trabalho muito bacana em São Caetano do Sul, onde a terapeuta Giovana Filleti, ou melhor Adora, como ela prefere ser chamada, fez uma palestra sobre a Lei da Atração Universal e ainda pudemos participar de uma vivência de Danças Circulares, uma prática que faz parte da história da humanidade, conduzida pela focalizadora Cris Escudeiro.

Adora trouxe conceitos que muitos de nós já temos ouvido, mas isso não significa que já estejam incorporados, interiorizados e em prática em nossa vida.

Após uma breve explicação sobre o movimento das ondas vibracionais que emitimos e recebemos, Adora propôs analisarmos nossas relações com diversos aspectos de nossa vida.

Por exemplo, nossa casa, como lidamos com ela? A abandonamos na desorganização, na falta de limpeza e cuidados? O ambiente onde vivemos reflete a maneira como nos organizamos mentalmente.

E nossa família e os relacionamentos? Que importância damos a eles? Damos atenção àqueles que convivem conosco? Emitimos boas vibrações em nossas conversas? E no trabalho como encaramos os desafios e as opiniões diversas das nossas? Falamos mal do chefe, reclamamos do trabalho e vamos trabalhar prostrados já no começo da manhã? E nossa relação com o dinheiro como anda? Acreditamos que somos dignos dele? E a saúde? Como tratamos nosso corpo, nossa alimentação etc.? E nossos pensamentos quais são?

Tudo isso tem um reflexo em nossa prosperidade. É a partir de nossa observação e ação suportada por boas energias, por energias positivas que podemos transformar nossa vida em algo próspero e abundante. Vale a reflexão dessas questões.

Na sequência à palestra, houve também um momento de movimento por meio das danças circulares, conduzidas pela Cris Escudeiro, que com passos relativamente simples (confesso que me confundi um pouco, mas isso é normal entre mim e a dança!) nos mostrou como a dança é um importante elemento de conexão entre as pessoas e também com nosso próprio interior.

Ao final do evento, os participantes puderam ainda desfrutar do trabalho de alguns terapeutas que estavam atendendo no local. A Holoclínica oferece várias atividades terapêuticas e culturais, focadas na saúde, no autoconhecimento e na visão integrativa do ser humano.


Você também pode gostar de outros artigos desse autor. Acesse: O que é Meditação Transcendental? 

Sobre o autor

Silvia Jara

Silvia Jara

Depois dos dois primeiros anos do Eu Sem Fronteiras, resolvemos atualizar nossas informações e isso foi um belo exercício de reflexão!
Nosso propósito sempre foi ajudar as pessoas na busca do autoconhecimento e eu, pessoalmente, não fiquei isenta disso.

Contato:
[email protected]

Em meu perfil anterior disse: “olhando para trás percebo que, em minha vida, as coisas sempre aconteceram de maneira fluida, sem muito planejamento, embora tenha verdadeira admiração pelo planejamento ‘das coisas'”. Hoje entendo que foi o foco no presente que me fez seguir o fluxo da vida em muitos momentos, sem me preocupar com o ontem ou com o amanhã. As coisas caminharam como deveriam ser.

Minha paixão pela publicidade se transformou na paixão por pessoas, comportamentos, sentimentos, atitudes e, principalmente, na capacidade e necessidade do ser humano de se comunicar, compartilhar e crescer. Minha formação acadêmica em Publicidade não mudou, mas minha formação humana tem sofrido diversas e importantes mudanças no sentido de compreender que sozinhos não chegaremos longe. Somos um sistema e como tal, precisamos uns dos outros.

Minha capacidade analítica e observadora, aplicada à Pesquisa Qualitativa de Mercado que, até então, me serviu para compreender o comportamento de consumo das pessoas e grupos, agora parece muito mais voltada a me compreender, a olhar para dentro de mim e buscar minha essência verdadeira. É praticamente impossível ficar ilesa, isolada e desconsiderar tantas informações e conteúdos com os quais lidamos no dia a dia de nossa redação.

Hoje entendo que o trabalho em áreas comerciais, marketing de empresas, agências de publicidade e a atuação em pesquisa de mercado estavam me preparando para esse mergulho no autoconhecimento. Nada é coincidência!

A curiosidade pelo mundo espiritual, pela meditação, pela metafísica, pela energia vital está se transformando em novos conhecimentos e práticas: Reiki, Apometria, Constelação Familiar, Thetahealing, PNL, EFT, Florais e tantas outras técnicas. Sigo acreditando que o questionamento, a busca de informação e a vivência me levarão a conhecer minha missão de vida, meus caminhos e minha plenitude.

Trabalhando no Eu Sem Fronteiras desde 2014, tenho aprendido muitas coisas, vivenciado outras tantas e não sei onde isso chegará! O que me importa é continuar nessa busca. É um caminho sem volta no qual o grande objetivo é aceitarmos que somos sujeitos de nossa própria vida, os únicos capazes de transformá-la.

Grande abraço e muita luz!