Comportamento Espiritualidade

Estrada Iluminada – Mudanças repentinas

Nilton C. Moreira
Escrito por Nilton C. Moreira

A vida de tempos em tempos impõe mudança. Às vezes, pequenas, que quase nem notamos e que não chegam a nos causar impacto, enquanto outras promovem muita angústia, como é o caso da perda de pessoa amada; como sempre disse nosso irmão Chico Xavier: “não existir dor maior que o ser humano possa vivenciar”.

Mas tem mudanças que são gratificantes e que também são impostas pela vida.

Homem vestido de social, parado em uma estrada de pedras que se divide em dois caminhos, representando uma tomada de decisão

Quantas vezes vamos para lugares que nem imaginávamos morar com o objetivo de cumprir determinada missão, e nem alcançamos o almejado e temos de seguir novos rumos! Nossa trajetória na Terra, apesar de rápida, proporciona um vasto campo de experiências e oportunidades de resgatar débitos de outras vidas e até mesmo desta, por isso que muitas vezes nos parecem estranhos fatos relacionados conosco e ficamos a pensar e nos questionar o motivo de alguns, mas devemos estar sempre atentos ao que ocorre a nossa volta para conseguirmos aplicar nosso livre arbítrio com êxito.

A mudança pode ser no âmbito apenas dos sentimentos, como também relacionada à localização, que é o caso quando mudamos de cidade. Nessa situação devemos sempre vigiar nossas atitudes ao interagirmos diretamente com pessoas, pois na maioria das vezes não as veremos novamente, e cumprir nossos objetivos para com elas será determinante, pois do contrário é quase certo que, em nova vida, vamos ter de nos reencontrar.

Você também pode gostar de:

Muitas mudanças não foram escolhas nossas, mas sim da própria espiritualidade, que nos coloca à disposição em determinada ocasião da vida, para possibilitar os resgastes. Se vamos aceitar ou não, dependerá do livre arbítrio que Deus nos outorgou.

Jesus também teve mudanças impostas, pois quando criança ainda teve de ir para outro lugar em razão de perseguição da própria vida; e, mais tarde, para difundir a mensagem do Cristo mudou-se novamente e peregrinou por várias regiões. Outros antes dEle também tiveram grandes mudanças, foi o caso de Moisés, que trouxe a primeira revelação Cristã.

Então não devemos nos questionar muito por ocasião da vida nos impor modificações, sejam elas de que tipo forem, pois tudo faz parte de objetivos que, em um primeiro momento, podemos até não entender e achamos injustos, mas com o passar de meses ou anos, vamos ver que se fazia necessário e que foi o melhor que podia nos acontecer.

É importante ter sempre em mente a força para os enfrentamentos das dificuldades momentâneas, buscando em Jesus o amparo necessário para novos desafios que se apresentam. Lembrar-se sempre de agradecer a Deus a oportunidade de estarmos em qualquer lugar aqui da Terra, mesmo que estejamos passando algum tipo de dificuldade, pois sabemos que intempéries são passageiras e logo ali teremos mudanças, já que chegam indistintamente de uma maneira ou de outra, e somos obrigados a nos adaptar para a nova realidade, para que a vida continue e concretizemos nossa tarefa por aqui.

Silhueta de mulher com os braços para cima, em sinal de vitória, observando uma paisagem urbana

Lembremos: somos vencedores, já que tivemos a permissão de Deus para reencarnar, pois espíritos na erraticidade estão esperando e muitos até imploram oportunidade. Que o Mestre nos possibilite sempre o amparo caridoso na mudança que nos surgir.

Assim seja, amigos.

Sobre o autor

Nilton C. Moreira

Nilton C. Moreira

Policial Civil, natural de Pelotas, nascido em 20 de maio de 1952, com formação em Eletrônica, residente em Redentora (RS), religião Espírita, casado.
Email: [email protected]
Facebook: /Nilton-C-Moreira