Autoconhecimento Filosofia

Frases e reflexões de Nelson Mandela, um ícone da defesa das causas humanitárias

Imagem de um muro pintado com a imagem do rosto de Nelson Mandela. Trata-se de uma homenagem ao ativista.
Flaperval / 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você provavelmente já ouviu falar em Nelson Mandela. Mas você sabe sobre a história e toda a sua luta que causou grandes impactos mundiais? Descubra um pouco mais sobre quem foi Nelson Mandela, um grande líder ativista e defensor dos direitos humanos, e como a sua jornada de vida foi, e ainda é, tão importante para o mundo, tornando-o um modelo de pessoa a ser seguido e admirado.

A história de Nelson Mandela

Nelson Rolihlahla Mandela nasceu no dia 18 de julho de 1918 em Mvezo, África do Sul. Desde pequeno o menino já apresentava sinais de liderança, bondade e revolução, porém, somente em 1939, quando ingressou na faculdade de Direito, começou a se politizar contra a falta da democracia racial. Em 1944 fundou a “Liga Jovem do Congresso Nacional Africano”, principal responsável pela representação de pessoas negras na política em uma época cheia de segregação racial e ausência dos direitos humanos para negros, que resultavam em um alto número de mortes da população afrodescendente.

Mandela dedicou sua vida à luta pelo fim do apartheid, o regime de separação racial implantado na África do Sul em 1948. Entretanto, em 1962, acusado de conspiração contra o governo, Nelson Mandela foi preso pela primeira vez. Em 1964, sofreu uma nova condenação por participar de protestos, dessa vez a prisão perpétua. Mesmo de dentro da cadeia, Mandela não parou de batalhar pelo que acreditava e continuou na sua luta por uma sociedade justa, igualitária e democrática, com o fim do apartheid e da opressão racial.

No dia 11 de fevereiro de 1990, 27 anos após sua prisão, o presidente da África do Sul, Frederik de Klerk, mandava soltar Nelson Mandela, depois de muita pressão internacional, e demais ativistas negros presos na época, acabando com a lei do apartheid. Ao sair da prisão, Mandela fez um dos seus discursos mais conhecidos mundialmente, buscando a reconciliação com o país. Em um trecho ele diz:

“Eu lutei contra a dominação branca e lutei contra a dominação negra. Eu tenho prezado o ideal de uma sociedade democrática e livre, na qual todas as pessoas possam viver juntas em harmonia e com iguais oportunidades. É um ideal pelo qual eu espero viver e que eu espero alcançar. Mas, caso seja necessário, é um ideal pelo qual eu estou pronto para morrer.”

Três anos depois, tanto Nelson quanto Frederik foram homenageados e agraciados com o Prêmio Nobel da Paz por suas lutas pelos direitos humanos e civis no país. Mandela ainda ganhou o título de “Pai da Pátria” da nação sul-africana.

Em 1994, Nelson Mandela foi eleito presidente da África do Sul, se tornando o primeiro presidente negro a governar o país e o preparar para uma democracia multirracial. Com o fim de seu mandato presidencial em 1999, Mandela se aposentou com grandes feitos em sua carreira política e, mesmo depois de aposentado, se dedicou às campanhas no combate a aids no país. No dia 05 de dezembro de 2013, aos 95 anos, Nelson Mandela faleceu por complicações de uma infecção pulmonar, em Johannesburgo, África do Sul. Ele deixou um legado histórico, marcado por sua luta incansável pelo fim do apartheid, a favor da igualdade e dos direitos humanos para a população negra até os dias atuais.

Imagem com fundo azul e a frente a foto de Nelson Mandela. Ele está usando uma camisa marrom com detalhes em branco e azul.
Anton Ivanov / 123RF

Mandela e sua sabedoria

Nelson Mandela, mesmo diante de tantas dificuldades, nunca desistiu de lutar pelos seus ideais e sempre se mostrou um homem bastante sábio, tornando-se uma figura pública mundial de poder. Isso ficava claro durante seus discursos, não apenas por sua ótima oratória, mas pelas mensagens que ele transmitia.

Não é à toa que muitas de suas frases ganharam destaque e tornaram-se bastante famosas e muito utilizadas até os dias de hoje.

Veja abaixo as sete frases mais conhecidas de Nelson Mandela:

1. “A educação é a mais poderosa arma com a qual se pode mudar o mundo.”

A educação é essencial para mudar o mundo, é ela que possui o maior poder de transformar e revolucionar, e não guerras e armas de fogo. Quando há oportunidade de estudo e educação, portas se abrem e as pessoas conseguem se desenvolver intelectualmente e socialmente, visando não apenas ao bem-estar próprio, mas também ao do coletivo. Essa reflexão de Mandela é muito importante até para os dias atuais, em que é preciso valorizar ainda mais o poder da educação.

2. “Seja qual for o Deus, eu sou mestre do meu destino e capitão da minha alma.”

Independentemente de crenças, religião ou de qualquer outra coisa, a única pessoa responsável e capaz de trilhar o caminho da sua vida é você próprio. Por isso, é importante saber aonde deseja chegar e como prosseguir, para conseguir alcançar um resultado satisfatório como Mandela, que enfrentou todos em seu caminho para conquistar aquilo que sonhava e acreditava ser o ideal para todos.

3. “Eu odeio o racismo, pois o considero uma coisa selvagem, venha ele de um negro ou de um branco.”

O racismo é um ato tão falho e deplorável que jamais deveria ser praticado por alguém em sã consciência. As pessoas devem ter em mente, independentemente de raça, credo ou gênero, que racismo é crime e pode machucar mais do que qualquer ferida física. Nelson Mandela é um exemplo a ser seguido e admirado, pois enfrentou com muita força e determinação uma das piores faces do racismo, a fim de acabar com ele pela paz e harmonia mundial, mesmo que tenha colocado sua vida em risco.

4. “Democracia com fome, sem educação e saúde para a maioria, é uma concha vazia.”

Um governo que se diz democrático mas descarta os menos favorecidos, deixando-os à margem da sociedade, com fome, sem saúde e educação, é um governo falho, que deve rever seus princípios. Todos são iguais e todos devem ter acesso igualitário aos mínimos direito de vida, e foi para isso que Mandela se dedicou a lutar, tornando, ou pelo menos tentando tornar, o mundo um lugar melhor para todos.

Imagem de perfil do rosto do ativista Nelson Mandela. Ele está na cela da prisão.
Anton Ivanov / 123RF

5. “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou, ainda, por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.”

As pessoas nascem sem qualquer tipo de restrição e ensinamento, mas, ao longo da vida, vão criando suas crenças e formando seus pensamentos. Contudo, cria-se muita intolerância dentro do convívio humano, e surgem péssimos atos, como o racismo. Mandela já tentava alertar e mostrar que, se é possível “aprender” a não gostar de alguma coisa, ou alguém, também é possível ensinar o contrário, para que toda a sociedade viva em harmonia, sem desrespeito e desigualdade, basta que tal ensinamento seja passado à frente com dedicação e responsabilidade.

6. “Se você falar com um homem numa linguagem que ele compreende, isso entra na cabeça dele. Se você falar com ele em sua própria linguagem, você atinge seu coração.”

Nelson Mandela era um mestre da comunicação, ele sabia exatamente que, para suas mensagens serem ouvidas e passadas adiante, não era preciso apenas boas palavras, mas, sim, o jeito certo de se expressar. Assim, quando se pretende transmitir uma mensagem, é importante conhecer o público com o qual se está falando, para que não haja apenas uma troca de ideias, mas sim a transmissão e propagação delas. O objetivo disso é conseguir alcançar o maior número de pessoas possível, uma estratégia muito utilizada, por exemplo, no meio político.

7. “A educação é o grande motor do desenvolvimento pessoal. É por meio dela que a filha de um camponês pode se tornar uma médica, que o filho de um mineiro pode se tornar o diretor da mina, que uma criança de peões de fazenda pode se tornar o presidente de um país.”

A educação era uma questão fundamental para Mandela, a qual ele sempre buscava reforçar em seus discursos. Isso porque a educação abre portas para diversas oportunidades de crescimento, contribuindo para o desenvolvimento em diversas áreas, sejam elas intelectualmente, sejam socialmente, culturalmente, economicamente etc. E todos ganham com isso, já que educação é um processo social que só gera progresso rumo a um mundo melhor para todos.

Imagem de Nelson Mandela na cela da prisão. Ele usa uma camisa bege e por baixo dela  uma camiseta de malha na cor branca.
Anton Ivanov / 123RF

Quantas frases e ensinamentos interessantes, não? Nelson Mandela colaborou imensamente para a história mundial, além de ter sido um grande exemplo e excelente líder, o qual lutou bravamente contra a segregação racial, conseguiu acabar com o apartheid, dar voz e maior visibilidade às pessoas negras e ainda contribuiu deixando diversos ensinamentos e exemplos a serem seguidos e passados por gerações.

Você também pode gostar

Suas palavras e lições de vida, mesmo que passados muitos anos, ainda são essenciais para a situação presente no mundo, como é possível perceber em seus discursos por meio das questões abordadas, como educação, racismo, democracia, sonhos, entre outros. Não há dúvidas de que Mandela conseguia enxergar à frente de seu tempo. Por mais que fosse uma batalha traçada na época, ele sabia que seria uma luta constante. Com certeza a história de vida de Nelson Mandela, marcada por lutas e conquistas, deve perpetuar eternamente no mundo e ser um modelo permanente de determinação, coragem, caráter e fé.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br