Natureza Plantas Medicinais

Gardênia: sinceridade e amor

A gardênia, conhecida por sua beleza e fragrância inebriante, é uma flor exuberante que possui uma história rica em simbolismo e significado. Originária de regiões tropicais e subtropicais da Ásia, América do Sul e África, a gardênia é apreciada por suas flores brancas, cerosas e perfumadas, que florescem em arbustos verde-escuros. Ela é frequentemente associada à pureza, ao amor, à espiritualidade e à beleza. Fique por dentro de todas as curiosidade sobre esta incrível flor!

A gardênia é uma planta ornamental que pertence à família das rubiáceas, possui grandes folhas verde escuras e flores brancas belíssimas, que ganham tonalidade creme com o tempo. É originária da China, mas está presente em outros países do sul da Ásia, África e Oceania, ou pode ser cultivada em outras regiões como no Brasil.

O nome dela homenageia o botânico Alexander Garden. Existe uma lenda do Solimão, o Magnífico, que ordenava que gardênias fossem distribuídas em seu harém para que houvesse paz entre as mulheres.

Adapta-se melhor em temperaturas mais amenas e com maior umidade, gosta de climas subtropicais e tropicais. Floresce entre maio e julho, ideal para decorar canteiros ou jardins. Além de ter um delicioso perfume tranquilizante.

Leia para saber tudo sobre essa bela flor!

Qual o significado de Gardênia?

Gardênia
Beano5 de Getty Images Signature / Canva

O significado de gardênia está relacionado ao amor, à sinceridade e à a pureza, que é possível de perceber em tamanha delicadeza que transmite. É muito usada por quem deseja mostrar os seus sentimentos. Com tudo isso, já foi até inspiração para a criação de músicas.

Representa também a inocência e a doçura, mas principalmente o poder do amor, seja ele repleto de dificuldades ou platônico. Muito utilizada na decoração de casamentos e até mesmo no buquê da noiva.

Gardênia para a espiritualidade

Acredita-se que a gardênia possa proteger contra energias indesejadas e afastar influências negativas, purificando a energia de quem a utilizar. Também está relacionada com a energia do amor, pode ajudar a fortalecer relacionamentos ou até mesmo a atrair uma nova paixão.

Para usufruir do poder espiritual que ela possui, basta utilizá-la em meditações ou até mesmo na busca de intuição.

Benefícios

Pode ser novidade para a maioria das pessoas, mas a gardênia é utilizada há tempos pela medicina tradicional chinesa. As propriedades dela podem trazer diversos benefícios para a saúde. Conheça alguns deles:

  • Ajuda no tratamento de depressão e ansiedade;
  • Auxílio no combate de infecções;
  • Acalma o trato digestivo;
  • Melhora da memória;
  • Redução da fadiga;
  • Alívio de dores, como dor de cabeça e cólica menstrual.

Consumo

Chá de gardênia
Lynne Mitchell de Getty Images / Canva

A gardênia pode ser consumida em receitas como geleias, chás e doces. É normal que depois de triturada ela fique marrom/mais escura.

Receitas

Geleia caseira de gardênia

Ingredientes

  • 40 flores de gardênia;
  • ⅔ de xícara de açúcar;
  • 3 colheres de sopa de suco de limão coado, fresco;
  • ¼ de xícara de água.

Modo de Preparo

  1. Remova as pétalas, verificando se não há insetos e descarte o restante.
  2. Processe as pétalas aos poucos, com ¼ de xícara de água, no liquidificador até virar uma pasta pedaçuda. Adicione o suco de limão para não escurecer muito.
  3. Leve ao fogo, coloque açúcar e misture.
  4. Cozinhe em fogo baixo por 10 a 20 minutos, até a geleia encorpar. Prove. Não demore muito, porque quanto mais estiver cozida, menos terá o aroma.
  5. Coloque cuidadosamente a geleia em potes esterilizados e quentes (fervidos, escorridos e secos no forno quente), não mantendo ar no frasco. Deixe na geladeira.

Contraindicações

Não há estudos que comprovem a segurança do consumo da flor, seja em cápsula ou em óleo essencial, para grávidas ou mães que amamentam. Sendo assim, é indicado evitar e consultar o médico antes do possível consumo. Efeitos colaterais podem incluir irritação na pele, diarreia, perda de apetite e complicação em grávidas, crianças ou mulheres lactantes.

Você também pode gostar:

Gostou de conhecer mais sobre esta flor? Compartilhe com seus amigos e comente aqui embaixo sobre outra flor que você quer conhecer.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br