Convivendo Nutrição

Hipster já era, a moda agora é Fitster

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Hipster que nada, o negócio agora é Fitster! São tantas as tendências comportamentais que surgiram nos últimos tempos, que quem está por fora fica cada vez mais perdido com tudo isso. Fitster pode ser considerado um estilo de vida que valoriza tendências da moda, alimentação saudável e muito exercício físico.

Essa nova tendência, que além de tudo preza a saúde e a aparência física como elementos primordiais, atualmente, representa um mercado que movimenta trilhões de dólares por todo o mundo. No Brasil, por exemplo, várias celebridades como Lucas Lucco e Gracyanne Barbosa já se preocupam em compartilhar seus treinos e a vida saudável nas redes sociais.

Woman eating local Hawaii food dish Poke bowl salad. Girl enjoyiMark Hunter, conhecido como Cobrasnake, é um fotógrafo americano que, por alguns anos, foi um ícone hipster. Durante esse período, clicava jovens descolados nas baladas privadas de Los Angeles. Porém, resolveu substituir a vida badalada pela busca do equilíbrio e de um corpo escultural. Hoje, comanda um grupo Fitster chamado ‘Cobra Fitness Club’, composto por ex-hipsters e jovens que abriram mão da farra para seguir uma vida saudável.

O grupo coordenado por Hunter, além das práticas saudáveis, participa de caminhadas coletivas, no mínimo, duas vezes por semana e durante todas elas tiram inúmeras fotos – são todos apaixonados por selfies. Eles também praticam o health bragging que, teoricamente, significa a ostentação dos costumes e produtos saudáveis via redes sociais.

Na questão tendência de moda, as marcas estão cada vez mais atentas ao estilo que foi denominado athleisure (athletic + leisure / atlética + lazer). Grandes marcas como Nike, Adidas e Puma já são consagradas por produzir vestuários para a prática de esportes e peças que também podem ser usadas fora das academias, mas, agora, outras grifes têm interesse em participar desse novo conceito.

Seja Hispter, Fitster ou outro estilo de vida, cada um deve buscar aquilo que lhe faz bem e traz alegria. O importante é ter equilíbrio e manter a saúde sempre em dia.


Artigo escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]