Convivendo

Inveja – Todos temos

inveja
Euclydes Zanon Filho
Não seja hipócrita, todos temos inveja.

Como lidamos com ela é o que conta.

Alguém escreveu: Não existe inveja boa. Inveja é o lado mal e inconfessável do desejo.

No meu entendimento inveja e desejo são diferentes.

Quando desejamos algo que outra pessoa tem, e nós não possuímos, isso é inveja.

E os sentimentos de quem tem inveja são terríveis como ciúmes, ódio mortal, ira, espírito de vingança, e que torna a pessoa invejosa e rancorosa.

Quando nosso SER deseja intensamente algo, com a diferença de que, o que for conquistar, seja por conta própria, pelos próprios méritos, sem depender de ninguém, para atingir um objetivo, uma meta, ou completar uma missão de vida, com essa sabedoria e iluminação, a pessoa trilha um caminho de plenitude e paz!

Ficamos contentes e desejamos com alegria compartilhar junto aos amigos e amigas, e com as pessoas que amamos, qualquer conquista ou satisfação para ser comemorada, esperando sentimentos positivos, de apoio e felicidade.

Mas é muito triste quando descobrimos que algumas pessoas não sentem orgulho ou felicidade por nós, apenas inveja.

Pessoas tóxicas tem tendência de expressarem nitidamente esse sentimento.

inveja

O olhar do coração dessas pessoas é carregado de crueldade e maledicência.

Fácil identificar uma pessoa invejosa: mesmo te olhando frente a frente, a pessoa se porta de uma maneira fingindo um tipo de comportamento, mesmo assim vira e mexe deixa escapar um pouco de sarcasmo, e bastou você dar as costas, e nossa! Aí sim, a pessoa mostra quem realmente é, e o veneno corre solto!

Para todos os tipos de inveja que imaginar, a pessoa invejosa tem a intenção de te prejudicar, desejando mal ou algo ruim para sua família, seu trabalho, seu amor, em todas as mídias que você participa, tais como: facebook, twiter, instagram, grupos de whatsapp, etc.

Pessoas que não sabem controlar a inveja jamais serão felizes.

Pessoas que não sabem controlar a inveja se limitam, pois nunca estão satisfeitas, sempre querem mais.

Pessoas que não sabem controlar a inveja não se desenvolvem.

Não serão felizes, e não estarão satisfeitas porque quando conseguem o seu objetivo, como não tem controle, já procuram outra maneira de nutrir a inveja nelas contida. Esse é o proceder do monstro de olhos verdes.

Pessoas invejosas tem a necessidade de aplicar esse sentimento nocivo e negativo nos outros, e que pode vir a se tornar um incomodo.

Inveja e falsidade são parceiras, não se desgrudam, pois se completam.

lembrar que sempre existirá uma pessoa, algo material, e imaterial, ou como costuma-se dizer: inerente ao SER, semelhante ou melhor que o seu.

Pessoas invejosas por causa da negatividade e toxicidade, conseguem influenciar conscientemente ou inconscientemente as outras, limitando, criando bloqueios, impedindo qualquer progressão, e até causando desconforto físico, ficamos cansados quando próximos de pessoas negativas e invejosas.

Não permita que a pessoa invejosa sugue sua energia!

Um meio de não permitir que o sentimento de pessoas invejosas te afete, é alimentar-se de pensamentos e afirmações positivas!

Sim, cuidar do seu SER, cuidar de si com pensamentos e afirmações positivas, assim você se blinda e se protege, se reforçando e se superando!

Não deseje mal para pessoas invejosas, se não conseguir ajudar, se afaste.

Pratique limpeza de memórias. Pratique ho’oponopono!

Ame-se! Pois ninguém é mais importante que você!

Gratidão! Tenha gratidão!

 

Você também pode gostar desse artigo: https://www.eusemfronteiras.com.br/o-primeiro-passo/

Sobre o autor

Euclydes Zanon Filho

Euclydes Zanon Filho

Eu sou Euclydes Zanon Filho, formado no curso superior em Gestão de Serviços. Participo de treinamentos de desenvolvimento pessoal e comportamentos. E escrever é uma forma de dividir a luz interior, o meu resgate é contínuo, o meu despertar é diário, e é incrível!

Contatos:
https://www.facebook.com/DespertarRenovarSeguir
Contato: (11) 99394-0100
E-mail: [email protected]