Convivendo

O mundo precisa de mais amor e amor é ação!

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Carol Arêas

Há cinco anos, quando eu me mudei com a minha família para a Califórnia, estava vivendo um momento triste.

Uma certa manhã, resolvi caminhar por uma das lindas praias da região para espairecer.

Foi quando reparei nas pedras à beira do mar. A ideia veio de imediato. “Vou pegar algumas, escrever palavras positivas nelas e espalhar pela casa para me inspirar”.

Quando o meu filho Antônio, então com dez anos, chegou da escola e viu as pedras, falou: “Isso é muito legal, mamãe. Vamos pintar muitas e espalhar por San Diego para fazer mais pessoas felizes”.

E foi assim que começou o Word Rocks Project. O que era para ser uma atividade de mãe e filho rapidamente espalhou-se pelo mundo e hoje existem muitos projetos iguais por todo o planeta, todos inspirados no nosso.

 Transformei o meu momento de tristeza em um sentimento bom e coloquei AMOR em ação através do WRP.

E espalhar poesia pelas ruas através de pedras virou uma missão de vida para mim.

Poucos anos depois, nasceu o meu outro projeto: “Love it Forward List” – uma corrente de amor que tem ajudado muita gente a renovar suas esperanças na vida.

Toda semana, eu e um time lindo de voluntários enviamos cartas para quem está passando por algum momento complicado. 

Segunda-feira começa com caligrafia e origami da Daphne Toledo!

Uma foto publicada por Love it forward list (@loveitforwardlist) em

São palavras de carinho para os que vivem momentos difíceis. Seja por tristeza, solidão, perdas ou doenças…

As palavras de amor e força chegam aos destinatários em forma de cartas, cartões, origamis, desenhos, recortes, colagens, pétalas de flores ou fotografias. 

Vale qualquer coisa que leve uma mensagem bonita para quem vai receber o nosso carinho. Vale tudo, menos e-mail ou mensagem em rede social.

No mundo digital de hoje, uma mensagem escrita à mão tem um poder muito maior do que podemos imaginar. 

Uma carta é um contato mais pessoal, mais carinhoso e que toca direto o coração de quem a recebe.

Meus dois projetos foram e são um grande aprendizado para mim. Quando a gente se abre para um amor maior, tudo passa a fazer mais sentido na vida. E amor compartilhado é amor multiplicado!

Foi este amor, inclusive, que me manteve forte quando, poucas semanas depois de ter criado o “Love it forward List”, o meu único filho foi diagnosticado com Síndrome de Asperger, um distúrbio que afeta a capacidade de comunicação e socialização de uma pessoa.

E tem sido assim, enquanto cuido do meu Antônio, eu pinto as pedras e escrevo as cartas. 

Com elas eu levo amor para os mais variados destinos e personagens da vida real: mães jovens com câncer, pais morrendo em acidentes, adolescentes tentando suicídio, crianças seriamente doentes, etc. 

Compartilhar o meu amor tem sido indispensável para que eu siga firme e forte pela vida.

Somos todos humanos e vulneráveis e fica muito mais fácil caminhar se cada um estende a mão ao outro. 

O mundo precisa de mais amor e amor é AÇÃO!

Se quiser participar, entre em contato conosco:  [email protected] | Instagram: Love it Forward List

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]