Comportamento

Mindset: o que é e como utilizar a seu favor

Ultimamente, a palavra mindset tem sido muito utilizada nas redes sociais e nos ambientes de trabalho. Porém nem todas as pessoas compreendem o significado desse termo ou como ele se aplica nas vidas cotidianas de cada uma delas.

Se você também tem dúvidas sobre esse assunto, saiba que aprender sobre ele pode mudar o seu jeito de viver a vida. Leia atentamente o conteúdo que preparamos para entender o que é mindset, quais são seus tipos, por que é importante encontrá-lo e como você pode desenvolvê-lo.

O que é mindset?

Mindset é uma palavra em inglês que pode ser traduzida para o português como mentalidade. Ou seja, mindset é um conjunto de comportamentos de uma pessoa que indica como ela vê o mundo, como toma decisões, como se relaciona com os outros e o que busca para a própria vida.

Além disso, o mindset de uma pessoa é totalmente individual. Afinal cada um tem a própria maneira de ver o mundo e de interagir com ele e não existe um jeito certo ou errado de fazer isso. Então o seu mindset sempre será diferente do mindset de quem convive com você, por exemplo, mesmo que existam algumas semelhanças na maneira de pensar.

Tipos de mindset

Livros abertos em uma cama. Xícara de chá.
Franciele da Silva / Unsplash

Apesar da diversidade de maneiras de ver o mundo, é possível definir dois tipos principais de mindset, que vão se ramificando a partir dos comportamentos de cada pessoa que os segue. Essas duas perspectivas foram definidas por Carol Dweck, pesquisadora e autora do livro “Mindset: a nova psicologia do sucesso”, de 2017:

1) Mindset fixo

O primeiro tipo de mindset é o mindset fixo. A partir dessa maneira de pensar, uma pessoa nasceria com determinadas habilidades e teria a própria vida definida a partir delas. É esse pensamento que está por trás do talento ou do dom, que indicam que um indivíduo nasceu sabendo fazer alguma coisa e não se sairia bem em outras atividades.

Isso significa que o mindset fixo não acredita que seja possível desenvolver uma nova aptidão ou que haja um esforço por trás daquilo que uma pessoa é capaz de desenvolver. Se ela fizer aquilo que foi destinada a fazer quando nasceu, obterá sucesso. Porém se tentar algo novo, irá fracassar.

2) Mindset de crescimento

O segundo tipo de mindset é o mindset de crescimento. Por meio dele, um indivíduo reconhece que tem habilidades que o acompanham desde o nascimento, mas elas não são determinantes para a vida dele. Ao mesmo tempo que é possível segui-las e aprimorá-las, também existe a possibilidade de se desenvolver em outros segmentos.

Portanto o mindset de crescimento defende que todas as pessoas podem se dedicar ao que elas quiserem, desde que se esforcem para isso. E até as aptidões natas, que parecem acompanhar um indivíduo desde sempre, devem ser aprofundadas e melhoradas com o passar do tempo.

Exemplos de mindset

Depois de conhecer os dois tipos mais comuns de mindset, você pode entender como eles se aplicam na sua vida cotidiana. Atente-se aos exemplos:

1) Relacionamentos

Nos relacionamentos interpessoais, alguém que segue o mindset fixo acredita que não deve fazer concessões para as outras pessoas. Por outro lado, uma pessoa que tem o mindset de crescimento estará sempre disposta a ouvir e a fazer ajustes, se forem necessários.

Assim, imagine duas pessoas que moram juntas há cerca de um ano. A pessoa X não gosta quando a pessoa Y a interrompe enquanto ela está falando. Se a pessoa Y seguir o mindset fixo, vai se recusar a mudar, porque ela nasceu com esse comportamento.

Casal cozinhando juntos.
AllGo – An App For Plus Size People / Unsplash

Porém se a pessoa Y seguir o mindset de crescimento, vai se esforçar para ouvir mais a pessoa X em vez de interrompê-la, porque sabe que está em um constante processo de evolução e de desenvolvimento.

2) Carreira profissional

Na carreira profissional, um indivíduo que segue o mindset fixo estará sempre limitado ao trabalho que já está acostumado a fazer. No entanto alguém que tem o mindset de crescimento estará sempre estudando e aprendendo mais, buscando se desenvolver em novas tarefas.

Nesse caso, visualize dois funcionários de uma empresa que precisam resolver um problema inesperado. O funcionário B, que segue o mindset fixo, vai dizer que não vale a pena se esforçar para resolver para o qual ele não tem aptidão.

O funcionário C, entretanto, que segue o mindset de crescimento, vai estudar o problema e identificar em que ele pode melhorar para resolvê-lo. Dessa maneira, ele consegue atuar em mais de uma área por estar sempre aberto a aprender.

3) Autoconhecimento

No autoconhecimento, uma pessoa que tem o mindset fixo vai acreditar que não precisa melhorar em nada, já que ela nasceu assim e deve permanecer desse jeito. Mas um indivíduo que segue o mindset de crescimento estará sempre se aprofundando na própria essência, para melhorar as próprias qualidades e minimizar os próprios defeitos.

Para exemplificar esse conceito, imagine que duas pessoas estão passando por episódios intensos de raiva. A primeira delas, chamada D, segue o mindset fixo. Ela considera que não precisa fazer nada sobre isso, porque essa é a essência dela e os outros devem aceitá-la dessa maneira.

Ao mesmo tempo, a segunda pessoa, chamada F, pratica o mindset de crescimento. Ao se dar conta de que a raiva que ela sente está sendo prejudicial para ela e para os outros, imediatamente começa a investigar formas de se tornar alguém melhor, solucionando o problema.

Benefícios de encontrar seu mindset

A partir dos exemplos que apresentamos, você já deve ter uma ideia de qual é o mindset que você segue na sua vida cotidiana. Caso você ainda não tenha realizado esse exercício de autoconhecimento, entenda quais são os benefícios de encontrar seu mindset em todos os âmbitos da sua vida:

1) Melhoria na tomada de decisões

O seu mindset é o que o ajuda a tomar decisões, tanto para questões pequenas quanto para momentos decisivos, nos seus relacionamentos ou no seu trabalho. Então se você tiver uma visão clara sobre quem você é e sobre como encara diferentes situações, conseguirá agir sobre elas com mais eficiência e satisfação.

2) Desenvolvimento de planos futuros

Na hora de desenvolver planos para o futuro, você precisa entender quais são as suas prioridades de vida e como você pretende agir sobre cada área que a compõe. Sendo assim, é fundamental que você entenda o seu mindset de forma a definir com perfeição as suas metas e os meios para alcançá-las.

3) Motivação para evoluir

Ao encontrar o seu mindset, você vai aumentar a sua motivação para se tornar uma versão melhor de si. Isso porque, depois desse processo, você deve questionar se a sua mentalidade o está favorecendo, se ela tem trazido bons resultados para a sua vida e como é possível melhorá-la.

Como desenvolver meu mindset?

Agora que você já sabe por que é tão importante encontrar o seu mindset, separamos algumas sugestões para que você consiga desenvolvê-lo diariamente. Anote as dicas:

1) Investigue pensamentos limitantes

Todo mindset é baseado nas crenças que temos sobre a vida. No entanto essas crenças não podem fechar os nossos olhos para o que existe além disso. Por isso faça um exercício constante de analisar no que você acredita, buscando novas perspectivas sobre cada tema.

2) Tenha coragem de arriscar

Para desenvolver o seu mindset, você deve sair da sua zona de conforto. Somente por meio desse exercício você vai conseguir se aprofundar no que o agrada ou no que o desagrada, além de se desenvolver naquilo que antes você não conhecia. Logo, tenha coragem de arriscar!

Você também pode gostar

3) Converse com outras pessoas

Definir um mindset a partir da sua realidade de vida é importante. Apesar disso, é importante conversar com outras pessoas para não limitar a sua maneira de ver o mundo ao que você vive diariamente. É fundamental compreender outros jeitos de experienciar a realidade, e só por meio do diálogo isso é possível.

A partir de cada informação apresentada sobre mindset, você já sabe por que é tão importante ter consciência sobre a sua mentalidade. Continue se aprofundando nesse assunto para que você esteja em constante transformação, aprendendo cada vez mais sobre quem você é!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br