Convivendo

Minimalismo: é possível ser feliz com 6 peças de roupa

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Recentemente, a pouca troca de roupa da participante do Masterchef, Caroline Martins, causou uma verdadeira comoção nas redes sociais. As pessoas questionavam, tiravam sarro e faziam piadinhas nada agradáveis sobre a excessiva repetição de roupas da participante durante os episódios. Para rebater as críticas, Caroline explicou que isso se dá devido a um estilo de vida que ela definiu para si, a diminuição do consumismo e uma libertação da necessidade de seguir a moda.

O estilo pode ser chamado de minimalismo ou de armário cápsula e já tem diversos adeptos. É geralmente adotado por pessoas que precisam se livrar de um estilo de vida de compras excessivas de roupas e acessórios. A maioria das pessoas acaba aprendendo que é possível viver com cerca de seis peças de roupa e intercalar as mesmas durante os dias. Só é necessário um pouco de criatividade, organização e muito desapego.

Creio que o mais importante da decisão é o questionamento: será que realmente precisamos de muitas roupas ou trata-se apenas de uma questão de querer impressionar os outros ou ainda de agradar a si mesmo para suprir alguma carência? Caroline conta que após essa decisão começou a prestar atenção a coisas mais importantes da sua vida, como estudos e viagens, pois deixou de perder tempo se preocupando com a roupa adequada para uma determinada ocasião ou se já teria repetido aquela peça muitas vezes.

É uma espécie de libertação de padrões e de uma vaidade exagerada que geralmente gera diversas compras sem necessidade e uma pilha de roupas sem uso acumuladas no armário. É só parar pra prensar quantas peças você não usou no último ano e que estão no seu armário, e quantas você já doou uma peça com a etiqueta de preço ainda. Nossa vida, regada à competitividade e a julgamento pela aparência, muitas vezes nos faz gastar desenfreadamente apenas para conseguir afirmação através do espelho e dos elogios dos outros.

Mas, é fato que ninguém precisa de tanta roupa para viver bem. Talvez seja radical demais optar por seis peças apenas, mas experimente fazer uma mala de viagem com suas peças preferidas e tente passar o próximo mês apenas com elas. Provavelmente você descobrirá que precisa de muito menos para ser feliz e viver bem, vale a tentativa.


Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]